XVI. Chocolate acaba, amor não!

O amor pode ser o doce mais delicioso que uma pessoa pode provar. Se for verdadeiro, bem estruturado e bem construído, diferentemente do doce, não irá acabar.

Esse pensamento veio do singelo gesto do meu amado ao confeccionar um coraçãozinho com o papel do chocolate Bis.

O chocolate acaba, mas o amor não!

Sorte dele que pode comer uma caixa inteira de Bis sem engordar!

___

Voltando a falar sobre o amor, digo que ele não acaba, mas se transforma.

Eu, por exemplo, amo cada dia de um jeito diferente. Ora mais carinhosa, ora mais maluquinha… Tem dias que estou séria, preocupada, excessivamente protetora. Mas isso é porque eu amo o suficiente para me importar. Em alguns dias estou mais dengosa, precisando que cuidem de mim, mas ainda assim amando quem se preocupa fazê-lo. Tudo é carinho, afeto, amor… Cada dia de uma forma, de um jeito que transforma. De dentro para fora e vice-versa.

E o fundamental é quando o amado também segue essa linha.

Amar, melhorar, transformar. Mas nunca acabar.

E o chocolate vem só para dar um charme após um magnífico jantar!

😉

 

 

Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

Só para dar uma aliviada das postagens cheias de textos, hoje vou postar algumas fotos da Sessão: Macho & Fogão, com obras culinárias de Thierry Durieux, sim, ele mesmo, o Bom Marido!

São pratos simples, criativos, fáceis, rápidos (a grande maioria) e que servem de inspiração para quem não faz a menor idéia do que fazer para o jantar. Miojo é bom, mas uma hora enjoa, né? Então, machos, corram para a cozinha e mostrem que vocês também são ótimos pilotando o fogão!

Espero que gostem!

março-2011Peixe Vermelho ao Molho de Champignons

O que tem de bom aí:

Peixe vermelho, óbvio!

Champignons fatiados, temperos a gosto

E tudo nadando no azeite!

Joga na assadeira e poe pra assar essa belezura!

– Fevereiro/ 2011

____

maio-2011

Macarrão Integral ao Molho Branco Especial

O que tem de bom aí:

Macarrão Penne Integral

Creme de leite (ou molho branco já pronto)

Peito de peru, queijo, champignons e temperos a gosto (incluindo um saquinho de sopa Vono sabor Champignon! rs)

– Maio/ 2011

____

junho-2011Strogonoff de Camarão

O que tem de bom aí:

Tudo aquilo que se usa para fazer um Strogonoff, rs

Camarões, muitos camarões!!!

Arroz Integral

Batata palha

E um bom vinho para acompanhar!

Esse foi o jantar especial que o Thierry fez para mim no Dia dos Namorados!

– 12 de Junho de 2011 junho-2011

____

Mousse Apaixonante de Chocolate

O que tem de bom aí:

Sinceramente eu não sei o segredo, mas este é o mousse, ou a mousse (ah, isso não importa!) mais incrível que eu já comi em toda a minha vida!

Estou devendo postar essa receita aqui, mas não o fiz, pois ainda não extraí os segredos do chef!

Em breve eu posto. Prometo!!!

– 12 de Junho de 2011 (Dia dos Namorados) – uma sobremesa apaixonante!

____

julho-2011Peixe Assado e Batatas Felizes

O que tem de bom aí:

Aquele velho e querido peixe assado inteiro, com temperinhos leves e bastante azeite;

Batatinhas “Smiles” não fritas, mas sim ASSADAS;

A gente sempre come batatinhas com mostarda escura, tipo a Mostarda Spicy Brown FRENCH’S, mas essa aí também fica supimpa com maionese!

– Julho/ 2011

____julho-2011

Sopa de Couve-flor

O que tem de bom aí:

Thierry resolveu, pela primeira vez, fazer uma sopa aos moldes das sopas que a vovó dele faz.

Ele tem um mixer e isso o ajudou a triturar todos os ingredientes, incluindo a couve-flor cozida, mas acredito que um liquidificador também serviria.

Thierry ganhou da mãe dele uma máquina de fazer pão. Ele se diverte com o brinquedo! Esse pãozinho da foto é uma receita integral. Tanto a sopa quanto o pão ficaram deliciosos, principalmente porque estava friozinho e ele levou na caminha para a gente saborear! E com Schweppes Citrus!!!

