Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

(Vocês se lembram da primeira sessão de receitas que eu exibi há alguns posts atrás? É só clicar AQUI!)

Atendendo a pedidos dos leitores ávidos pelas receitinhas do meu amado Thierry, eis que Agora, Já e neste exato momento disponibilizo as suculentas imagens dos jantares que costumo receber folgadamente na cama. Ai! Como eu sou metida!

Podem lamber os beiços e correr para a cozinha, pois com um pouquinho de inspiração e criatividade, qualquer gororoba fica uma delícia quando feita com carinho e boa vontade!😉

Guardem essa dica!

E vamos às delícias:

talharim verde com molho branco e ervilhas

Talharim Verde com Ervilhas e Molho Apimentado

Eis um exemplo de que, com um pouco de criatividade dá para inventar um prato simples, diferente e saboroso.

O Bom Marido fez esse macarrão bem tarde da noite, em uma ocasião onde não havia tempo para descongelar um filé de frango ou de peixe, e então o mais prático seria fazer um Talharim Verde (Thierry só compra o da marca Carrefour). E não tinha nada para colocar no dito cujo, a não ser uma latinha de ervilhas que estava abandonada na despensa e um molho da Knorr que a vovó do Thierry sempre traz da Espanha para ele. Na verdade é um molho apimentado para ser consumido com carnes, mas eu não vejo a menor graça nesse molho a não ser no macarrão!

Nunca vi esse produto aqui no Brasil, mas deve ter algum semelhante e que combine com o paladar nacional. Uma substituição bacana seria fazer um molho branco básico e temperar com pimentinhas a gosto!😉

Mas não é que essa gororoba ficou supimpa? E olha que eu nem gosto de ervilhas, hein!

____

O dia em que papai jantou na casa do Thierry

O dia em que meu pai provou a comidinha do Thierry!

Tarde da noite e eu precisando voltar para minha residência original e eis que meu querido e sempre super-herói Papai foi até à casa do Thierry me buscar.

Pelo horário e pelo aperto da fome, o Bom Marido (então Bom Genro) resolveu preparar um ranguinho vapt-vupt para o Sogrão. E eis que essa foi a primeira vez em que meu carequinha amado saboreou o tempero especial do Thierry.

Não foi nada grandioso! Apenas um filezinho de frango (muitíssimo bem temperado) com batatas fritas. Mas só o capricho e o carinho com que esse jantarzinho foi feito, já valeu o sorrisão aí da foto!

E o Thierry, pra variar, sempre com seu sorrisinho tímido e enigmático! rs

____

Frango Gratinado com Batatas FritasFrango Gratinado com Batatas Fritas

Com base em uma receita que o Thierry viu na internet, ele resolveu fazer esse frango gratinado aí da foto! Na verdade ele não tinha metade dos ingredientes que a receita pedia, mas ele inventou umas coisas loucas, jogou no forno e o resultado ficou surpreendente!

Tudo é uma questão de tempero! Ele usa pouco sal, mas abusa da pimenta do reino, da pimenta branca e usa tomilho até dizer chega!).

Para o molho, certamente ele usou creme de leite, mais alguns temperos, azeite, misturou tudo, derramou em cima do frango e colocou no forno até ficar… gratinado, ora essa!

Nem preciso dizer o quanto isso aí ficou delicioso, hein?

Dica: mergulhar a batatinha frita nesse molhinho cremoso é inevitavelmente maravilhoso!!!

____

Reaproveitando os restos!

Arroz! Feijão! Frangoso e Champignon!

Daria até uma musiquinha, mas na verdade é uma deliciosa mistureba que acabou virando nosso jantar!

Em primeiro lugar, o arroz (integral, pra variar) já estava pronto, mas o Thierry tem lá suas aversões com relação ao que fica de um dia para outro na geladeira, mas eu o convenci de que o grude ainda prestava. Faz parte da minha campanha “Não ao desperdício!” (Mas falarei disso em outro momento… rs)

Azeite Verdenso OlitáliaEm segundo lugar, o feijão veio da minha casa, pois há tempos eu não comia o feijãozinho precioso da minha Mamãe e ela, toda carinhosa, abriu o congelador e pegou um pote para levarmos para a casa do Thierry! Por mais que o meu Príncipe Encantado cozinhe maravilhosamente bem, ele sabe que NUNCA fará um feijão tão incrível como o da minha Mamãezinha linda!

E para abrilhantar o jantar, Thierry grelhou filezinhos de frango no Azeite Olitalia Verdenso e, no caldinho da frigideira, ele misturou uns champignons e deu uma espécie de refogada. Depois nós mandamos tudo goela abaixo tomando Schweppes Citrus! Ahhh! Foi um jantar mistureba econômico bem suculento!

____

peixe, arroz, batatasPeixe Assado com Arroz Preto e Batata Frita

Finalmente o tão falado “Arroz Preto” que eu tanto amo e que pelo visto só existem duas pessoas no universo que já o comeram: Thierry e eu. É sério! Quando falo desse incrível Arroz Preto Ruzene NINGUÉM conhece! Que absurdo! Vocês não sabem o que estão perdendo!

Bom, na foto vemos um peixe inteiro (de repente foi até um dos que ele pescou quando foi ao Pesqueiro com meus tios e meu Papai!). O peixe foi assado junto a um caldo que o Thierry fez. Temperos básicos, tabletinho de caldo de galinha, cebola, pimentão e etc… Depois de assado foi só acrescentar um pouco de creme de leite e…

Voilá!

Ficou quase igual ao que a vovó dele sempre faz!

E as batatinhas fritas aparecem só para dar um charme e serem deliciosamente mergulhadas no molho do peixe! Nham!

____

peixe e arroz preto ruzene

Peixe Assado e Arroz Preto

E olha o Arroz Preto Ruzene aí outra vez.

Gente! Procurem esse arroz! É bárbaro! Tudo bem que é meio carinho, mas vale a pena experimentar um delicioso alimento rico em proteínas, ferro e vitaminas. Para quem não sabe, esse arroz possui altos índices de antocianina e antioxidantes que previnem o envelhecimento das células, protegendo as artérias e combatendo o desenvolvimento de câncer e problemas cardíacos.

Arroz Preto RuzeneAlém disso, o arroz preto tem um maior teor de fibras (comparado ao arroz integral), garantindo que nosso intestino funcione melhor e nosso organismo absorva adequadamente a glicose e o colesterol, colaborando na prevenção de diabetes e impedindo o acúmulo de gordura nas artérias.

Viram só quantos benefícios? E além de tudo, acreditem, é de-li-ci-o-so!

____

Bom, gente! Estes foram os jantares recentes que eu consegui fotografar. Assim que meu Papai amado devolver minha câmera (sim, a câmera que meu Bom Marido me deu de presente de Natal), eu voltarei a fotografar as deliciosas comidinhas que eu tenho a sorte de degustar quase todo dia!

Espero que vocês tenham ficado com água na boca!

Até breve!

😉

9 Respostas para “Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

  1. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 3) « Como Ser Um Bom Marido·

  2. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 5) | Como Ser Um Bom Marido·

  3. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 6) | Como Ser Um Bom Marido·

  4. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 7) | Como Ser Um Bom Marido·

  5. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 8) | Como Ser Um Bom Marido·

  6. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 9) | Como Ser Um Bom Marido·

  7. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte.10) | Como Ser Um Bom Marido·

  8. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 11) | Como Ser Um Bom Marido·

  9. Pingback: Sessão: Macho & Fogão (pte. 12) | Como Ser Um Bom Marido·

COMENTÁRIOS SÃO MUITO BEM-VINDOS!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s