CIV. Dor de cabeça? Vai um suco aí?

frutas1

É só a gente falar que está tomando suco para vir uma penca de gente dizendo que suco não alimenta, dieta líquida faz mal, bater ou processar alimentos acaba com as vitaminas dos mesmos, e por aí vai…

Primeiro que o Bom Marido e eu não partimos para uma dieta líquida coisa nenhuma! (Ele nem poderia, pois já é beeeem magro). E segundo, não existe nada mais prático e gostoso que ingerir uma boa quantidade de legumes, verduras e frutas sem precisar passar horas e horas mastigando. A combinação é perfeita e a nutrição é garantida.

Ou seja, nossa meta era incluir alimentos ditos mais saudáveis em nossa rotina.

Conforme eu mencionei na postagem sobre o filme Fat, Sick and Nearly Dead (Gordo, Doente e Quase Morto), o Bom Marido e eu fomos ao Hortifrúti Vila das Frutas (pois o Sacolão mais próximo não tinha vaga no estacionamento) e compramos vários ingredientes para os nossos sucos, e logo no primeiro dia, testamos um bem bacana que vimos no site do Joe Cross:

::: Um Suco que Alivia a Dor de Cabeça :::

IMG_8968Ingredientes:

  • ¼ abacaxi
  • 2 folhas de acelga (folhas e talos)
  • 1 punhado de espinafre
  • 2 talos de salsão
    1 pepino
  • 1 limão
  • 1 pedaço de cerca de 2.5cm de gengibre fresco

Instruções:

  • Lave bem os ingredientes
  • Descasque o limão
  • Passe todos os ingredientes pela centrífuga e sirva o suco.

Substituições:

Abacaxi – Maçã, pera
Acelga – couve, espinafre, alface, agrião, rúcula
Espinafre – couve, acelga, alface, agrião, rúcula
Salsão – aipo-rábano, pepino
Pepino – salsão, aipo, abobrinha
Limão – toranja, lima
Gengibre – açafrão, hortelã

Rendimento: 1 porção

Nossas impressões:

  1. Substituímos o pepino por mais uma porção de salsão, pois o Thierry ficou com medo de não gostar, afinal ele não teve boas experiências com o sabor do pepino ao longo da vida. (Detalhe: ele associou ao picles, que a gente detesta mortalmente)
  2. Como não tínhamos centrífuga, fizemos tudo no liquidificador, ou seja, demoramos um tempão para conseguir bater tooooodos os ingredientes e ainda por cima tivemos de ir acrescentando água aos poucos, para ajudar no procedimento.
  3. O sabor ficou incrível. Nesses sucos não precisa e nem pode colocar açúcar.
  4. Deveríamos ter colocado umas pedrinhas de gelo na hora de servir. Lembrete para os próximos!
  5. Apesar da receita ser para 1 porção, o Bom Marido e eu resolvemos dividir, pois não estamos usando o suco para substituir uma refeição e sim para experimentar uma opção refrescante e nutritiva de lanche da tarde.
  6. Queremos testar mais sucos!

Veja a receita em Inglês no link: A Juice That Helps A Headache

____

Gostaram da dica?

Fiquem à vontade para sugerir alguma alteração, tirar dúvidas e comentar!

Abraços e até à próxima!

😉

Anúncios

LI. Dia dos Namorados, Maridos, Namoridos…

Dia_dos_Namorados_jantar2013 - Cebolas empanadasNem sempre um bom namorado se torna um Bom Marido, mas um Bom Marido certamente já foi um bom namorado. E continua sendo!

Quando eu era criança, lembro que achava estranho meu pai dar flores e cartão para minha mãe no Dia dos Namorados. Eu dizia: “Ué, mas vocês não são namorados, são casados!!!” E eles calmamente me explicavam que, mesmo casados, sempre seriam eternos namorados.

Hoje em dia, namoro e/ou casamento tem se tornado algo tão banal, tão feijão com arroz, tão sem propósito algum…

Tem gente que pensa que estar solteiro é sinônimo de fracasso, como se o grande sucesso da vida fosse ser desejado, disputado e amado por alguém.

A princípio a pessoa deve estar bem Cebolas empanadas - Dia dos Namorados 2013com ela mesma. Deve se amar, se cuidar, se gostar, se aceitar e estar com o coração em paz.

Namorar qualquer tranqueira só para não ficar sozinho e ser tachado de “encalhado” é uma tremenda roubada! No final das contas o namoro sofre desgastes, problemas de afinidades, comodismo, e vira aquela meleca sem sal até nenhum dos dois envolvidos aguentar mais e partir para outro relacionamento igualmente fadado ao fracasso…

O meu Bom Marido, que na verdade é meu Bom Namorado, é um sujeito carinhoso e exemplar. Sabe aquele cara que, quando você acorda, está lá te olhando, te admirando e sorrindo ao te ver? Pois bem, esse é o meu Príncipe Encantado.

