XXVIII. Histórias Engraçadas

Represa de Guarapiranga - 2010

Todo casal sempre tem alguma história, algum momento ou algum acontecimento engraçado para contar.

Meu Amado é um cara extremamente tímido. Jamais contaria qualquer coisa engraçada que aconteceu entre nós. Mas como estou longe de ser uma pessoa tímida, eu conto tudo, tudo mesmoooo! (Mentira. Quase tudo!)

E agora, neste exato momento, irei contar alguns “causos” que, pelo menos para nós, foi motivo de várias risadas!

Divirtam-se e deixem comentários com suas histórias divertidas também!

=)

Banho Estranho

Thierry e eu em Bertioga ^^Quando o Thierry ainda morava no apartamento da Vila Mariana, a porta do banheiro estava quebrada, impossível de ser trancada.

Certo dia ele estava lá tomando um belo banho e eu inventei de entrar no banheiro sorrateiramente, na intenção de pregar-lhe um susto ou coisa do gênero. Tentei abrir lentamente a porta sem que a mesma fizesse o bendito ruído podre da dobradiça caindo aos pedaços e… entrei.

Para minha surpresa lá estava o Meu Amado peladão, todo ensaboado, se enxaguando e fazendo outras duas coisas ao mesmo tempo: fumando um Lucky Strike e tomando chá!!!

Eu chorei de rir ao ver a cena… Um cara loiro, alto, branquelo, magro… tomando um banho sossegado, fumando e tomando um chazinho tranquilamente! hahaha Pode uma coisa dessas?

É por isso que, quando eu ía lavar a louça, eu não encontrava os copos e as xícaras… Afinal estava tudo lá no banheiro!

🙂

Nome Estranho

É inegável que o nome do Meu Amado não é todo mundo que consegue entender e pronunciar. Lembro que, antes de viajarmos para a Bahia com a finalidade de visitar minha família, o melhor amigo do Thierry já tirou um baita sarro, dizendo que ninguém lá saberia falar o nome dele corretamente. Errou feio! Todos os meus parentes lá falaram direitinho, até mesmo com sotaque francês, Oui!

Em compensação os porteiros do meu prédio… Cada dia eles inventam, não sei de onde, uma pronúncia nova e bizarra.

Gato FolgatoO interfone toca:

– “Alô, dona Elaine? O Térri chegou…”

– “Ô, dona Elaine? O Chilli tá aqui embaixo, pode subir?”

– “Alô, dona Elaine? O Thirrí tá aqui na portaria…”

Não adianta ensinar! Eles sempre falam errado… Até no consultório médico, na sala de espera, eis que a enfermeira chama:

– “Senhor Thiérry…”

Tadinho de Mon Amour! Até já se acostumou! Ainda que seja engraçado ver as pessoas se embananando para falar o nome dele, é chato pra caramba esse tipo de situação, não é mesmo? rsrsrs

😉

Beijinho do Gato

Nosso gato, o Lucky, é muito fofo, carinhoso e dependente. Não pode ficar uma horinha sozinho em casa que já fica todo desesperado de saudades.

Quando a gente chega, a primeira coisa que ele faz é dar uma bela lambida na nossa face…

Em mim, o Lucky lambe meu enorme olho. Nunca vi isso! Ele lambe tanto que até dói!

Já no Thierry, o miau ataca logo sabe o quê? O grande, enorme e protuberante NARIZ! Isso mesmo, o gato adora lamber o narigão do Meu Amado! É muito engraçado de se ver! E muito fofo também!

E no meu pai? O Lucky sobe na cabeceira do sofá e dá várias lambidas na carequinha dele! hahaha! Esse gato é uma figura! rs

Gato Folgato outra vez!

^^

A Pizza que Até Hoje Não Chegou…

Assim que meu Príncipe Encantado se mudou da Vila Mariana para a Saúde, a gente demorou para conhecer os estabelecimentos bons ao redor, principalmente os que fazem Delivery

Já havíamos pedido comida chinesa algumas vezes e, certo dia, tentamos pedir uma pizza.