– Julho/ 2011

____

novembro-2011 Frango ao Molho de Champignon

O que tem de bom aí:

Infelizmente não dá pra gente ver direito, mas o gato está vendo! Thierry fritou o filé de frango que ele sempre tempera com pouco sal e muitas ervas; e com o caldinho da frigideira ele fez um molho com creme de leite e champignon.

Batatas fritas para acompanhar (molhar a batatinha nesse molho do frango é coisa de outro mundo!!!)

– Novembro/ 2011

____novembro-2011

Frango Cremoso e Arroz Integral

O quem tem de bom aí:

Deu pra reparar que o Thierry faz tudo o que gosto, não é? Quando eu NÃO estou na casa dele, ele come carne vermelha, lanches gordurentos, bacon e outras coisas que eu não como, mas quando estou com ele, o coitado só tem a opção de fazer frango ou peixe!

Desta vez ele pegou frango que ele fez na frigideira, picou e fez um molho branco com creme de leite e temperinhos. Arroz integral (porque eu adoro!) para acompanhar.

– Novembro/ 2011

____

novembro-2011Purê de Batata Recheado

O que tem de bom aí:

Já imaginou um purê de batata recheado? Desta vez o Thierry se superou!

Fez um delicioso recheio de frango desfiado com requeijão e temperos e o resultado foi esse maravilhoso prato que ele inclusive levou ao forno para dar uma gratinada.

Incrivelmente delicioso!

Um Casillerro del Diablo – Carmenere 2009, para acompanhar e comemorar 1 ano em que nós havíamos nos reencontrado e voltado a “ficar” sem a cobrança de um “namoro”. 1 mês depois a gente resolveu oficializar e aí foi só alegria!

– 29 de Novembro de 2011 – Um ano de reencontro!

____

Macho & Fogão

Macho & Fogão – Thierry com cara de “Não contavam com minha astúcia!”

____

janeiro-2012Filé de Frango com Molho de Requeijão

O que tem de bom aí:

E olha o frangoso aí outra vez!

Lembro que voltamos de uma viagem de 15 dias e o Thierry fez o meu prato predileto: filé de frango com molho de requeijão e batatas fritas. Até já comentei aqui sobre esse prato:

Filé de frango bem temperadinho;

Requeijão Danubio cremoso com cebolinha picada, pimenta e mais alguns temperos extras.

E batatas fritas, claro! Sem deixar de citar o maravilhoso Chá Verde com laranja e gengibre da marca Feel Good!

– Janeiro/ 2012

____fevereiro-2012

Batata Assada com Molho de Requeijão

O que tem de bom aí:

Lembra do molho de requeijão citado acima? Pois é! Desta vez ele foi parar no meio da batata assada e coberto com Batata Palha (agora a gente só compra a que é Temperada, da Yoki!)

Sem segredo: assar a batata, cortar ao meio e rechear com essa delícia de molho de requeijão com cebolinha e pimenta. De lamber os beiços!

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012 Filé de Peixe com Batata

O que tem de bom aí:

Um delicioso filé de peixe frito;

Batatas douradas.

Tudo isso com o temperinho especial do meu chef predileto!

Thierry usa pouco sal, mas adora temperar a comida com pimentas e ervas, principalmente Tomilho.

– Fevereiro/ 2012

____fevereiro-2012

Strogonoff de Frango

O que tem de bom aí:

O Strogonoff que o Thierry faz é um dos melhores que eu já comi em toda a minha vida! Ele usa os temperinhos especiais dele, capricha no molho e abusa sem dó do champignon!

Quando não tem arroz integral, ele faz o branco mesmo, mas ele sabe que eu prefiro mil vezes o integral, quando não os maravilhosos, porém caríssimos: Arroz Preto e Arroz Vermelho, da marca Ruzene (aqui a gente só encontra esse arroz no Pão de Açúcar do metrô Ana Rosa…), mas nunca fizemos com Strogonoff, pois nem combina!

Já a Batata Palha Temperada Yoki combina!

Mas enfim, esta aí o Strogonoff acompanhado de um belo vinho (tinto seco, delicioso, que eu ganhei em uma visita à Adega Maziero, após fazer uma apresentação teatral em Jundiaí)

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012Salmão no Vapor, Molho Shoyo e Batatas Fritas

O que tem de bom aí:

Bom, eu já disse: Salmão no Vapor, Molho Shoyo e Batatas Fritas! Quer mais o quê?

Só esse tijolão de salmão que o Thierry fez no vapor encheu nossas barrigas lindamente!

Salmão boiando no Shoyo! Assim que eu gosto. Só não sei como Thierry temperou o salmão, só sei que ficou incrível!

