LIV. Assistindo a um bom filme juntos

Pipoca e filme!Tudo bem que o Bom Marido é mais do tipo nerd que prefere filmes de aventura, ficção científica e seriados de humor inteligente. Mas de vez em quando ele também se rende a algum filme que eu esteja afim de assistir, nem que seja um filme estranho, que na verdade eu só assisto para usar de laboratório para alguma criação teatral…

Esses dias minha irmã (uma pisciana romântica por natureza) deixou conosco um filme que uma amiga dela havia lhe emprestado há tempos. Era um filme de amor, daquele tipo que você olha a capa e imagina aquelas cenas melosas de novela mexicana.

Imagino que Meu Amado tenha pensado que este seria um filme parado e entediante, mas fiquei feliz que ele não achou ruim por ter que assistí-lo.

Ele fez as suas famosas e maravilhosas pipocas no azeite, deixou de lado todas as atividades nerdísticas que ele estava fazendo, e deitou comigo para assistirmos juntinhos ao filme com direito a pipocas, Schweppes Citrus e o nosso felino peludo entre nós!

Eu queria muito ver o filme, pois minha irmã havia falado muito bem dele. E ela até recomendou que fosse assistido juntinho com a pessoa amada! Então assim fizemos.

Em alguns momentos do filme eu pensei que Meu Amado havia adormecido. Conhecendo bem o jeito dele, sei que esses filmes bonitos e românticos, muitas vezes o deixam sonolento. Mas ele assistiu tudo até o final. Claro que ele fez isso mais por mim do que por ele, mas se ele não tivesse mesmo gostado do filme, já teria dormido logo no começo!

Diário de uma PaixãoE foi assim que o Meu Príncipe Encantado e eu nos emocionamos juntos com o ótimo filme “Diário de uma Paixão”.

O filme começa com uma senhora bem bonita, porém com problemas de memória, que vive em um asilo sob os cuidados de enfermeiros. Todos os dias um senhor aparece para ler uma história para ela, deixando-a muito feliz e tranquila. E é claro que nos filmes a gente não apenas ouve as histórias contadas, como também as assiste, certo?

Diário de uma Paixão - filmeE enquanto o senhor lê a história, cenas de um jovem casal apaixonado vão sendo mostradas desde o seu primeiro encontro em um parque de diversões até os problemas enfrentados pelo fato de ela ser rica e ele não, além dos encontros e desencontros que eram bem comuns nesses tipos de relacionamentos de décadas e décadas atrás…

A senhora, enquanto ouve a história, fica muito curiosa com o que pode acontecer com o casal e isso desperta nela sentimentos há muito tempo adormecidos em seu coração e em sua memória.

Bom, não vou contar o que acontece nesse filme, pois quem ainda não o viu pode se irritar com o “spoiler”, mas só digo que é um filme realmente muito bonito e que vale a pena assistir com a pessoa amada, pois mostra de uma forma pura e bem construtiva os milagres que o amor verdadeiro é capaz de fazer.

E serve de consolo para aqueles que, por algum motivo tiveram que ficar longe da pessoa amada.

O mundo dá muitas e muitas voltas, mas o amor, mesmo que com tropeços e demoras, consegue driblar essas voltas e fazer com que um casal se reencontre, seja para resolver o que ficou no passado, seja para aproveitar mais uma chance de serem felizes para sempre, assim como o Bom Marido e a Boa Esposa que vos escreve!

Não sabem como tudo começou? Então acompanhem aqui:

VII. Tudo tem sua hora (Parte1)

VIII. Tudo tem sua hora (Parte2)

IX. Tudo tem sua hora (Parte3 – final)

E é isso!

Espero que tenham gostado da postagem de hoje!

Quem já assistiu a esse filme e quiser deixar um comentário logo abaixo, fique à vontade!

____

Ah! Já ía me esquecendo!

Para quem ainda não sabe, “Como Ser Um Bom Marido” vai virar um livro bem legal e ele está lá no site do Catarse! Se você também quer ter o seu nome nesse projeto e ainda ganhar recompensas supimpas por isso, então entra lá no link do projeto e faça a sua contribuição! www.catarse.me/pt/comoserumbommarido

É muito fácil e muito divertido apoiar um projeto no Catarse!

