XXVI. Cama, Mesa & Banho

Ah, esse tempinho frio e chuvoso… Nada melhor do que ficar embaixo das cobertas ao lado de quem a gente ama, não é verdade?

O Bom Marido é assim, um ótimo companheiro na Cama (em todos os sentidos).

Serve para tudo: travesseiro, cobertor de orelhas, apoio para a gente não cair da cama e ainda se preocupa em cobrir a dama quando percebe que o cobertor caiu no chão!

O Bom Marido é ótimo na cozinha também. Ainda que sua especialidade seja ignorar a Mesa e levar o jantar em uma bandeja para a gente degustar na cama, é inegável sua habilidade culinária, bem como seu capricho no preparo das iguarias. (Vide fotos nos posts: XIX. Pra que jantar fora? e Sessão: Macho & Fogão)

E no quesito Banho, nada como dormir abraçadinha com alguém bem limpinho e cheirosinho, não? Tomar banho juntos, então! (Falando nisso precisamos de um chuveiro duplo aqui!)

É muito bom poder apreciar as coisas simples da vida e, acima de tudo, dar valor a elas.

É isso que faz toda a diferença no cotidiano de um casal, ou seja: Será que a gente realmente precisa jantar fora toda semana? Será que a gente tem que gastar horrores com baladas só para agradar os amigos? Será que a gente deve fazer tudo o que os outros fazem, só porque a sociedade e a mídia assim nos impoem?

Para o Bom Marido e eu, não. Mas e com relação a vocês?Rindo de que?

____

Obs.: Enquanto eu estava aqui terminando esse texto, o Bom Marido, todo cuidadoso por eu estar gripada, foi até a cozinha preparar um delicioso chocolate quente para nós. E com biscoitos!

É esse tipo de mimo que a gente precisa fazer de vez em quando para demonstrar o quanto a gente se preocupa com a pessoa amada!

____

“E mais uma vez, viva a Simplicidade!”

XI. Simplicidade

Enquanto a grande maioria das pessoas vive alucinadamente em busca de TUDO, cá estamos nós não querendo nada além do necessário para nossa felicidade.

Estou falando de simplicidade.

Em um relacionamento isso é fundamental. Muitos casais se enchem de obrigações e vivem se comparando aos demais em uma espécie de competição que mostra quem consegue ser menos infeliz nos dias de hoje. Inventam viagens caras, jantares caros, baladas da moda, presentes caros, futilidades mil, e se sentem tremendamente frustrados quando não conseguem realizar tudo isso ou quando perderm o controle dos gastos e acabam sem dinheiro até mesmo para as comprinhas básicas do mês.

Simplicidade é o avesso da futilidade; É o caminho da verdade que leva à felicidade. – E.Thrash 2012

Batatas_assadasMeu Príncipe Encantado, um cara muito inteligente por sinal, sabe exatamente valorizar cada detalhe, cada momento, cada gesto simples, porém verdadeiro. Ele não fica se matando de fazer coisas extravagantes só para me agradar ou só para se aparecer para os outros. Ele sabe que nada disso é necessário e a famosa regra do “menos é mais” cabe perfeitamente em nosso relacionamento.

O que me levou a escrever sobre esse assunto foram as batatas. Sim. Simples batatas!

O meu amado estava um pouco sem idéias para o jantar, então resolveu apostar no mais simples possível: batatas. E deu super certo, afinal isso lhe rendeu elogios a noite inteira.

Tudo muito simples, muito prático, mas incrivelmente delicioso e encantador. Exatamente assim que a vida deve ser.

Vejam com seus próprios olhos:

Batatas Assadas

::: Batatas à Thierry :::

margarinaQue simplicidade! Thierry unta uma forma com a velha e querida Doriana nossa de cada dia, colrequeijãooca umas 4 ou 6 batatas lavadinhas e com casca, e leva ao forno para assar.

E para o delicioso molho ele coloca meio copo de requeijão Danubio em uma tigela e acrescenta cebolinha picada e pimenta calabresa. Deixa em banho-maria até ficar bem quentinho.

Na hora de comer, basta cortar a batata ao meio, colocar uma generosa colher do molho e finalizar com Batata Palha Yoki Temperada.

Simples, não? E tremendamente delicioso!

Experimentem!!!

* Ah! Detalhe da bandeja na cama! *