As batatinhas foram só para caso de emergência, afinal a gente achou que o peixe não seria suficiente, mas foi!

– Fevereiro/ 2012

____fevereiro-2012

Frango com Molho de Requeijão com Arroz Secreto

O que tem de bom aí:

O famoso filé de frango com o mais famoso ainda molho de requeijão com cebolinha e pimenta;

Batatas fritas;

E o arroz secreto. Bom, não faço idéia do segredo do arroz, mas é um tempero e um modo de preparo diferente que deixa um gostinho especial ao tal.

– Fevereiro/ 2012

____

fevereiro-2012Filé de Frango com Purê de Batata e Cenoura

O que tem de bom aí:

Filé de Frango especialmente temperado pelo Thierry, claro;

Tirinhas de cenoura refogadas no caldo da fritura do frango;

Purê de Batata e Cenoura;

Arroz branco, só para constar.

Tive que trair meu Feel Good para tomar esse Nestea Chá Verde com Limão. Sinceramente prefiro meu Feel Good de Laranja com Gengibre, mas não tinha…

– Fevereiro/ 2012

____

Bom, e assim termina a Sessão: Macho & Fogão! É notável que temos mais fotos gastronômicas datadas de Fevereiro/ 2012, pois foi quando tive a idéia de fotografar mais essas delícias. E detalhe: as fotos estão mais bonitinhas de Janeiro até agora, pois Thierry me deu uma câmera decente no Natal. Antes a gente só tirava (tentava) fotos no celular!!! E viva a Sony!

macho & fogão

Macho & Fogão: mesmo cansado ele ainda tem tempo de fazer um caprichado Strogonoff! Isso é que é Bom Marido!

Macho&Fogão

Macho & Fogão: Thierry cozinhando tranquilamente em sua espaçosa cozinha!

Obrigada pela deliciosa visita!

Volte sempre!

XV. Ditando as Regras

Para um relacionamento funcionar sem decepções ou frustrações, é fundamental que cada um faça a sua parte. Isso inclui desde coisas simples do cotidiano a decisões sérias a serem tomadas.

Aqui as coisas funcionam da seguinte maneira:

Eu lavo a louça e limpo a casa (que por sinal não é minha e sim dele). Ele lava as próprias roupas e faz a comida. Ah e eu também passo as roupas dele!

Eu faço essas coisas porque eu gosto, são atividades que me dão prazer ao serem feitas. Não tenho a menor obrigação. Mas a partir do momento que eu assumir o fogão e a máquina de lavar, danou-se! Vai ser assim pra sempre. Por quê? Porque a tendência é o outro se acomodar. Algo do tipo: “Achando quem faça, por que irei fazer?”

Sou sim capaz de fazer comida, sou sim capaz de lavar uma roupa, mas não posso assumir mais tarefas para mim, senão vira costume, obrigação, dever, coisa chata, rotina…

Às vezes fico uns cinco ou seis dias sem ir para a casa dele e quando chego tem uma pilha monstruosa de louça para lavar. Eu que sujei? Não, mas eu lavo, afinal eu não me incomodo com isso. (Porém se foram os amigos que sujaram e largaram tudo lá, eu até lavo, mas ele sabe que vai ouvir uma reclamação depois, se duvidar na frente dos próprios amigos, ou de forma que eles entendam)

Minha parte eu sempre faço. Ele também faz a dele. A minha ele nunca irá fazer (exceto lavar uma loucinha quando a situação está bem crítica, rs). A parte dele eu posso fazer, mas como minha própria mãe aconselhou: “não faça, senão acostuma e era uma vez…”

Ainda bem que ele entende. Às vezes eu vejo que ele está cansado após ter feito algum trabalho desgastante em frente ao computador. Mas ele vê que eu fiquei o dia inteiro limpando a casa. Por isso ele faz a comida sem reclamar. E faz com capricho. Até um simples ovo frito dele tem um saborzinho especial, um toque especial. Acho o máximo!

Esses dias ele fez um Strogonoff que, só de olhar a foto, dá vontade de ir a um restaurante chjantarique só para comer um igual.

Isso me faz lembrar que Strogonoff era um prato que, na minha infância, era feito só em ocasiões especiais, raríssimos domingos ao ano. Já para o meu Príncipe-Chef-Encantado, é um prato normal, feito em qualquer dia, qualquer hora. De repente ele vai até o fogão e faz! Simples assim. Anos e anos morando sozinho, ele sabe se virar na cozinha. Sorte minha!