Como Ser Um Bom Marido - Catarse.me 1) Primeiro você entra na página do projeto e dá uma olhadinha nele e nas recompensas;

2) Escolhe a recompensa que mais lhe agrada e clica nela (ou no próprio botão “Apoiar Este Projeto”, ao lado do vídeo);

3) Se for a sua primeira vez no Catarse, ele vai pedir um breve cadastro com seu email, seus dados e etc. É bem facinho;

4) Depois disso já aparece a página que pede o valor com o qual você quer apoiar, bem como a lista de recompensas que você pode escolher!  (A partir de R$10,00 já está ótimo!!!);

5) Lá embaixo aparece o botão “Revisar e Realizar o Pagamento”. É só clicar;

6) Em seguida é só concordar com os termos de uso e escolher a forma de pagamento desejada (cartão de crédito, boleto ou débito em conta, se for pagamento nacional, e PayPal, se for pagamento internacional);

7) Por útlimo é só aguardar o email de confirmação e pronto! Você estará contribuindo para um projeto bem legal e ainda vai ganhar uma recompensa bem bacana por isso!

Tudo bem simples e bem divertido!

E nós estamos muito felizes pois hoje, dia 21 de Julho de 2013, já temos 27 apoiadores!

São 27 pessoas que estão torcendo para que o livro “Como Ser Um Bom Marido” seja lançado!

São 27 pessoas fazendo a diferença!

E você? Quer fazer também? Então corre lá no Catarse e apoie este projeto!

Conto com o seu apoio!

😉

____

Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

(Vocês se lembram da primeira sessão de receitas que eu exibi há alguns posts atrás? É só clicar AQUI!)

Atendendo a pedidos dos leitores ávidos pelas receitinhas do meu amado Thierry, eis que Agora, Já e neste exato momento disponibilizo as suculentas imagens dos jantares que costumo receber folgadamente na cama. Ai! Como eu sou metida!

Podem lamber os beiços e correr para a cozinha, pois com um pouquinho de inspiração e criatividade, qualquer gororoba fica uma delícia quando feita com carinho e boa vontade! 😉

Guardem essa dica!

E vamos às delícias:

talharim verde com molho branco e ervilhas

Talharim Verde com Ervilhas e Molho Apimentado

Eis um exemplo de que, com um pouco de criatividade dá para inventar um prato simples, diferente e saboroso.

O Bom Marido fez esse macarrão bem tarde da noite, em uma ocasião onde não havia tempo para descongelar um filé de frango ou de peixe, e então o mais prático seria fazer um Talharim Verde (Thierry só compra o da marca Carrefour). E não tinha nada para colocar no dito cujo, a não ser uma latinha de ervilhas que estava abandonada na despensa e um molho da Knorr que a vovó do Thierry sempre traz da Espanha para ele. Na verdade é um molho apimentado para ser consumido com carnes, mas eu não vejo a menor graça nesse molho a não ser no macarrão!

Nunca vi esse produto aqui no Brasil, mas deve ter algum semelhante e que combine com o paladar nacional. Uma substituição bacana seria fazer um molho branco básico e temperar com pimentinhas a gosto! 😉

Mas não é que essa gororoba ficou supimpa? E olha que eu nem gosto de ervilhas, hein!

____

O dia em que papai jantou na casa do Thierry

O dia em que meu pai provou a comidinha do Thierry!

Tarde da noite e eu precisando voltar para minha residência original e eis que meu querido e sempre super-herói Papai foi até à casa do Thierry me buscar.

Pelo horário e pelo aperto da fome, o Bom Marido (então Bom Genro) resolveu preparar um ranguinho vapt-vupt para o Sogrão. E eis que essa foi a primeira vez em que meu carequinha amado saboreou o tempero especial do Thierry.

Não foi nada grandioso! Apenas um filezinho de frango (muitíssimo bem temperado) com batatas fritas. Mas só o capricho e o carinho com que esse jantarzinho foi feito, já valeu o sorrisão aí da foto!

E o Thierry, pra variar, sempre com seu sorrisinho tímido e enigmático! rs

____

Frango Gratinado com Batatas FritasFrango Gratinado com Batatas Fritas

Com base em uma receita que o Thierry viu na internet, ele resolveu fazer esse frango gratinado aí da foto! Na verdade ele não tinha metade dos ingredientes que a receita pedia, mas ele inventou umas coisas loucas, jogou no forno e o resultado ficou surpreendente!

Tudo é uma questão de tempero! Ele usa pouco sal, mas abusa da pimenta do reino, da pimenta branca e usa tomilho até dizer chega!).

Para o molho, certamente ele usou creme de leite, mais alguns temperos, azeite, misturou tudo, derramou em cima do frango e colocou no forno até ficar… gratinado, ora essa!

