** Três Dias **

Panqueca Americana com Maple Syrup

Dentro de 3 dias, uma interessantíssima novidade para quem acompanha esse blog!

Por enquanto, acessem: https://comoserumbommarido.wordpress.com/como-ser-um-bom-marido-o-livro/

E aguardem!

😉

Lucky no balde de Heineken

– Hãn? Quê? Novidade? Onde?

Anúncios

XXVII. Surpreendendo!

Caramba! Hoje já é 20 de Maio… Isso significa que fiquei quase 20 dias sem atualizar aqui… Mas é exatamente sobre essa demora que resolvi escrever.

Bom, como a minha rotina está cada vez mais intensa e eu mal tenho tempo de ficar na casa do meu Príncipe Encantado ( e nem na minha, diga-se de passagem), não tive tempo de postar nada aqui no “Como Ser Um Bom Marido”.

Quem acompanha meu outro blog, o Elaine Oliveirarte, sabe como a minha vida tem sido bem agitada por causa do trabalho. (Graças a Deus!)

____

Mas vamos ao que interessa.

O título de hoje, como podem ter percebido, diz: “Surpreendendo!” E agora vocês me perguntam: Qual é a surpresa?

Bem, todas as vezes em que eu ficava alguns dias na minha casa e depois vinha para a casa do Bom Marido, eu me deparava com uma imensa pilha de louça para lavar, isso sem falar nas roupas sujas espalhadas pelo quarto e dos copos, pratos e tigelas sujas, tanto no quarto onde dormimos, quanto no quarto onde Meu Amado usa como escritório.

Da última vez em que estive aqui na casa dele, eu estava cansada e debilitada demais para mover uma palha no quesito “faxina” (afinal eu estava com um problema de saúde e mesmo assim me dispus a trabalhar durante 10 dias seguidos sem folgar). Pois no 11º dia eu folguei e vim para a casa dele. Claro que ele percebeu que eu estava muito mal até mesmo para lavar uma louça e então ele se virou com a que tinha, vez ou outra lavando um copo ou um prato da enorme pilha que ele mesmo havia feito… Banana Split

Fora isso ele foi todo cuidadoso comigo e até fez um mimo para nós: Banana Split!!! Que capricho!

Após o Sábado de descanso e o Domingo de Dia das Mães, viajei a trabalho durante 5 dias e vim para a casa do Thierry novamente. Para minha surpresa ele tinha lavado quase todas as roupas que estavam espalhadas pelo quarto e pelo banheiro e, ainda por cima, lavou TODA a louça que estava na pia! Um verdadeiro milagre! Eu mal acreditei quando vi a pia limpinha! E tem mais: Ele separou e tirou todo o lixo da casa, sem eu precisar lembrá-lo!!!

Ai que orgulho! Ele sabe o quanto eu sou chata com relação a limpeza e bagunça. Nós até já discutimos por causa disso. (Vocês acham que esse namoro-casório é somente um mar de rosas? Não! De vez em quando surgem alguns espinhos, que a gente trata logo de arrancar!)

E assim, mais uma vez o Bom Marido, com esses simples gestos, consegue me deixar mais e mais apaixonada por ele!

E para encerrar esse post, segue uma foto que ele tirou Domingo passado, no Dia das Mães, afinal, mãe de gato também é mãe! E se não fosse pelo Meu Amado, eu jamais teria realizado o sonho de infância de ser mamãe de um gatinho tão lindo e fofo como o Lucky!

(Dia 02 de Junho faz 1 ano que adotamos esse precioso!)

Dia das Mães - Mãe de Gato também é Mãe!

😉

Espero que tenham curtido!

Desculpem o atraso e até breve!

XXIV. O tal passarinho do realejo…

Há alguns anos eu estava passeando pelo bairro da Liberdade quando avistei um senhor com uma espécie de gaiolinha amarela com um periquito dentro. Conforme o senhor girava a manivela, uma musiquinha intrigante era tocada na tal gaiolinha. Tão intrigante que chegava a hipnotizar.

passarinho realejoSou uma pessoa muito supersticiosa e interessada em assuntos que envolvem “sorte”. E era exatamente isso que o tal passarinho do realejo estava fazendo: escolhendo a sorte para cada pessoa que ali parava. É claro que eu queria ver de perto essa história, afinal era só pagar R$ 1,00!

O senhor, em uma espécie de código, comandou o passarinho e pediu que ele escolhesse um papelzinho para mim. Naquela hora eu li, tentei entender, mas não consegui visualizar o sentido daquelas palavras… Mas mesmo assim resolvi guardar o papelzinho como recordação.

Esses dias, fazendo aquela master faxina em todos os armários e pastas, eis que encontro o tal papelzinho que, se não me engano é de 2006… 2007… Não lembro ao certo!

E hoje, fazendo um giro pelo que aconteceu em minha vida, vejo que aquela sorte ali bicada há tempos pelo periquito, em pleno Domingo ensolarado, na Feirinha da Liberdade, tem lá suas verdades!

Ei-las:

por volta de 2006

Quem me conhece sabe que tudo isso já aconteceu em minha vida, exceto o casório propriamente dito e as tais duas lindas criaturas (se bem que o Lucky é uma linda criatura… Já não conta? hehe)

Só sei que eu acredito bastante nessas coisas. E acredito que no passado o Thierry tenha sofrido muito pela incerteza do meu amor (vamos combinar que eu dei vários motivos também, né? Ai, como eu fui má!). E desde que comecei a namorá-lo pra valer, senti que havia encontrado o Príncipe Encantado perfeito para o tipo de Princesa Pirada que eu sou! Ou seja, o passarinho do realejo estava certo!

Mas o que ainda me preocupa é esse tal lance das “duas lindas criaturas“… Será?

Diz aí, Lucky, será que a mamãe vai adotar mais um filhote felino ou vai aumentar ainda mais a família dos Oliveiras???

Lucky no balde de Heineken

- "Sei lá, mãe! Só sei que eu cansei de ser GATO. Agora sou uma HEINEKEN!" 😉

E você? O que acha? 😉

____

Para entender o que aconteceu no passado, visite os posts da sessão:

Tudo tem sua hora (Parte 1) (Parte 2) e (Parte 3)

____

Será que a sorte virá num realejo?
Trazendo o pão da manhã
A faca e o queijo
Ou talvez… um beijo teu… (Realejo – O Teatro Mágico)