Pra que esperar datas especiais para comemorar alguma coisa, não? Vamos celebrar por estarmos vivos hoje! Vamos ver a beleza nas coisas simples do dia a dia! Vamos ver a beleza em nós mesmos!

E olha o Strogonoff aí!

Com direito a vinho e bandeja na cama! 😉

No dia seguinte lá estava eu em frente à pia lavando panelas, frigideiras, pratos, copos, taças, talheres e etc! haha Mas valeu a pena! Sempre vale a pena!

XIV. Coisas em Comum

Um dos pontos que ligam uma pessoa a outra é a afinidade, ou seja, gostar das mesmas coisas, ter algo em comum.

Já mencionei lá no início (Capítulo II) que meu namorido e eu somos bem diferentes em diversos aspectos.

Mas agora venho aqui para falar das coisas que temos em comum, mesmo que indiretamente!

Segue a listinha:peixeCozinha: Thierry prefere cozinhar, eu prefiro lavar a louça! Ótimo, assim ninguém briga!

Computador: Thierry e eu costumamos ficar horas em frente ao computador. Eu, pesquisando, lendo e atualizando as redes sociais. Ele, se divertindo com aqueles jogos bem violentos, trabalhando e assistindo a diversos videos de tutoriais!

Música: Eu sou mais Heavy Metal, Thierry é mais Classic Rock, mas ambos apreciamos Música Clássica!famílias

Cinema: Nós dois adoramos gravar curtas e participar de projetos cinematográficos bem interessantes! Porém, eu em frente e Thierry sempre por trás das câmeras.

Família: Minha família é enorme, calorosa e barulhenta. Já a do Thierry, dá para contar nos dedos das mãos! O comum é que são famílias lindas e unidas que nos apóiam em tudo e são muito amadas tanto por ele quanto por mim!

Natal2010Visual: Eu sou um pouco mais ousada na vestimenta, diria até que sou um pouco exótica. Já o Thierry é extremamente discreto e conservador. Mas ainda assim nós dois abusamos das cores escuras. Roupa preta é o que não falta em nossos guarda-roupas!

Social: Sou obrigatoriamente muito mais descontraída, comunicativa, social e extrovertida que o Thierry. Aliás, ele quase não fala, não sai e tem pouquíssimos amigos. Mas é inegável que nós dois preferimos mil vezes ficar em casa quietinhos assistindo a alguns filmes e seriados, a ficar por aí socializando!

Natureza: Eu amo comidas naturais, salada e vida saudável. Thierry detesta! Mas ele adora cuidar de plantas (tem um monte na casa dele!) e eu adoro ver a casa cheia dessas plantas tão lindas que ele cuida com tanto carinho!

Bebidas: Thierry é do tipo que não dispensa uma cervejinha. Eu detesto! Mas o que nós dois apreciamos juntinhos é um bom e velho vinho tinto seco, sempre presente em nossas comemorações especiais, sejam elas pequenas ou grandiosas!

Pintura de rostoFilhos: Adoro crianças. É um imenso prazer quando faço espetáculos ou eventos infantis e tenho a oportunidade de interagir com os pequenos. Já o Thierry tem total aversão a crianças (algum tipo de trauma que ele tem e nem mesmo ele sabe explicar). O bom disso é que nenhum de nós dois pretende ter filhos, afinal eu nunca me senti preparada para ser mãe.

Amor: Sou uma pessoa mais prática, seca, agressiva e insensível. Totalmente o oposto do Thierry. Mas o comum disso tudo é que a gente se ama e se respeita de todas as formas possíveis, onde cada um entende a necessidade do outro: Thierry me dá espaço quando preciso e eu sou bem carinhosa e presente quando vejo que ele precisa!

Ah! Tem tantas outras coisas que nós gostamos e curtimos juntos!

Por exemplo: Gatos! Somos apaixonados por felinos e até temos um de estimação, que por sinal foi o próprio Thierry que me deu de aniversário! Mimamos tanto esse gato, o Lucky, que quem vê até pensa que se trata de um bebê! Mas ele realmente é o nosso bebê! Um fofo! Vejam:1 ano Bem, a lista é imensa! São várias coisinhas bacanas que temos em comum, outras nem tanto, mas estão indiretamente relacionadas!

Às vezes não é preciso encontrar alguém que goste exatamente e igualmente das mesmas coisas que você. O importante é achar os pontos em comum, mesmo que seja nas diferenças!

“O que faz cada um ser especial é a originalidade de ser o que é sem se importar em copiar para agradar”. E. Thrash – 2012

Personalidade é tudo em um relacionamento. As trocas são necessárias, mas a perda da essência, não!