Nem preciso dizer o quanto isso aí ficou delicioso, hein?

Dica: mergulhar a batatinha frita nesse molhinho cremoso é inevitavelmente maravilhoso!!!

____

Reaproveitando os restos!

Arroz! Feijão! Frangoso e Champignon!

Daria até uma musiquinha, mas na verdade é uma deliciosa mistureba que acabou virando nosso jantar!

Em primeiro lugar, o arroz (integral, pra variar) já estava pronto, mas o Thierry tem lá suas aversões com relação ao que fica de um dia para outro na geladeira, mas eu o convenci de que o grude ainda prestava. Faz parte da minha campanha “Não ao desperdício!” (Mas falarei disso em outro momento… rs)

Azeite Verdenso OlitáliaEm segundo lugar, o feijão veio da minha casa, pois há tempos eu não comia o feijãozinho precioso da minha Mamãe e ela, toda carinhosa, abriu o congelador e pegou um pote para levarmos para a casa do Thierry! Por mais que o meu Príncipe Encantado cozinhe maravilhosamente bem, ele sabe que NUNCA fará um feijão tão incrível como o da minha Mamãezinha linda!

E para abrilhantar o jantar, Thierry grelhou filezinhos de frango no Azeite Olitalia Verdenso e, no caldinho da frigideira, ele misturou uns champignons e deu uma espécie de refogada. Depois nós mandamos tudo goela abaixo tomando Schweppes Citrus! Ahhh! Foi um jantar mistureba econômico bem suculento!

____

peixe, arroz, batatasPeixe Assado com Arroz Preto e Batata Frita

Finalmente o tão falado “Arroz Preto” que eu tanto amo e que pelo visto só existem duas pessoas no universo que já o comeram: Thierry e eu. É sério! Quando falo desse incrível Arroz Preto Ruzene NINGUÉM conhece! Que absurdo! Vocês não sabem o que estão perdendo!

Bom, na foto vemos um peixe inteiro (de repente foi até um dos que ele pescou quando foi ao Pesqueiro com meus tios e meu Papai!). O peixe foi assado junto a um caldo que o Thierry fez. Temperos básicos, tabletinho de caldo de galinha, cebola, pimentão e etc… Depois de assado foi só acrescentar um pouco de creme de leite e…

Voilá!

Ficou quase igual ao que a vovó dele sempre faz!

E as batatinhas fritas aparecem só para dar um charme e serem deliciosamente mergulhadas no molho do peixe! Nham!

____

peixe e arroz preto ruzene

Peixe Assado e Arroz Preto

E olha o Arroz Preto Ruzene aí outra vez.

Gente! Procurem esse arroz! É bárbaro! Tudo bem que é meio carinho, mas vale a pena experimentar um delicioso alimento rico em proteínas, ferro e vitaminas. Para quem não sabe, esse arroz possui altos índices de antocianina e antioxidantes que previnem o envelhecimento das células, protegendo as artérias e combatendo o desenvolvimento de câncer e problemas cardíacos.

Arroz Preto RuzeneAlém disso, o arroz preto tem um maior teor de fibras (comparado ao arroz integral), garantindo que nosso intestino funcione melhor e nosso organismo absorva adequadamente a glicose e o colesterol, colaborando na prevenção de diabetes e impedindo o acúmulo de gordura nas artérias.

Viram só quantos benefícios? E além de tudo, acreditem, é de-li-ci-o-so!

____

Bom, gente! Estes foram os jantares recentes que eu consegui fotografar. Assim que meu Papai amado devolver minha câmera (sim, a câmera que meu Bom Marido me deu de presente de Natal), eu voltarei a fotografar as deliciosas comidinhas que eu tenho a sorte de degustar quase todo dia!

Espero que vocês tenham ficado com água na boca!

Até breve!

😉

Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

Só para dar uma aliviada das postagens cheias de textos, hoje vou postar algumas fotos da Sessão: Macho & Fogão, com obras culinárias de Thierry Durieux, sim, ele mesmo, o Bom Marido!

São pratos simples, criativos, fáceis, rápidos (a grande maioria) e que servem de inspiração para quem não faz a menor idéia do que fazer para o jantar. Miojo é bom, mas uma hora enjoa, né? Então, machos, corram para a cozinha e mostrem que vocês também são ótimos pilotando o fogão!

Espero que gostem!

março-2011Peixe Vermelho ao Molho de Champignons

O que tem de bom aí:

Peixe vermelho, óbvio!