Ele é tranquilo, romântico, cuidadoso, preocupado comigo e está sempre disposto a me animar, mesmo após um longo e cansativo dia de trabalho. Extremamente compreensivo, ele não cria caso pelo fato de eu viver viajando por causa da minha vida artística. Ele não implica com minha carreira, nem com minha família e muito menos com meus planos mirabolantes para o futuro.

Mas esse é o jeito dele. Alguns homens não conseguem demonstrar esse tipo de carinho quando estão com suas amadas. Uns são ogros, outros são secos, alguns são italianos (rs), e por aí vai!

O que importa é que cada Boa Esposa entenda e aceite seu Bom Marido do jeito que ele é, porque se o amor é verdadeiro e o relacionamento vale a pena, uma pessoa vai se adequando à outra na medida do possível!

“Amar não é só viver a parte boa do namoro (passeios, sexo e presentes), é também aprender a lidar com problemas (doenças, crises e finanças).”

E.Thrash – 12/06/2013

E tenham todos um Feliz Dia dos Namorados, Maridos, Namoridos e etc!

Um beijo mais do que especial ao meu, é claro, Bom Marido: Thierry Durieux!

Je t’aime beaucoup, Mon Amour!

Dia dos Namorados 2013

____

Ontem, 11 de Junho, resolvemos antecipar a comemoração. Jantamos umas belíssimas Cebolas Empanadas, cuja receita original leva o nome de Cebolas Australianas e são feitas com cebolas gigantescas. Como não encontramos essas cebolas enormes, tipo as do Outback, resolvemos improvisar com cebolas normais mesmo! Até que ficou bom! Fizemos até com cebola roxa para testar!

Vejam a receita:

::: Cebolas Empanadas :::

Cebolas Empanadas e Vinho Santa Helena - MerlotPegue um cebolão, descasque e corte fora a tampa e a raiz. Depois corte a cebola em 18 ou 32 pedaços como se estivesse cortando uma pizza, mas sem chegar até o fim da base da cebola. O ideal é deixar uns 2 centímetros de base. Coloque a cebola na geladeira por cerca de 2 horas, retire e abra-a cuidadosamente para soltar os gomos. Empane a cebola com uma mistura de meio quilo de farinha de rosca, pimentas à gosto, sal e tomilho. Deixe cair bastante farinha entre os gomos da cebola. Retire o excesso e mergulhe a cebola de cabeça para baixo em uma mistura feita com 1 litro de leite e 2 ovos. Polvilhe com o restante da mistura de farinha, tire o excesso e frite o cebolão de cabeça para baixo por 2 minutos em uma panela onde seja possível que o óleo cubra toda a cebola. Com uma espumadeira, gire a cebola e frite-a, agora de cabeça para cima, também por 2 minutos. Frite novamente a cebola de cabeça para baixo por mais 2 minutos e retire da panela, deixando-a escorrer em um prato com papel toalha. Para servir, basta tirar o miolo com uma faca e colocar um potinho com o molho de sua preferência. Pode ser uma mistura de maionese com alho amassado, molho rosé ou qualquer outro que você inventar!

Obviamente não poderia faltar um bom vinho para acompanhar essa suculenta iguaria. Neste caso, recomendamos o vinho Santa Helena Reservado – Merlot 2011.

Hmmm… Só de ver a foto, já dá água na boca!

____

Hoje, 12 de Junho, fizemos o de sempre: tomamos café da manhã na cama! E enquanto eu estou escrevendo aqui, ele está lá no quarto dos fundos, trabalhando sozinho e dedicado na reforma de seu escritório.

12 de Junho de 2013 - Café da Manhã na cama!Muito prendado esse Bom Marido, não acham?

E eu sou extremamente sortuda por namorar alguém assim!

Agora vou parar de fazer muita propaganda, senão vai chover gente querendo o MEU Bom Marido, não é verdade? rs!

😉

____

Dia dos Namorados 2013 - tomando vinho

– Um brinde a todos os casais que se amam de verdade!

XLIX. “Tá nervoso? Vai pescar!”

Pescaria em alto mar (Bertioga)

O Bom Marido pode e deve fazer aquilo que gosta. E uma das coisas que ele gosta bastante de fazer é: pescar!

Ele já havia pescado em diversos lugares, mas nunca em alto mar, que era um dos seus sonhos.

Foram dias e dias de ansiedade, noites sem dormir e várias idas à loja de pesca em busca das tralhas perfeitas.

Combinou com dois amigos e mais um cara muito especial, o pai da Boa Esposa (sim, esta que vos escreve), de alugarem um barco e passarem um dia inteiro pescando.

Pescador Luiz - o sogro do Bom Marido Pescador Giulianno - amigo do Bom Marido Pescador Edson - amigo do Bom MaridoPescador Thierry - O Bom Marido

O Bom Marido sabia dos perigos e da possibilidade de passar mal no barco, mas não desistiu.

Luiz, o pescador!Fora o barqueiro, o único ali com mais experiência de pesca em alto mar era o Sogrão do Bom Marido que, além de ter pescado bastante, ainda cuidou para que ele não desanimasse na primeira vomitada…

Graças a Deus foi um dia bacana, tranquilo e proveitoso. Os pescadores voltaram com a caixa de isopor repleta de peixes e com uma vontade imensa de repetir a dose!