E cada um deve respeitar isso no outro para, só assim, ter um namoro, rolo, noivado ou casamento feliz, não acham?

___

::: Ah, já ía me esquecendo! peixe

É óbvio que aquele prato da primeira foto foi o Thierry quem fez, né? Um espetáculo!

Faz tempo que a gente não come um desses: Peixe Vermelho assado com Molho de Champignons e Purê de Batata. Tudo isso com o toque especial do meu chef predileto: Monsieur Thierry Durieux!

Não sou capaz de lembrar detalhes da receita, ingredientes, marcas e temperos extras, mas quando o Thierry fizer outra vez, eu anoto e publico aqui!

___

Obrigada pela visita e continuem acompanhando!

XIII. Happy Valentine’s Day!

Valentine's Day

Dia de São Valentim?

Tudo bem que no Brasil o “Dia dos Namorados” é comemorado no dia 12 de Junho, véspera do dia de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro. Mas não há como negar que a história do tal São Valentim é muito interessante em diversos pontos.

Valentim foi um bispo que lutou contra as ordens do imperador romano Cláudio II, que  acreditava que os melhores combatentes eram os SOLTEIROS e por isso havia proibido o casamento durante as guerras. Que absurdo, hein?

Mas o desobediente Valentim continuou realizando casamentos e acabou não só sendo preso, como também foi condenado à morte.

Enquanto estava preso, Valentim recebeu muitas FLORES e BILHETES de jovens que diziam acreditar no AMOR

Na porta da prisão

Thierry e Elaine na porta da cadeia, em Rio de Contas - BA

Até mesmo Valentim se apaixonou! A moça que lhe arrebatou o coração era filha de um carcereiro, que era cega. (Ah! O amor é cego! Que ironia, não?) E Valentim milagrosamente devolveu a visão a essa moça. Seria o milagre do AMOR?

Bom, antes de ser executado, Valentim escreveu uma MENSAGEM de Adeus para sua amada, assinando “De Seu Valentim”. Pelo menos ela voltou a enxergar a tempo de ler o bilhete, né?

E então, 14 de Fevereiro marca a data da morte de São Valentim e na Idade Média era notado como sendo o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Romântico isso, não?

Tanto que, naquela época, os namorados deixavam lindas MENSAGENS de AMOR na porta das casas de suas amadas e vice-versa. Só não sei se também era vice-vice ou versa-versa, mas isso não vem ao caso agora! rs

E o curioso é que muitos países comemoram o Dia de São Valentim, o que antes acontecia somente em países anglo-saxões.

Legal, né?

Bom, só sei que hoje, 14 de Fevereiro, as pessoas também comemoram o Dia da Amizade (embora o Dia do Amigo seja dia 20 de Julho! Ai, que confusão!), mas não sei! Só sei que esse pessoal adora mesmo comemorar, hein? E está certo, oras! O bom mesmo é inventar os melhores motivos para dizer a quem a gente gosta o quanto essa pessoa é importante para nós, não é?

Por mais que fique subentendido que a gente gosta de alguém, é maravilhoso para esse alguém ouvir (ou ler) isso da gente!

Portanto, meu querido Amado, Namorado, Marido, Namorido, Príncipe Encantado, Thierry Durieux: Eu te amo muito! Obrigada por me fazer um tiquinho mais feliz a cada dia em que estamos juntos! Feliz Dia de São Valentim!

E a todos os meus grandes e verdadeiros amigos, seja de hoje, seja de ontem, seja à distância, seja de pertinho: Eu amo muito vocês e agradeço por todo esse apoio que vocês, e só vocês, me dão! Feliz Dia da Amizade!Na cama

Comemorem bastante!

Romanticando – Uma Homenagem ao Wando

Interrompemos a postagem normal de assuntos relacionados ao Bom Marido, para falar exclusivamente do Bom Romântico, sim aquele que nos deixou em 08 de Fevereiro de 2012.

“Você é luzWando
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é “sim”
E nunca meu “não”
Quando tô louca
Te beijo na boca
Te amo no chão…”

(Wando – Fogo e Paixão)

Chamam de brega os excessivamente românticos, todos aqueles que sequer entendem a verdadeira Essência  do amor. A Todo Instante nos deparamos com algum Amor secreto que se torna forte, real, um Pecado Tentador. Isso porque dizem que Amor gostoso é bicho perigoso, mas quando a gente ama demais uma pessoa, a gente não liga e só tem uma coisa a dizer para o nosso amor: Ninguém vai tirar você de mim.