Champignons fatiados, temperos a gosto

E tudo nadando no azeite!

Joga na assadeira e poe pra assar essa belezura!

– Fevereiro/ 2011

____

maio-2011

Macarrão Integral ao Molho Branco Especial

O que tem de bom aí:

Macarrão Penne Integral

Creme de leite (ou molho branco já pronto)

Peito de peru, queijo, champignons e temperos a gosto (incluindo um saquinho de sopa Vono sabor Champignon! rs)

– Maio/ 2011

____

junho-2011Strogonoff de Camarão

O que tem de bom aí:

Tudo aquilo que se usa para fazer um Strogonoff, rs

Camarões, muitos camarões!!!

Arroz Integral

Batata palha

E um bom vinho para acompanhar!

Esse foi o jantar especial que o Thierry fez para mim no Dia dos Namorados!

– 12 de Junho de 2011 junho-2011

____

Mousse Apaixonante de Chocolate

O que tem de bom aí:

Sinceramente eu não sei o segredo, mas este é o mousse, ou a mousse (ah, isso não importa!) mais incrível que eu já comi em toda a minha vida!

Estou devendo postar essa receita aqui, mas não o fiz, pois ainda não extraí os segredos do chef!

Em breve eu posto. Prometo!!!

– 12 de Junho de 2011 (Dia dos Namorados) – uma sobremesa apaixonante!

____

julho-2011Peixe Assado e Batatas Felizes

O que tem de bom aí:

Aquele velho e querido peixe assado inteiro, com temperinhos leves e bastante azeite;

Batatinhas “Smiles” não fritas, mas sim ASSADAS;

A gente sempre come batatinhas com mostarda escura, tipo a Mostarda Spicy Brown FRENCH’S, mas essa aí também fica supimpa com maionese!

– Julho/ 2011

____julho-2011

Sopa de Couve-flor

O que tem de bom aí:

Thierry resolveu, pela primeira vez, fazer uma sopa aos moldes das sopas que a vovó dele faz.

Ele tem um mixer e isso o ajudou a triturar todos os ingredientes, incluindo a couve-flor cozida, mas acredito que um liquidificador também serviria.

Thierry ganhou da mãe dele uma máquina de fazer pão. Ele se diverte com o brinquedo! Esse pãozinho da foto é uma receita integral. Tanto a sopa quanto o pão ficaram deliciosos, principalmente porque estava friozinho e ele levou na caminha para a gente saborear! E com Schweppes Citrus!!!

– Julho/ 2011

____

novembro-2011 Frango ao Molho de Champignon

O que tem de bom aí:

Infelizmente não dá pra gente ver direito, mas o gato está vendo! Thierry fritou o filé de frango que ele sempre tempera com pouco sal e muitas ervas; e com o caldinho da frigideira ele fez um molho com creme de leite e champignon.

Batatas fritas para acompanhar (molhar a batatinha nesse molho do frango é coisa de outro mundo!!!)

– Novembro/ 2011

____novembro-2011

Frango Cremoso e Arroz Integral

O quem tem de bom aí:

Deu pra reparar que o Thierry faz tudo o que gosto, não é? Quando eu NÃO estou na casa dele, ele come carne vermelha, lanches gordurentos, bacon e outras coisas que eu não como, mas quando estou com ele, o coitado só tem a opção de fazer frango ou peixe!

Desta vez ele pegou frango que ele fez na frigideira, picou e fez um molho branco com creme de leite e temperinhos. Arroz integral (porque eu adoro!) para acompanhar.

– Novembro/ 2011

____

novembro-2011Purê de Batata Recheado

O que tem de bom aí:

Já imaginou um purê de batata recheado? Desta vez o Thierry se superou!

Fez um delicioso recheio de frango desfiado com requeijão e temperos e o resultado foi esse maravilhoso prato que ele inclusive levou ao forno para dar uma gratinada.

Incrivelmente delicioso!

Um Casillerro del Diablo – Carmenere 2009, para acompanhar e comemorar 1 ano em que nós havíamos nos reencontrado e voltado a “ficar” sem a cobrança de um “namoro”. 1 mês depois a gente resolveu oficializar e aí foi só alegria!

– 29 de Novembro de 2011 – Um ano de reencontro!

____

Macho & Fogão

Macho & Fogão – Thierry com cara de “Não contavam com minha astúcia!”

____

janeiro-2012Filé de Frango com Molho de Requeijão

O que tem de bom aí:

E olha o frangoso aí outra vez!

