Sessão: Macho & Fogão (pte. 5)

Dando sequência a mais uma postagem de gororobas preparadas pelo Bom Marido, eis algumas das mais recentes!

Não se lembra das anteriores?

Então clique nos links:

::: Sessão Macho & Fogão (pte. 4)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 3)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

Agora vamos ao que interessa:

Torradas, Paté e Vinho do PortoTorradinhas com Paté de Smoked Salmon e Vinho do Porto.

O Bom Marido e eu não dispensamos um bom vinho, de vez em quando.

SeaChangeCanadáRecentemente, lembramos que havia restado uma latinha de paté que eu trouxe do Canadá. Um delicioso paté de Salmão Defumado da marca SeaChange.

Mon Amour havia guardado uma garrafa de Vinho do Porto Dom José – Ruby, da Real Companhia Velha e então, sem nenhum motivo em especial, decidimos degustar essas iguarias chiquetosas com as simples Torradas Integrais Bauducco!

____

Peixe Ensopado com Arroz e Fritas Peixe Ensopado com Arroz e Fritas

E olha o peixe ensopado aí outra vez!

Para quem não se lembra, a receita está no link: XLIX. “Tá nervoso? Vai pescar!” e quem ensinou o Bom Marido a preparar essa suculenta iguaria foi a minha querida e prendada Mamãe!

Além da receitinha do peixe ensopado, o Bom Marido ainda quer aprender a fazer um feijão igualzinho ao da minha mãe! Mas isso é um desafio para qualquer mortal, afinal ninguém faz uma comidinha tão mágica igual à dela.

As iguarias que o Meu Namorido prepara são ótimas, claro, mas quando o assunto é feijão, só minha mãe faz do jeito que eu gosto!

Mudando de assunto, alguém consegue enxergar um intruso guloso, curioso e comilão na foto ao lado? rsrs!

____

Prejereba Assada com Purê de BatatasPrejereba Assada com Purê de Batata

Falando em peixe, mãe e etc, Thierry e eu resolvemos fazer um delicioso peixe assado justamente na semana em que minha linda mamãe completou 53 aninhos!

Dissemos a ela que o Thierry queria finalmente assar a gigantesca Prejereba que ele havia pescado e convidamos os pais dele e os meus para um belíssimo almoço no Sábado, dia 27 de Abril.

Mamãe até ajudou Meu Amado a assar o peixão que ele havia temperado no dia anterior seguindo todas as orientações dela.

Além da Prejereba assada, degustamos também umas boas postas de Baiacu frito que minha mãe já trouxe temperado, além do acompanhamento do peixe: purê de batatas feito pelo mestre das batatas, o Bom Marido!

Bolo de Chocolate com Recheio de MaracujáPara surpresa de Mamãe, após o almoço colocamos na mesa um belíssimo bolo de Chocolate com Recheio de Maracujá que, pasmem, eu mesma que fiz!

Pois é. Resolvi botar literalmente a mão na massa.

Eu só fiz esse bolo por que foi para alguém muito especial: Minha Mamãe. Mas em breve eu conto detalhes dessa e de outras aventuras culinárias de minha parte. Aguardem!

Só sei que todo mundo adorou o bolo e minha mãe ficou muito contente com a surpresa. Ela não esperava que fôssemos comemorar o aniversário dela e muito menos que eu tivesse a coragem de fazer-lhe um bolo!

“Te amo, Mãe!”

____

Café com Chantilly e... Neston?Café com Chantilly e… Neston?

O Bom Marido adora inventar umas gororobas estranhas.

Certo dia eu perguntei a ele se já havia comido (ou tomado) Neston. Ele disse que não se lembrava. Aí eu fiquei doida! Disse que ele não teve infância, afinal todo mundo já comeu Neston (seja na fruta, seja no mingau, seja batido no leite) alguma vez na vida. Impossível ele não se lembrar disso!

Resolvemos comprar Neston para ele experimentar. Ele adorou e resolveu então coloca-lo em tudo o que via pela frente. No pão, na fruta, no sorvete, no leite, na sobremesa e até no café.

O resultado foi essa invenção aí ao lado: café com chantilly e Neston. Pode uma coisa dessas? rsrs

____

Omelete no Capricho! Omelete de Peito de Peru

Enquanto eu mexia os ovos com um garfo (do jeito que sempre vi Mamãe fazendo!), Meu Amado dava uma leve fritada em algumas fatias de peito de peru e mussarela picadas.

Acrescentamos cheiro verde, tomilho, pimenta calabresa e sal aos ovos, mexemos mais um pouco, colocamos o peito de peru e o queijo e enfrentamos a parte mais chata do procedimento: fritar tudo isso!

