Sessão: Macho & Fogão (pte. 12)

Vamos a mais uma postagem de lamber os beiços: Sessão Macho & Fogão (pte. 12)

Mas antes, quem quiser relembrar mais postagens assim, só clicar AQUI!

____

Torta de Banana especialTorta de Banana Especial

Vamos começar com alguns experimentos MEUS (milagre!) na cozinha.

Uma receita fácil de fazer, deliciosa e que permite um toque de criatividade para acrescentar alguns ingredientes também.

É a famosa Torta de Banana que minha mãe sempre fez desde que eu me entendo por gente!

Super simples:

::: Como eu fiz:

Em uma tigela coloquei 3 xícaras (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de açúcar + 1 xícara (chá) de açúcar mascavo (para dar uma corzinha e um sabor especial). Acrescentei 1 colher (sopa) de fermento, 2 xícaras (chá) de leite, 2 colheres (sopa) de margarina. Mexi tudo muito bem com uma colher de pau e tive a ideia de acrescentar mais 2 ingredientes para incrementar a receita: 1/2 xícara (chá) de amaranto em flocos e 1/2 xícara (chá) de aveia em flocos (opcional).

Depois foi só untar a forma, colocar toda a massa, distribuir 6 bananas cortadas na transversal, polvilhar com açúcar e canela e colocar para assar em forno preaquecido (180º) por uns 40 minutos. Dá para servir ainda quentinha!

O Bom Marido aprovou!!!

😉
____
Franguinho desfiado com Purê de batata doce Peito de Frango Desfiado com Purê de Batata-Doce

Mais um atrevimento meu na cozinha! Uhuuu!!!

Certo dia, o Bom Marido estava todo atarefado com os trabalhinhos dele e certamente não teria tempo e pique de fazer o almoço. Adiantei meu serviço na casa (vulgo faxina), encontrei os ingredientes que eu queria e resolvi aliviar o lado do Meu Amado e encarei o fogão.

Momento tenso. Eu + fogão = tragédia!

Mas como eu estava inspirada nesse dia, a gororoba até que saiu boa.

Vamos à receita?

::: Como eu fiz:

Peguei 2 batatas-doces médias, lavei, descasquei e coloquei para cozinhar na panela de pressão com água suficiente para cobrir as batatas. Enquanto isso preparei o frango do mesmo modo que mamãe me ensinou para fazer a torta de frango: clique AQUI e veja a receita completa!

Amassei as batatas, temperei com um pouco de sal, pimenta do reino e acrescentei meio copo de Requeijão Cremoso Danubio – Light.

(Gente! Não tem comparação. Requeijão bom mesmo, só o Danubio… Seja o tradicional, o light, o zero… Isso sim é requeijão de verdade! Pronto, opinei!)

Depois foi só colocar no prato, polvilhar um temperinho e servir para o Meu Amado, de surpresa! Hehehe!

Que bom que ele gostou. Mas eu gostaria mesmo era de ter mais coragem de encarar o fogão e poder cozinhar mais vezes para o Meu Príncipe Encantado! ^^

____

Macarrão Dona Benta com molho de tomate, presunto e queijoMacarrão Tortelini Tricolor Dona Benta ao Molho Vermelho com Presunto e Queijo

Em se tratando de gororobas especiais, o Bom Marido é craque! Ele transforma um simples macarrão em uma verdadeira obra de arte!

Desta vez ele utilizou nosso predileto, o Tortelini Tricolor da Dona Benta e, ao invés de fazer o molho branco que ele está acostumado, ele resolveu fazer um vermelhinho especial.

Na cabeça dele, macarrão com molho vermelho só ficava bom se fosse à bolonhesa. Mas eu sempre disse a ele que, desde pequena estou acostumada a comer macarrão ao sugo e sempre gostei.

Mas eis que ele resolveu abrir espaço em seu coração para o molho vermelho. Mas ainda assim não foi só o molho: ele teve que dar um toque especial ao Salsaretti. Ele acrescentou fatias de presunto e queijo picados, temperos e voilá, ficou espetacularmente delicioso!
____
Strogonoff de FrangoStrogonoff de Frango com Arroz Integral

Olha ele aí outra vez!

Desta vez só postei a foto para mostrar o capricho, o carinho e, é claro, o vinho!