Lembro que voltamos de uma viagem de 15 dias e o Thierry fez o meu prato predileto: filé de frango com molho de requeijão e batatas fritas. Até já comentei aqui sobre esse prato:

Filé de frango bem temperadinho;

Requeijão Danubio cremoso com cebolinha picada, pimenta e mais alguns temperos extras.

E batatas fritas, claro! Sem deixar de citar o maravilhoso Chá Verde com laranja e gengibre da marca Feel Good!

– Janeiro/ 2012

____fevereiro-2012

Batata Assada com Molho de Requeijão

O que tem de bom aí:

Lembra do molho de requeijão citado acima? Pois é! Desta vez ele foi parar no meio da batata assada e coberto com Batata Palha (agora a gente só compra a que é Temperada, da Yoki!)

Sem segredo: assar a batata, cortar ao meio e rechear com essa delícia de molho de requeijão com cebolinha e pimenta. De lamber os beiços!

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012 Filé de Peixe com Batata

O que tem de bom aí:

Um delicioso filé de peixe frito;

Batatas douradas.

Tudo isso com o temperinho especial do meu chef predileto!

Thierry usa pouco sal, mas adora temperar a comida com pimentas e ervas, principalmente Tomilho.

– Fevereiro/ 2012

____fevereiro-2012

Strogonoff de Frango

O que tem de bom aí:

O Strogonoff que o Thierry faz é um dos melhores que eu já comi em toda a minha vida! Ele usa os temperinhos especiais dele, capricha no molho e abusa sem dó do champignon!

Quando não tem arroz integral, ele faz o branco mesmo, mas ele sabe que eu prefiro mil vezes o integral, quando não os maravilhosos, porém caríssimos: Arroz Preto e Arroz Vermelho, da marca Ruzene (aqui a gente só encontra esse arroz no Pão de Açúcar do metrô Ana Rosa…), mas nunca fizemos com Strogonoff, pois nem combina!

Já a Batata Palha Temperada Yoki combina!

Mas enfim, esta aí o Strogonoff acompanhado de um belo vinho (tinto seco, delicioso, que eu ganhei em uma visita à Adega Maziero, após fazer uma apresentação teatral em Jundiaí)

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012Salmão no Vapor, Molho Shoyo e Batatas Fritas

O que tem de bom aí:

Bom, eu já disse: Salmão no Vapor, Molho Shoyo e Batatas Fritas! Quer mais o quê?

Só esse tijolão de salmão que o Thierry fez no vapor encheu nossas barrigas lindamente!

Salmão boiando no Shoyo! Assim que eu gosto. Só não sei como Thierry temperou o salmão, só sei que ficou incrível!

As batatinhas foram só para caso de emergência, afinal a gente achou que o peixe não seria suficiente, mas foi!

– Fevereiro/ 2012

____fevereiro-2012

Frango com Molho de Requeijão com Arroz Secreto

O que tem de bom aí:

O famoso filé de frango com o mais famoso ainda molho de requeijão com cebolinha e pimenta;

Batatas fritas;

E o arroz secreto. Bom, não faço idéia do segredo do arroz, mas é um tempero e um modo de preparo diferente que deixa um gostinho especial ao tal.

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012Filé de Frango com Purê de Batata e Cenoura

O que tem de bom aí:

Filé de Frango especialmente temperado pelo Thierry, claro;

Tirinhas de cenoura refogadas no caldo da fritura do frango;

Purê de Batata e Cenoura;

Arroz branco, só para constar.

Tive que trair meu Feel Good para tomar esse Nestea Chá Verde com Limão. Sinceramente prefiro meu Feel Good de Laranja com Gengibre, mas não tinha…

– Fevereiro/ 2012

____

Bom, e assim termina a Sessão: Macho & Fogão! É notável que temos mais fotos gastronômicas datadas de Fevereiro/ 2012, pois foi quando tive a idéia de fotografar mais essas delícias. E detalhe: as fotos estão mais bonitinhas de Janeiro até agora, pois Thierry me deu uma câmera decente no Natal. Antes a gente só tirava (tentava) fotos no celular!!! E viva a Sony!

macho & fogão

Macho & Fogão: mesmo cansado ele ainda tem tempo de fazer um caprichado Strogonoff! Isso é que é Bom Marido!

Macho&Fogão

Macho & Fogão: Thierry cozinhando tranquilamente em sua espaçosa cozinha!

Obrigada pela deliciosa visita!

Volte sempre!