Cri cri cri…

As horas foram passando e nada da pizza chegar. O Thierry até ligou reclamando e a atendente falou que a redonda já estava a caminho.

A caminho pro Alaska, só se for, né? Porque até hoje a tal pizza não chegou…

Foi daí em diante que, sempre que surge uma fome relâmpago, a gente pede uns quitutes do Ragazzo, que chegam sempre rapidinho, são deliciosos e são de qualidade garantida e comprovada!

(Ainda bem que tem um Ragazzo bem pertinho de nós!)

Almoçando em Três Corações - Rei da Traíra

=P

Bom, essas foram algumas historinhas lights que eu lembrei hoje.

Assim que eu lembrar de outras eu compartilho por aqui.

E, como eu disse anteriormente, quem tiver histórias conjugais engraçadas, conte aí nos comentários.

(Logo ao final da postagem aparecem várias palavras relacionadas à postagem e em seguida vem “Deixe um Comentário”, ou ” X Comentários”. Ou então, logo ao final da página, caso você tenha entrado diretamente pelo link da postagem, aparece a mensagem “Gostou? Deixe um comentário, por favor!” e em seguida aparece um quadro em branco. Clique e comente, uai!)

Muito obrigada e até a próxima!

=]

Anúncios

XXVII. Surpreendendo!

Caramba! Hoje já é 20 de Maio… Isso significa que fiquei quase 20 dias sem atualizar aqui… Mas é exatamente sobre essa demora que resolvi escrever.

Bom, como a minha rotina está cada vez mais intensa e eu mal tenho tempo de ficar na casa do meu Príncipe Encantado ( e nem na minha, diga-se de passagem), não tive tempo de postar nada aqui no “Como Ser Um Bom Marido”.

Quem acompanha meu outro blog, o Elaine Oliveirarte, sabe como a minha vida tem sido bem agitada por causa do trabalho. (Graças a Deus!)

____

Mas vamos ao que interessa.

O título de hoje, como podem ter percebido, diz: “Surpreendendo!” E agora vocês me perguntam: Qual é a surpresa?

Bem, todas as vezes em que eu ficava alguns dias na minha casa e depois vinha para a casa do Bom Marido, eu me deparava com uma imensa pilha de louça para lavar, isso sem falar nas roupas sujas espalhadas pelo quarto e dos copos, pratos e tigelas sujas, tanto no quarto onde dormimos, quanto no quarto onde Meu Amado usa como escritório.

Da última vez em que estive aqui na casa dele, eu estava cansada e debilitada demais para mover uma palha no quesito “faxina” (afinal eu estava com um problema de saúde e mesmo assim me dispus a trabalhar durante 10 dias seguidos sem folgar). Pois no 11º dia eu folguei e vim para a casa dele. Claro que ele percebeu que eu estava muito mal até mesmo para lavar uma louça e então ele se virou com a que tinha, vez ou outra lavando um copo ou um prato da enorme pilha que ele mesmo havia feito… Banana Split

Fora isso ele foi todo cuidadoso comigo e até fez um mimo para nós: Banana Split!!! Que capricho!

Após o Sábado de descanso e o Domingo de Dia das Mães, viajei a trabalho durante 5 dias e vim para a casa do Thierry novamente. Para minha surpresa ele tinha lavado quase todas as roupas que estavam espalhadas pelo quarto e pelo banheiro e, ainda por cima, lavou TODA a louça que estava na pia! Um verdadeiro milagre! Eu mal acreditei quando vi a pia limpinha! E tem mais: Ele separou e tirou todo o lixo da casa, sem eu precisar lembrá-lo!!!

Ai que orgulho! Ele sabe o quanto eu sou chata com relação a limpeza e bagunça. Nós até já discutimos por causa disso. (Vocês acham que esse namoro-casório é somente um mar de rosas? Não! De vez em quando surgem alguns espinhos, que a gente trata logo de arrancar!)