Ah, mas desta vez o Strogonoff ficou um pouquinho diferente, pois o Bom Marido estava sem seu ingrediente especial e secreto…

(Ah, secreto coisa nenhuma, vou contar: ele gosta de acrescentar ao molho aquela sopinha em pó da Vono, sabor champignon! Se não me engano ele coloca uns dois pacotinhos e fica muito bom!)

Só mesmo o Bom Marido para fazer Strogonoff para sua Boa Esposa em plena quinta-feira e com direito a uma boa taça de vinho tinto!

::: Dica: Vinho Gato Negro – Carmenere. Um vinho leve, frutado, de fácil degustação e que acompanha muito bem qualquer momento. E nós adoramos!

____
Bolo de Banana

Bolo de Banana com Aveia

Ai, gente! Que fofo! O Bom Marido quis retribuir as vezes em que fiz Torta de Banana (receita da Mamãe) para ele, então ele fez Bolo de Banana (receita da Sogrinha) para mim!

Que mimo!

Eis a receita da Sogrinha e com as bananas que nasceram no quintal da casa dela:

::: Como ele fez:

Ele bateu 1/2 xícara (chá) de margarina com 2/3 xícara (chá) de açúcar mascavo. Acrescentou 2 ovos, 1 xícara (chá) de banana amassada e bateu mais um pouco. Em seguida ele colocou 3/4 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 1/3 xícara (chá) de aveia, 1 pitada de sal, 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio e bateu tudo até ficar homogêneo.

Ele colocou a massa em uma forma untada e enfarinhada e fez uma espécie de farofa para a cobertura, usando 3/4 xícara (chá) de aveia, 1/3 xícara (chá) de açúcar mascavo e 2 colheres (sopa) de margarina. Foi só misturar tudo e polvilhar sobre a massa e levá-la para assar em forno preaquecido (170º) por cerca de 35 ou 40 minutos.

Assim que esfriou, nós devoramos!

Nham!
Torta de Banana com Aveia

____
Peixinho na conchinhaPeixe na Conchinha

Gente! Que receita incrível!

Mais uma obra de arte culinária que Meu Príncipe Encantado aprendeu a fazer com minha Sogrinha: É o Peixe na Conchinha!

Eu já havia provado essa iguaria quando a própria Sogrinha fez. Achei maravilhoso! E desta vez também estava uma delícia, afinal o Bom Marido aprendeu a fazer direitinho.

Vamos ao basicão da receita:

::: Como ele fez:

Ele grelhou e desfiou filézinhos de peixe (já temperados) e os colocou em um molho branco caseiro que ele fez. Depois ele espremeu um limão, misturou tudo, colocou na conchinha, polvilhou com farinha de rosca de levou para assar.

Só sei que foi assim!

Foi minha própria Sogrinha que deu essas conchinhas de presente para seu filhote. São tipo aquelas de plástico, usadas para as famosas Casquinhas de Siri. Sem dúvida, ficam um charme na hora de servir esse peixinho como entrada!

E para beber, olha o Gato Negro ali outra vez!

____

É sempre muito bom celebrar a vida, celebrar os momentos, celebrar o amor…

Independente de data ou ocasião especial, a comida sempre une as pessoas e marca épocas importantes em nossos corações.

O carinho de preparar algo especial para alguém ou até mesmo receber esse tipo de mimo reforça ainda mais os laços de amor, respeito, cuidado e união.

Vamos praticar?

😉
____

Anúncios

Sessão: Macho & Fogão (pte. 3)

Torradas com Patés SeaChange Savouries Canada

Chegou o momento que todos esperavam!

Decidi reunir mais umas imagens das maravilhas gastronômicas que o Bom Marido (e eu) aprontamos ultimamente!

Deliciem-se!

Para começar, vamos falar do Arroz Sete Grãos Ráris.

Certa vez, o Bom Marido e eu fomos às compras e ficamos decepcionados por não termos encontrado o nosso querido, amado e já muito falado aqui Arroz Preto Ruzene. Resolvemos então experimentar o Arroz Sete Grãos da marca Ráris, afinal nos pareceu muito interessante uma embalagem conter Arroz Integral, Arroz Selvagem, Aveia Integral, Trigo Integral, Centeio, Cevada e, ufa, Triticale.

Eu adoro esse tipo de alimento repleto de fibras, que acaba sendo mais saudável e nutritivo. E, na minha opinião, é muito mais saboroso também.

Então, nos pratos a seguir, tanto o arroz preto quanto o arroz sete grãos aparecem bastante (percebam pelas imagens), assim como a indiscutível e sempre presente Batata Palha Temperada Yoki!