Que Nossa Senhora das Fêmeas me proteja, mas eu não quero ser A Próxima Vítima de um Amor Filho da Puta!!! Ai De Mim, mas às vezes eu rezo para que Deus te Proteja de Mim, que deixe Cada Um Na Sua, Cada um por si.

Longe de mim ser A Cumplice desse Coração Bandido! Não vou deixar Evidências de que fui eu que dei a Mordida na Maçã, deixando você com Água na boca. Mas entenda que O que passou, passou! Vida nova, rumo novo…

Mas quem disse que eu consigo encarar essa Vida louca, pensando que Aquele Amor Que Faz Gostoso Me Deixou? E não me venha dizer que você estava Atolado de Amor, pois Foi você quem quis assim. Agora corra lá para debaixo da saia da Gazela da sua mãe e nem ouse derramar Duas Lágrimas de crocodilo, porque o sentimento Sempre será verdadeiro somente quando você cair na real e dizer do fundo do coração: Estou Apaixonado.

É triste admitir, mas Eu Acho Que Estou Perdendo Você. Bons eram os tempos em que você dizia que eu era sua Menina Dos Olhos, seu Anjo da Manhã, sua Princesa, sua Jóia de Amor… Gostava quando você me chamava de Gostosa e dizia que meu beijo tinha Gosto de Maçã… Olha, juro que Eu Podia Ter Caído Fora, mas esse Amor vira lata não me deixa esquecer nossas noites dormindo juntinhos, feito Dois caracóis… E Depois da cama a gente sempre ía para o sofá, para o chão, em um louco Ritual nem um pouco Obsceno, rs! E você me chamando secretamente de Safada, mesmo eu sendo assim tão Moça de família, tão certinha…

Ai ai… Como diria o Rei: “São tantas Emoções“… Nosso amor era uma Coisa Cristalina, Cantada por nós aos quatro cantos! Ah, Se Você Soubesse o quanto sinto sua falta! Bate forte aqui no meu peito esse Velho Batuqueiro – o coração – que não me cansa de dizer que O Perigo é Ficar sem Você.

Ei Amigo, eu sei que você precisa de um tempo para aproveitar Essa tal liberdade. Por isso Vá, Mas Volte! E quando voltar, Deixa eu te amar mais uma vez. Vem me Agasalhar nesse inverno frio que faz dentro do meu coração. E eu digo: Chora Coração! Oh, pobre Coração Cigano que agora quer descansar de vez Na Sombra de Uma Árvore. Porque pra mim uma coisa ficou bem Clara: Você é A Paz Que Nasceu Pra Mim.

Venha, Me cace me ache, Me ligue a cobrar, eu não importo! O importante é que você venha! Eu Já Tirei a Sua Roupa uma porção de vezes… E O Que Que Eu Vou Dizer Para O Meu Corpo se eu não puder mais me aninhar Nas Curvas do Teu Corpo definido? Venha logo, Tá Faltando um Abraço! Venha rápido e tire a minha Meia De Seda que você tanto gosta! Deixa eu te mostrar o Meu borogodó! De Tentação à Cantada, descobri que você é Minha Religião! Não vivo sem você! Vamos relembrar nossa história onde eu sou A Menina E O Poeta é você. Sempre tão galante a me chamar de Senhorita, Senhorita

Não posso contar para as Minhas Amigas que você Tá Me Tratando Mal. Nem a Moça do subúrbio e nem a Nega De Obaluaê podem saber, senão elas contam para todo mundo e o que Toda Mulher menos precisa em uma hora dessas é passar por esse tipo de humilhação.

E quanto a você, Zeca Poeta De Guerra, Se Quiser Chorar Por Mim fique à vontade, afinal Viver é Rolar o Sentimento. E por mais que você tenha me feito sofrer, pelo menos você foi intenso, avassalador, verdadeiro. E agora pra mim O Importante É Ser Fevereiro, mês que vai ficar marcado no coração de muitos românticos verdadeiros… Afinal é o mês do Adeus ao nosso UI-Wando Paixãowando

Wando

1945 – 2012

Descanse em paz, Wando.

Coração Bandido

XI. Simplicidade

Enquanto a grande maioria das pessoas vive alucinadamente em busca de TUDO, cá estamos nós não querendo nada além do necessário para nossa felicidade.

Estou falando de simplicidade.

Em um relacionamento isso é fundamental. Muitos casais se enchem de obrigações e vivem se comparando aos demais em uma espécie de competição que mostra quem consegue ser menos infeliz nos dias de hoje. Inventam viagens caras, jantares caros, baladas da moda, presentes caros, futilidades mil, e se sentem tremendamente frustrados quando não conseguem realizar tudo isso ou quando perderm o controle dos gastos e acabam sem dinheiro até mesmo para as comprinhas básicas do mês.