E assim, mais uma vez o Bom Marido, com esses simples gestos, consegue me deixar mais e mais apaixonada por ele!

E para encerrar esse post, segue uma foto que ele tirou Domingo passado, no Dia das Mães, afinal, mãe de gato também é mãe! E se não fosse pelo Meu Amado, eu jamais teria realizado o sonho de infância de ser mamãe de um gatinho tão lindo e fofo como o Lucky!

(Dia 02 de Junho faz 1 ano que adotamos esse precioso!)

Dia das Mães - Mãe de Gato também é Mãe!

😉

Espero que tenham curtido!

Desculpem o atraso e até breve!

Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

(Vocês se lembram da primeira sessão de receitas que eu exibi há alguns posts atrás? É só clicar AQUI!)

Atendendo a pedidos dos leitores ávidos pelas receitinhas do meu amado Thierry, eis que Agora, Já e neste exato momento disponibilizo as suculentas imagens dos jantares que costumo receber folgadamente na cama. Ai! Como eu sou metida!

Podem lamber os beiços e correr para a cozinha, pois com um pouquinho de inspiração e criatividade, qualquer gororoba fica uma delícia quando feita com carinho e boa vontade! 😉

Guardem essa dica!

E vamos às delícias:

talharim verde com molho branco e ervilhas

Talharim Verde com Ervilhas e Molho Apimentado

Eis um exemplo de que, com um pouco de criatividade dá para inventar um prato simples, diferente e saboroso.

O Bom Marido fez esse macarrão bem tarde da noite, em uma ocasião onde não havia tempo para descongelar um filé de frango ou de peixe, e então o mais prático seria fazer um Talharim Verde (Thierry só compra o da marca Carrefour). E não tinha nada para colocar no dito cujo, a não ser uma latinha de ervilhas que estava abandonada na despensa e um molho da Knorr que a vovó do Thierry sempre traz da Espanha para ele. Na verdade é um molho apimentado para ser consumido com carnes, mas eu não vejo a menor graça nesse molho a não ser no macarrão!

Nunca vi esse produto aqui no Brasil, mas deve ter algum semelhante e que combine com o paladar nacional. Uma substituição bacana seria fazer um molho branco básico e temperar com pimentinhas a gosto! 😉

Mas não é que essa gororoba ficou supimpa? E olha que eu nem gosto de ervilhas, hein!

____

O dia em que papai jantou na casa do Thierry

O dia em que meu pai provou a comidinha do Thierry!

Tarde da noite e eu precisando voltar para minha residência original e eis que meu querido e sempre super-herói Papai foi até à casa do Thierry me buscar.

Pelo horário e pelo aperto da fome, o Bom Marido (então Bom Genro) resolveu preparar um ranguinho vapt-vupt para o Sogrão. E eis que essa foi a primeira vez em que meu carequinha amado saboreou o tempero especial do Thierry.

Não foi nada grandioso! Apenas um filezinho de frango (muitíssimo bem temperado) com batatas fritas. Mas só o capricho e o carinho com que esse jantarzinho foi feito, já valeu o sorrisão aí da foto!

E o Thierry, pra variar, sempre com seu sorrisinho tímido e enigmático! rs

____

Frango Gratinado com Batatas FritasFrango Gratinado com Batatas Fritas

Com base em uma receita que o Thierry viu na internet, ele resolveu fazer esse frango gratinado aí da foto! Na verdade ele não tinha metade dos ingredientes que a receita pedia, mas ele inventou umas coisas loucas, jogou no forno e o resultado ficou surpreendente!

Tudo é uma questão de tempero! Ele usa pouco sal, mas abusa da pimenta do reino, da pimenta branca e usa tomilho até dizer chega!).