E falando nisso, olha ela aí nesse belíssimo prato que o Meu Amado preparou após eu ter voltado de uma longa turnê de apresentações teatrais. Ele fez um estupendo:

Strogonoff de Frango com Arroz Sete Grãoe e Batata PalhaStrogonoff de Frango com Arroz Sete Grãos e Batata Palha!

O Bom Marido é um verdadeiro especialista em Strogonoff de Frango. Ele usa bastante pimenta, bastante cebola e não abre mão de uma boa porção de champignons também!

O arroz ele faz do modo tradicional. Ele ferve a água com um tabletinho de caldo Knorr e prepara o arroz, acrescentando cebola e outros temperos.

E a batata palha sempre dá aquele charme ao Strogonoff, não é verdade? Ainda mais sendo temperada! (este é um dos itens que não podem faltar na dispensa!)

____

Frango na Cerveja com Batata e Arroz Preto

Deu para perceber que o Meu Mestre Cuca virou um tremendo craque em frango por minha causa, certo?

Às vezes eu falo para ele: “Faça carne vermelha para você que eu como só o arroz preto! Não tem problema! Não precisa se preocupar somente comigo”. Diz ele que, quando não estou presente, ele come outras coisas que eu não gosto, afinal ele adora carne vermelha e eu não. Então tá!

Frango com Batata ao Molho de Cerveja e Arroz PretoMas enfim, certo dia ele inventou de fazer um tal frango na cerveja. E não é que o diacho ficou bom?

Provavelmente ele deve ter feito o frango cozido normalmente e ter acrescentado batatas, cerveja e alguma outra coisa que não sei bem dizer o que é.

(Me aguardem… Thierry prometeu que um dia irá me explicar o passo a passo de cada gororoba que ele faz, assim eu posso postar as fotos dos pratos com a receita certinha!) 😉

Bom, o frango “bêbado” ele serviu com o incrível e inigualável Arroz Preto Ruzene que ele prepara com margarina e curry. Perfeito.

E como de vez em quando a gente gosta de apreciar um vinhozinho, resolvemos degustar este Jacob’s Creek que eu comprei no Duty Free do Aeroporto Internacional de Guarulhos.  Promoção: Leve 4, pague 3!

Até que é bom esse vinho australiano. Na ocasião, provamos um Shiraz Cabernet. E até combinou com o nosso grude!

____

O Quase Trágico Dia das Panquecas!

Não é segredo para ninguém que eu sou uma perfeita negação na cozinha, certo?

Um dia inventei de fazer panquecas americanas (iguais às que eu tinha comido quando estive em Vancouver) e fui em busca de uma receita na internet.

Panqueca Americana com Maple SyrupA idéia era impressionar o Bom Marido com uma iguaria simples, doce e deliciosa. Ele nunca tinha comido panquecas assim e pensei que ele adoraria experimentar.

Lá estava eu com o notebook na cozinha, tentando seguir uma receita simples e fácil de fazer. Vi uma bem interessante lá no site do Hoje em Dia, receitinha do famoso Edu Guedes. Peguei os ingredientes, segui o modo de preparo e… me embananei com o leite e acabei deixando-o passar de “morno”, que seria o ideal, para “fervendo”, que fez com que a massa da minha panqueca virasse uma bolota intragável…

Depois eu me dei conta de que seria mais fácil ter assistido ao videzinho da receita que constava ali no site, ao invés de apenas tentar seguir o que estava escrito… Ai, que burra!

Na verdade eu estava tão ansiosa em fazer as panquecas para o Meu Príncipe que eu nem quis perder tempo assistindo ao vídeo.

A essa altura o Meu Amado já tinha percebido que aquilo ali não daria certo e então resolvemos fazer as panquecas juntos. Assistimos ao tal vídeo da receita e colocamos a mão na massa! Eu auxiliando e ele preparando.

Panqueca Americana com Maple Syrup (2)Foi divertido! As panquecas ficaram perfeitas!

E para acompanhar, eu havia trazido um lindo vidro de maple syrup (xarope de bordo) do Canadá e estava aguardando uma oportunidade para o Meu Amado degustá-lo.

Para quem não conhece, o maple syrup é um xarope proveniente da seiva da planta maple (que no Brasil se chama bordo). É como se fosse um melado, mas muito mais suave e saboroso.