Simplicidade é o avesso da futilidade; É o caminho da verdade que leva à felicidade. – E.Thrash 2012

Batatas_assadasMeu Príncipe Encantado, um cara muito inteligente por sinal, sabe exatamente valorizar cada detalhe, cada momento, cada gesto simples, porém verdadeiro. Ele não fica se matando de fazer coisas extravagantes só para me agradar ou só para se aparecer para os outros. Ele sabe que nada disso é necessário e a famosa regra do “menos é mais” cabe perfeitamente em nosso relacionamento.

O que me levou a escrever sobre esse assunto foram as batatas. Sim. Simples batatas!

O meu amado estava um pouco sem idéias para o jantar, então resolveu apostar no mais simples possível: batatas. E deu super certo, afinal isso lhe rendeu elogios a noite inteira.

Tudo muito simples, muito prático, mas incrivelmente delicioso e encantador. Exatamente assim que a vida deve ser.

Vejam com seus próprios olhos:

Batatas Assadas

::: Batatas à Thierry :::

margarinaQue simplicidade! Thierry unta uma forma com a velha e querida Doriana nossa de cada dia, colrequeijãooca umas 4 ou 6 batatas lavadinhas e com casca, e leva ao forno para assar.

E para o delicioso molho ele coloca meio copo de requeijão Danubio em uma tigela e acrescenta cebolinha picada e pimenta calabresa. Deixa em banho-maria até ficar bem quentinho.

Na hora de comer, basta cortar a batata ao meio, colocar uma generosa colher do molho e finalizar com Batata Palha Yoki Temperada.

Simples, não? E tremendamente delicioso!

Experimentem!!!

* Ah! Detalhe da bandeja na cama! *

X. Pedindo com jeitinho

Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que não existe razão? – Legião Urbana

Por mais que eu museunão aprecie Legião Urbana – sem ofensas a quem curte, a música Eduardo e Mônica às vezes me vem em mente quando analiso meu relacionamento. Não que eu seja como a descoladíssima Mônica e muito menos que o meu amado seja como o tonto do Eduardo.

Longe disso! Mas o que me faz lembrar do meu relacionamento é o fato de sermos bem diferentes em algum aspectos. Mas nada que não seja equilibrado com uma boa dose de bom senso e disposição para agradar o outro.

Já mencionei anteriormente o quanto eu sou inquieta e agitada, enquanto o meu namorido… cri cri cri... (isso mesmo, grilinhos cantando!)

OrquidárioGosto de sair, ver gente, socializar, passear, viajar, trabalhar, me exercitar, me movimentar, Enquanto meu namorido… cri cri cri…

Gosto de tudo pra ONTEM, NA HORA, JÁ, AGORA!!!! (em negrito, letra maiúscula e muitos pontos de exclamação!!!), enquanto meu namorido… cri cri cri…

Pode até parecer exagero, mas é mais ou menos assim que funciona!

Mas por que estou contando isso? Simples, é para citar o esforço que o meu Príncipe Encantado faz para me agradar quando percebe que estou a ponto de ter um piripaque por causa da inércia!

Quando chegamos da viagem à Bahia, ficamos alguns dias de molho em casa, só descansando e nos preparando para começar o ano bem revigorados. Mas eis que o bichinho da inquietação que existe dentro de mim reclamou dos finais de semana de férias que eu não estava aproveitando devidamente. Afinal eu sou uma artista que trabalha praticamente TODOS os fins de semana do ano. E quando estou de folga em um desses finais de semana, quero fazer valer a pena.

E assim o Bom Marido teve uma agradável ideia que me deixou encantada: me levou para passear no Jardim Botânico de São Paulo!

plantas suspensas

Eu parecia criança feliz no parquinho após uma eterna semana de espera (sim, pois para as crianças o tempo custa a passar, não é verdade?)Nascente

E lá fomos nós visitar o Jardim Botânico que fica ridiculamente pertinho da casa do Thierry e a gente nunca tinha ido! Passeamos romanticamente, almoçamos deliciosamente e prometemos voltar ali algum dia para fazer um piquenique ou fazer umas fotos bem bonitas, do estilo das fotos artísticas e poéticas que eu amo fazer nesses lugares! (Exemplos? Clique Aqui e Aqui)Jardim das Ninféias

Viram só? Apenas um simples passeio, um detalhe simples e gostoso fez com que meu final de semana fosse perfeito. Isso sim deve ser valorizado em um relacionamento.