Resultado da pescaria!É uma felicidade que, só quem gosta de pescar entende, afinal, quando a gente faz aquilo que ama, tudo fica melhor em nossa vida, não é verdade?

O pescador e seu troféu!O Bom Marido, por exemplo, voltou da pescaria completamente renovado! Agora só lhe resta aprender receitinhas novas para fazer com o tanto de peixe que ele colocou lá no congelador!

Falando nisso, segue uma bem bacana, gentilmente cedida por outra pessoa incrível e maravilhosa na vida do Bom Marido: a Sogrinha linda dele! hehe

*** Delicioso Peixe Ensopado da Mamãe ***

Primeiro passo: Limpe os peixes por dentro, retirando toda aquela parte sangrenta. É bacana também dar uma boa raspada por fora e depois cortar os peixes em postas.

Delicioso Peixe Ensopado da Mamãe (Dourado)Em uma bacia grande, coloque (a gosto) alho amassado, pimenta do reino, orégano, sal, um (ou meio, vai da preferência!) limão espremido e misture bem. Em seguida, mergulhe as postas de peixe nessa mistura e deixe marinando por algumas horas.

Agora é só preparar o refogado (para aproximadamente 1 quilo e meio de peixe):

Em uma panela grande, frite 3 pedaços médios de bacon em um pouco de óleo. Acrescente uma cebola picada em pedaços não muito pequenos e deixe fritando. Enquanto isso, pique 2 tomates sem pele, meio pimentão (verde ou vermelho), coloque na panela e misture bem.

*** Dica 1: Se o refogado secar, acrescente um pouco de azeite.

Arroz, feijão e bicuda ensopada!Para dar uma corzinha, coloque uma colher de sobremesa de colorau (colorífico), depois acrescente 10 azeitonas inteiras, um pouco de sal (se necessário), um pacotinho de tempero Sazon, duas folhinhas de louro, cheiro verde picadinho e um pouco de água.

Organize as postas de peixe na panela, juntamente com o tempero que restou na bacia e deixe ferver, virando delicadamente as postas, de vez em quando.

Em cerca de 10 minutos, ou menos, o peixe está pronto!

*** Dica 2: Essa receita pode ser feita com vários tipos de peixe, como por exemplo: Dourado, Bicuda, Cação e Espada e até mesmo o Bacalhau!

Bicuda Tubarão Dourado Resultado da pescaria!

Nem preciso dizer que o Bom Marido amou o resultado, não é?

Pescadores jantando!

Peixe é um alimento tão delicioso e saudável, mas precisa ser muito bem feito para ser devidamente apreciado!

E tomara que o Bom Marido traga muito mais peixes na próxima vez!

😉

Thierry no barco.

____

V. Habilidades do Bom Marido

Ano novo, post novo!

Ano novo tem cheiro de recomeço, novidade, esperança. Até mesmo alguma mudança…

Mas o marido é o mesmo!pracinha

E que marido, hein! Aguentou uma viagem de 15 dias para um habitat totalmente diferente do usual: o interior da Bahia.

Isso é o que podemos chamar de “sacrifício” em prol da pessoa amada. Parece até exagero, mas para um indivíduo extremamente branco, magro, quieto e “nerd”, sair da grande São Paulo para uma cansativa viagem ao nordeste do país não é nada fácil. Mas isso ele fez por mim, afinal eu tinha que ir lá visitar minha enorme e barulhenta família (diferente da dele que é pequena e civilizada)!

Mas até que ele não reclamou do passeio! O Bom Marido se divertiu pescando na lagoa e jogando baralho com os mais velhos. Todo mundo gostou bastante dele, mesmo assim tão tímido. O bom é que ele sabe ouvir. Ele presta atenção quando alguém fala. Lá ele nunca saía da mesa quando ainda tinha alguém comendo. E também nunca deixava a vovó falando sozinha. Até aguentar meus acessos de impaciência galopante, ele aguentou. Um anjo de marido!

E não contente com tudo isso, ainda satisfez meus caprichos quando voltamos de viagem. Ontem fez pipocas e hoje fez um dos meus pratos prediletos: filé de frango com molho de requeijão e batatas fritas! Sem mencionar que ele trouxe em uma bandeja, para jantarmos na cama!

Sugiro que experimentem!

E sugiro que continuem acompanhando a trajetória desse Maravilhoso Bom Marido. ^^

comida

azeite::: Dicas:requeijão

Para o filé de frango ficar mais saboroso, Thierry não usa óleo de soja, mas sim azeite.

Atualmente ele está usando o Verdenso, da marca Olitalia.

E o molho que ele faz: ele coloca meio copo de requeijão Danubio (ele só usa essa marca!) em uma tigelinha em banho-maria, acrescenta cebolinha picada e tempera com um pouco de pimenta calabresa. Fica incrível!