Temos aquela panelinha dupla, própria para omelete, que é só encaixar uma na outra e pronto, mas mesmo assim é difícil fazer omelete sem quebrar ou grudar. Ainda precisamos aprender os segredos ideais com minha mãe…

Mas fora isso, ficou supimpa. Como podem reparar ali na foto, tem até uma pimentinha Tabasco para incrementar! hehe

____

Batata Russa com Filé de FrangoBatata Russa com Filé de Frango

Alguém já viu rolando por aí uma foto de uma tal Batata Russa cuja receita é bem complicadinha de entender? Pois é… Minha irmã mostrou essa foto para Meu Amado e eu e  então nós dois resolvemos testar por aqui…

A princípio parece simples. É só pegar uma batata com casca e tudo, fazer uns cortes sem chegar ao fim da batata e rechear intercaladamente com pedaços de manteiga e pedaços de queijo (à sua escolha, mas a receita original sugere parmesão). Por cima da batata jogue pimenta, sal e alho à gosto. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 1 hora.

Retirar do forno, jogar um creme branco por cima (pode ser requeijão com cebolinha picada ou creme de leite, mas a receita original sugere o famoso Sour Cream*), polvilhar com queijo ralado e levar ao forno por mais uns 15 minutinhos.

Depois é só servir com carne ou um belíssimo filé de frango e voilá! Eis um criativo jantar!

____

Frango Assado com Salada Mista e Sour CreamAos curiosos de plantão, eis a receita do Sour Cream que fizemos em casa:

*Sour Cream

Misture 1 lata de creme de leite sem soro com 1 copo de iogurte natural, suco de 1 limão e meio e 2 colheres de leite. Depois dissolva meio envelope de gelatina sem sabor em um pouco de água quente e mexa bem até esfriar. Adicione a gelatina ao creme, mexendo bastante e acrescente sal e pimenta do reino à gosto. Deixe na geladeira por, no mínimo, meia hora antes de usar.

Dicas de consumo: além de colocar na tal batata russa, é possível usar o sour cream na salada, no lanche ou em cima de alguma carne.

Na foto acima, temos um crocantíssimo Frango Assado com Salada Mista e Sour Cream.

Simples, mas incrívelmente espetacular!

____

Bom, esta foi a 5ª parte da Sessão Macho & Fogão, estrelada pelo meu ilustre e magnânimo Bom Marido.

Espero que vocês tenham gostado das dicas!

Comentem aí se vocês tiverem dúvidas, elogios, sugestões ou reclamações, rs

Farei de tudo para atender a todos com muito carinho!

E bom apetite!

😉

LII. Na Saúde e na Doença…

“… na saúde e na doença, até que a morte os separe.”

Semana passada, em comemoração ao Dia dos Namorados, eu havia postado a seguinte frase no Twitter:

2010-08-09-fachada_padre_bentoE é verdade. Tanto é que no dia seguinte, 13 de Junho, tive que ir ao hospital tomar uma medicação intravenosa, devido ao fato de eu estar sofrendo de “anemia galopante”, rs!

Brincadeiras à parte, além de esperar um bom século para ser atendida no hospital, ainda tive que ficar mais de uma hora esperando a medicação ser ministrada, gota por gota, em minha veia…

E como eu sou muito sortuda, mimada e privilegiada, estava devidamente acompanhada pelo meu Pai Coruja e meu Bom Marido que, mesmo tendo um turbilhão de coisas para fazer, aguentou firme comigo lá no hospital.

Na semana anterior também tive que tomar esse medicamento, porém foi mais rápido. Não sei porque cargas d’água demorou tanto dessa vez. Eu até tentei acelerar o processo, abrindo mais o dispositivo do medicamento, mas eu sentia uma ardência na veia, então eu voltava o negócinho para a posição anterior…

Sorte que o hospital é pertinho de casa, assim, após essa longa espera, meu Amado aproveitou para jantar a simples e maravilhosamente perfeita comidinha da minha mãe!

Até que ele se deu bem, afinal!

Mas é inegável que a atitude dele de ficar quase 3 horas me esperando é digna de aplausos.

Homens! Aprendam com o Bom Marido!!!

____

HOSPITAL PADRE BENTO - 28-06-1988250ml em 1h15 + 1h de espera para o médico autorizar o procedimento + hospital caindo aos pedaços + atendimento grosseiro e precário…

Com tanto dinheiro sendo investido em uma porcaria de evento futebolístico, acho que nosso ilustre país deveria pensar em investir um pouquinho dessa grana toda em Saúde, não?

Depois a presidANTA faz cara feia ao ser vaiada. Cara feia, pra mim é fome. Falando nisso, seria bom também investir em alimentação, cultura e educação também. Mas fazer o quê? Enquanto isso lá vou eu semana que vem tomar mais uma dose de chá de cadeira no estranho Hospital Padre Bento de Guarulhos

____

E você? Também está sempre ao lado do seu Bom Marido ou da sua Boa Esposa “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença”?

Comente logo abaixo!

😉

LI. Dia dos Namorados, Maridos, Namoridos…

Dia_dos_Namorados_jantar2013 - Cebolas empanadasNem sempre um bom namorado se torna um Bom Marido, mas um Bom Marido certamente já foi um bom namorado. E continua sendo!

Quando eu era criança, lembro que achava estranho meu pai dar flores e cartão para minha mãe no Dia dos Namorados. Eu dizia: “Ué, mas vocês não são namorados, são casados!!!” E eles calmamente me explicavam que, mesmo casados, sempre seriam eternos namorados.