Isso sim é atitude de um Bom Marido!

#Ficaadica 😉

Agradecimentos – Bel Gasparotto e Edu Guimarães!

___

Portalmoringão

– Visite o Jardim Botânico de São Paulo e conheça o Museu Botânico “Dr. João Barbosa Rodrigues”, as Estufas “Dr. Frederico Carlos Hoehne”, o “Portão Histórico” próximo ao belíssimo “Lago das Ninféias”, as colossais “Escadarias” e percorra a “Trilha da Nascente”, uma trilha suspensa que leva até uma das nascentes do Riacho do Ipiranga.

___

– O Jardim Botânico faz parte do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (considerado a terceira maior reserva da Mata Atlântica em São Paulo)

___

– Informações:

Jardim Botânico de São Paulo

Endereço: Av. Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda – SP

Funcionamento: Terça a Domingo das 9h às 17h

Contato: 11 5067-6000

Site: www.ibot.sp.gov.br

IX. Tudo tem sua hora (Parte 3 – final)

“Não importa quanto tempo leva para a poeira baixar. O certo é agir quando o terreno estiver propício. Ainda que reste uma sujeirinha aqui, outra ali, logo esta será eliminada com as faxinas básicas do dia a dia!” E.Thrash – 2010

(continuação)

::: Parte 3 – Como tudo (re)começou! (ufa, aleluia e até que enfim!)

Tudo mudou após eu ter lançado um livro de poemas e crônicas chamado “da depressão à criação”. Parece que eu havia tirado um peso das minhas costas, e desde então eu amadureci tudo o que eu não havia amadurecido em 10 anos! Um verdadeiro milagre da arte!

Muitas coisas ficaram claras em minha mente. Pude reavaliar anos e anos de comportamento errôneo e mimado, até que cheguei no setor “relacionamento” da minha vida.

Bom, eu estava há um ano solteira e tranquila, tentando só cuidar de mim, da saúde e da carreira. Percebi o quanto eu havia errado ao escolher namorados que fossem parecidos comigo, ou no campo profissional ou no gosto musical. Só namorava caras que fossem tão agitados como eu. Conflito na certa! O melhor a fazer era ficar sozinha mesmo.2010

Um belo dia, conversando com algumas pessoas no msn, vi que um certo alguém estava milagrosamente online e resolvi, só por curiosidade, perguntar se estava bem, com saúde, tudo tranquilo, etc e tal… No decorrer da conversa, o assunto chegou em “dificuldade de entender certas pessoas”.

Eu disse: “Opa! Peraí! Vamos esclarecer essa história!” E então marcamos um encontro só para eu explicar a ele toda a confusão que estava acontecendo comigo no ano passado. Era o mínimo que eu poderia fazer.

Ele ainda sentia algo muito forte por mim e como ele estava bem mais maduro e conformado, entendeu numa boa tudo o que eu disse. Foi muito nobre da parte dele ter me dado a chance de me explicar. Eu não esperava mais nada além disso.

Natal2010Mas, como a vida tem dessas coisas de novela, acabamos nos beijando e resolvemos nos dar outra chance, porém com regras preestabelecidas, jogo aberto, muito diálogo e muita cumplicidade. O que quer que estivesse errado entre nós, seria discutido e resolvido na hora (falarei mais sobre isso em outra oportunidade).

E mais: fui bem sincera com ele. Disse que eu não sabia se estava pronta para um relacionamento sério, portanto só “ficaríamos” por um tempo. Nos conheceríamos melhor e da forma certa: sem joguinhos, sem mentirinhas e sem outras pessoas manipulando nossas vidas.

Passamos agradáveis dias juntos, nos divertindo, nos redescobrindo, nos curtindo e sem cobranças. Cada dia eu gostava mais do Thierry e isso foi me dando certeza e segurança para estar ao lado de um cara com um estilo de vida bem diferente do meu.

Um mês depois, 29 de Dezembro de 2010, resolvemos oficializar o que nossos corações já haviam oficializado faz tempo sem a gente se dar conta! E hoje estamos há mais de um ano juntos. E, graças Deus, felizes!2010

Não importa quanto tempo leva para a poeira baixar. O certo é agir quando o terreno estiver propício. Ainda que reste uma sujeirinha aqui, outra ali, logo esta será eliminada com as faxinas básicas do dia a dia!

E assim começa essa tal história de Como Ser Um Bom Marido!

Até a próxima aventura romântica!