Para o molho, certamente ele usou creme de leite, mais alguns temperos, azeite, misturou tudo, derramou em cima do frango e colocou no forno até ficar… gratinado, ora essa!

Nem preciso dizer o quanto isso aí ficou delicioso, hein?

Dica: mergulhar a batatinha frita nesse molhinho cremoso é inevitavelmente maravilhoso!!!

____

Reaproveitando os restos!

Arroz! Feijão! Frangoso e Champignon!

Daria até uma musiquinha, mas na verdade é uma deliciosa mistureba que acabou virando nosso jantar!

Em primeiro lugar, o arroz (integral, pra variar) já estava pronto, mas o Thierry tem lá suas aversões com relação ao que fica de um dia para outro na geladeira, mas eu o convenci de que o grude ainda prestava. Faz parte da minha campanha “Não ao desperdício!” (Mas falarei disso em outro momento… rs)

Azeite Verdenso OlitáliaEm segundo lugar, o feijão veio da minha casa, pois há tempos eu não comia o feijãozinho precioso da minha Mamãe e ela, toda carinhosa, abriu o congelador e pegou um pote para levarmos para a casa do Thierry! Por mais que o meu Príncipe Encantado cozinhe maravilhosamente bem, ele sabe que NUNCA fará um feijão tão incrível como o da minha Mamãezinha linda!

E para abrilhantar o jantar, Thierry grelhou filezinhos de frango no Azeite Olitalia Verdenso e, no caldinho da frigideira, ele misturou uns champignons e deu uma espécie de refogada. Depois nós mandamos tudo goela abaixo tomando Schweppes Citrus! Ahhh! Foi um jantar mistureba econômico bem suculento!

____

peixe, arroz, batatasPeixe Assado com Arroz Preto e Batata Frita

Finalmente o tão falado “Arroz Preto” que eu tanto amo e que pelo visto só existem duas pessoas no universo que já o comeram: Thierry e eu. É sério! Quando falo desse incrível Arroz Preto Ruzene NINGUÉM conhece! Que absurdo! Vocês não sabem o que estão perdendo!

Bom, na foto vemos um peixe inteiro (de repente foi até um dos que ele pescou quando foi ao Pesqueiro com meus tios e meu Papai!). O peixe foi assado junto a um caldo que o Thierry fez. Temperos básicos, tabletinho de caldo de galinha, cebola, pimentão e etc… Depois de assado foi só acrescentar um pouco de creme de leite e…

Voilá!

Ficou quase igual ao que a vovó dele sempre faz!

E as batatinhas fritas aparecem só para dar um charme e serem deliciosamente mergulhadas no molho do peixe! Nham!

____

peixe e arroz preto ruzene

Peixe Assado e Arroz Preto

E olha o Arroz Preto Ruzene aí outra vez.

Gente! Procurem esse arroz! É bárbaro! Tudo bem que é meio carinho, mas vale a pena experimentar um delicioso alimento rico em proteínas, ferro e vitaminas. Para quem não sabe, esse arroz possui altos índices de antocianina e antioxidantes que previnem o envelhecimento das células, protegendo as artérias e combatendo o desenvolvimento de câncer e problemas cardíacos.

Arroz Preto RuzeneAlém disso, o arroz preto tem um maior teor de fibras (comparado ao arroz integral), garantindo que nosso intestino funcione melhor e nosso organismo absorva adequadamente a glicose e o colesterol, colaborando na prevenção de diabetes e impedindo o acúmulo de gordura nas artérias.

Viram só quantos benefícios? E além de tudo, acreditem, é de-li-ci-o-so!

____

Bom, gente! Estes foram os jantares recentes que eu consegui fotografar. Assim que meu Papai amado devolver minha câmera (sim, a câmera que meu Bom Marido me deu de presente de Natal), eu voltarei a fotografar as deliciosas comidinhas que eu tenho a sorte de degustar quase todo dia!

Espero que vocês tenham ficado com água na boca!

Até breve!

😉