Hoje em dia, namoro e/ou casamento tem se tornado algo tão banal, tão feijão com arroz, tão sem propósito algum…

Tem gente que pensa que estar solteiro é sinônimo de fracasso, como se o grande sucesso da vida fosse ser desejado, disputado e amado por alguém.

A princípio a pessoa deve estar bem Cebolas empanadas - Dia dos Namorados 2013com ela mesma. Deve se amar, se cuidar, se gostar, se aceitar e estar com o coração em paz.

Namorar qualquer tranqueira só para não ficar sozinho e ser tachado de “encalhado” é uma tremenda roubada! No final das contas o namoro sofre desgastes, problemas de afinidades, comodismo, e vira aquela meleca sem sal até nenhum dos dois envolvidos aguentar mais e partir para outro relacionamento igualmente fadado ao fracasso…

O meu Bom Marido, que na verdade é meu Bom Namorado, é um sujeito carinhoso e exemplar. Sabe aquele cara que, quando você acorda, está lá te olhando, te admirando e sorrindo ao te ver? Pois bem, esse é o meu Príncipe Encantado.

Ele é tranquilo, romântico, cuidadoso, preocupado comigo e está sempre disposto a me animar, mesmo após um longo e cansativo dia de trabalho. Extremamente compreensivo, ele não cria caso pelo fato de eu viver viajando por causa da minha vida artística. Ele não implica com minha carreira, nem com minha família e muito menos com meus planos mirabolantes para o futuro.

Mas esse é o jeito dele. Alguns homens não conseguem demonstrar esse tipo de carinho quando estão com suas amadas. Uns são ogros, outros são secos, alguns são italianos (rs), e por aí vai!

O que importa é que cada Boa Esposa entenda e aceite seu Bom Marido do jeito que ele é, porque se o amor é verdadeiro e o relacionamento vale a pena, uma pessoa vai se adequando à outra na medida do possível!

“Amar não é só viver a parte boa do namoro (passeios, sexo e presentes), é também aprender a lidar com problemas (doenças, crises e finanças).”

E.Thrash – 12/06/2013

E tenham todos um Feliz Dia dos Namorados, Maridos, Namoridos e etc!

Um beijo mais do que especial ao meu, é claro, Bom Marido: Thierry Durieux!

Je t’aime beaucoup, Mon Amour!

Dia dos Namorados 2013

____

Ontem, 11 de Junho, resolvemos antecipar a comemoração. Jantamos umas belíssimas Cebolas Empanadas, cuja receita original leva o nome de Cebolas Australianas e são feitas com cebolas gigantescas. Como não encontramos essas cebolas enormes, tipo as do Outback, resolvemos improvisar com cebolas normais mesmo! Até que ficou bom! Fizemos até com cebola roxa para testar!

Vejam a receita:

::: Cebolas Empanadas :::

Cebolas Empanadas e Vinho Santa Helena - MerlotPegue um cebolão, descasque e corte fora a tampa e a raiz. Depois corte a cebola em 18 ou 32 pedaços como se estivesse cortando uma pizza, mas sem chegar até o fim da base da cebola. O ideal é deixar uns 2 centímetros de base. Coloque a cebola na geladeira por cerca de 2 horas, retire e abra-a cuidadosamente para soltar os gomos. Empane a cebola com uma mistura de meio quilo de farinha de rosca, pimentas à gosto, sal e tomilho. Deixe cair bastante farinha entre os gomos da cebola. Retire o excesso e mergulhe a cebola de cabeça para baixo em uma mistura feita com 1 litro de leite e 2 ovos. Polvilhe com o restante da mistura de farinha, tire o excesso e frite o cebolão de cabeça para baixo por 2 minutos em uma panela onde seja possível que o óleo cubra toda a cebola. Com uma espumadeira, gire a cebola e frite-a, agora de cabeça para cima, também por 2 minutos. Frite novamente a cebola de cabeça para baixo por mais 2 minutos e retire da panela, deixando-a escorrer em um prato com papel toalha. Para servir, basta tirar o miolo com uma faca e colocar um potinho com o molho de sua preferência. Pode ser uma mistura de maionese com alho amassado, molho rosé ou qualquer outro que você inventar!

Obviamente não poderia faltar um bom vinho para acompanhar essa suculenta iguaria. Neste caso, recomendamos o vinho Santa Helena Reservado – Merlot 2011.

Hmmm… Só de ver a foto, já dá água na boca!

____

Hoje, 12 de Junho, fizemos o de sempre: tomamos café da manhã na cama! E enquanto eu estou escrevendo aqui, ele está lá no quarto dos fundos, trabalhando sozinho e dedicado na reforma de seu escritório.

12 de Junho de 2013 - Café da Manhã na cama!Muito prendado esse Bom Marido, não acham?

E eu sou extremamente sortuda por namorar alguém assim!

Agora vou parar de fazer muita propaganda, senão vai chover gente querendo o MEU Bom Marido, não é verdade? rs!

😉

____

Dia dos Namorados 2013 - tomando vinho

– Um brinde a todos os casais que se amam de verdade!