Mas quem não tem o maple syrup, pode incrementar as panquecas com mel, xarope de glicose, frutas picadas, creme de leite, chocolate derretido e o que mais a imaginação quiser!

O Bom Marido curtiu a idéia e tomara que, da próxima vez eu consiga fazer sozinha e surpreendê-lo de verdade!

____

“Salpicão” de Frango com Arroz Sete Grãos e Batata Palha

"Salpicão" de Frango com Arroz Sete Grãos e Batata PalhaPodem reparar que a palavra salpicão está entre aspas, afinal não se trata exatamente de um salpicão, mas sim de uma gororoba bem parecida.

Frango desfiado + maionese + alguns temperos + outros ingredientes que eu nem me recordo mais = experiências culinárias bem sucedidas!

Geralmente vai maçã, milho, azeitona e outras coisas no salpicão tradicional. Nesse aí não. Obra do nosso Mestre Cuca!

Ah, o arroz sete grãos ele fez um pouquinho diferente desta vez. Ele colocou curry, que combina perfeitamente. Fora a corzinha que dá ao arroz, não é? Adoro curry!

E, claro, batata palha para finalizar! Voilá!

____

Thierry preparando o jantar para minha irmã e eu!O Dia Em Que Minha Irmã Foi Jantar Conosco!

Cansada de ver tantas fotos de pratos deliciosos que eu posto no Facebook e aqui no blog, minha irmã, já com as lombrigas dando saltos mortais em sua barriga, fez questão de ir pessoalmente até à casa do Meu Amado para experimentar uma das maravilhosas receitas dele:

Batatão Recheado com Frango, Arroz Preto e Batata Palha

Finalmente minha irmã conseguiu um final de semana livre para nos visitar e matar a vontade de comer a comidinha deliciosa do Thierry.

Batatão recheado com Frango e acompanhado de Arroz Preto e Batata PalhaEle decidiu fazer para ela o suculento batatão recheado, que é tipo um purê de batata recheado com uma mistura de frango desfiado com creme de leite, queijo, cebola, temperos especiais e etc. Depois de montar o batatão, meu Mestre Cuca polvilha farinha de rosca e leva ao forno, até dourar.

Para acompanhar , o incrível e maravilhoso arroz preto que o Thierry faz com manteiga e curry. O sabor é indescritível!

E dá-lhe batata palha no batatão também!

Nem preciso dizer que minha irmã lambeu os beiços após provar essa receita, não é?

Só sei que nos empanturramos no jantar e ainda assim sobrou batatão para o almoço do dia seguinte!

Elaine, Eliane e Thierry jantando.

____

Batata Assada, Molho de Requeijão e Batata Palha.

Nem sempre o Bom Marido está com pique de encarar o fogão, principalmente após ter ficado o dia inteiro trabalhando em frente ao computador e resolvendo outras coisas. Eu até entendo. Dá um desânimo ficar muitas horas trabalhando, sentir fome e ainda ter que preparar algo para comer.

Batata Assada com Requeijão e Batata PalhaPor isso, a sugestão para esses momentos que exigem algo fácil de preparar é a batata assada com molho de requeijão, que eu adoro!

Simples! Basta lavar algumas batatas, colocar em uma assadeira e levar para assar por uns 30 minutos. Enquanto isso, vamos ao molho: colocar meio copo de requeijão em uma tigela em banho-maria, acrescentar pimenta calabresa, alguns outros temperos a gosto (se tiver cebolinha fica melhor ainda) e pronto.

Agora é só cortar as batatas ao meio, colocar o molho e polvilhar com batata palha. É uma receita simples de fazer, porém incrívelmente deliciosa. Eu como a batata com casca e tudo, mas há quem coma só a parte de dentro, deixando a casquinha de lado!

Esta será a próxima delícia que Meu Amado fará quando minha irmã for jantar conosco novamente, afinal a gente sabe que ela está babando de vontade de experimentar!

____

Pausa nas receitas para uma deliciosa dica de presente para quem é apaixonado por chocolate: os belíssimos Chocolates Marghi, feitos com a mais refinada técnica da culinária européia!

Chocolates MarghiQuando o Bom Marido gosta de alguma marca e/ou produto, ele gosta pra valer!

Um belo dia, Thierry e eu estávamos indo para a casa dos pais dele e, no caminho, ele fez questão de me levar à fábrica de Chocolates Marghi, cujos bombons ele já havia me dado uma vez, no início do nosso namoro.

Passamos por lá tanto para eu conhecer quanto para ele comprar uns bombons de presente para seus pais, uns amigos e, claro, para nós!

Chocolates MarghiA variedade de sabores é incrível. Isso sem falar na higiene e no ótimo atendimento.

Dá vontade de comprar a loja inteira, tanto para degustar, quanto para presentar quem a gente gosta. Eu adorei o bombom de Champagne Noir e o de Cointreau!

Tudo bem que eu trouxe magníficos chocolates para meu amado quando viajei para o Canadá, mas esses da Chocolates Marghi também não ficam atrás.

Espero que meu amado me leve para mais um passeio chocólatra desses, pois valeu muito a pena, sem falar que foi muito carinhoso da parte dele me presentar com algo tão delicado e refinado assim!

Adorei!

____

Chocolates MarghiA Chocolates Marghi fica na:

Rua Nossa Senhora do Outeiro, nº 537

Interlagos – São Paulo – SP – Brasil

Cep: 04807-010

Fone:  (11) 5666-0877

Fone/Fax:  (11) 5666-1120

E-mail: atendimento@chocolatesmarghi.com.br

____

Voltando às gororobas do Bom Marido, eis uma que ele nunca tinha feito e que eu achei extremamente deliciosa:

Macarrão Farfalle Colorido Gratinado

Macarrão Colorido Farfalle GratinadoNão faço idéia de como se prepara isso, mas eu acredito que o Meu Amado fez o macarrão normalmente, com molho branco, presunto e queijo, colocou em uma travessa, provavelmente cobriu com molho e queijo ralado e levou para gratinar no forno.

Achei uma delícia! Primeiro porque eu adoro o macarrão que Meu Príncipe Encantado faz e depois porque realmente ficou genial essa idéia de gratinar o macarrão gravatinha colorido!

Criativo e saboroso!

____

A útima gororoba do dia foi uma verdadeira gororoba meeeeesmo!

Senhoras e senhores, eu lhes apresento o:

Frango ao Molho de Creme de Leite com Arroz Sete Grãos e Lentilha Que Restou do Reveillon!!!

Frango com Creme de Leite, Arroz Sete Grãos e LentilhaBom, eu havia insistido para mamãe fazer lentilha na casa do Thierry para comermos na noite do Reveillon e ela fez. Fez um baita panelão que, graças Deus, sobrou bastante para comermos nos dias seguintes.

Aproveitando a lentilha que já estava pronta, Thierry só fez o arroz sete grãos, o frango e o molho.

Para o frango ele derreteu na frigideira um tablete de caldo Knorr com manteiga e um pouco de água. Ele grelhou o frango nesse caldo, separou o frango e, no caldo que ficou na frigideira, ele colocou creme de leite e misturou até ficar bonito!

Depois foi só esquentar a lentilha, colocar tudo no prato e degustar essa mistureba interessante!

E viva a criatividade do Meu Mestre Cuca!

____

Café da manhã na cama, afinal o Bom Marido merece!E para encerrar esse post suculento, vai uma dica para quem, assim como eu, é uma negação no preparo de alimentos.

Já que o Bom Marido sempre prepara comidinhas especiais para mim, e ainda faz questão de levar em uma bandeja para degustarmos na cama, eis que, de vez em quando, eu gosto de levar o café da manhã na cama para ele também.

É muito bom ver o sorriso dele logo cedo, todo agradecido pelo mimo recebido!

E é um mimo muito bom ganhar café da manhã na cama, não é?

Praticamente todo dia ele faz isso por mim, então, para quebrar a rotina, eu faço isso por ele também!

O bom é que eu o habituei a comer cereal de manhã (peguei esse costume enquanto estive no Canadá…), assim ele não fica só no café puro com biscoitos.

Eu procuro colocar várias coisas na bandeja para ver se Meu Amado come um pouco melhor. Queijo, pão, bolo, requeijão, fruta, ovo, cereal, leite, café, chocotone… O que tiver de gostoso na cozinha eu coloco, mas geralmente só tem café, leite, cereal e queijo. Mas está ótimo!

O importante é vê-lo tomando café da manhã direitinho, ainda que seja lá pelo meio-dia…

____

E assim termina a Parte 3 da Sessão: Macho & Fogão!Fondue de queijo na cama. E com vinho!

Espero que tenham gostado!

E quem não leu as outras partes, eis os links:

Sessão: Macho & Fogão

Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

Divirtam-se e deliciem-se!

😉

____