XLVIII. Joyeux Anniversaire, Mon Amour!

http://www.aboutsaopaulo.com/

25 de Janeiro. Aniversário de São Paulo.

Mas também é o dia em que meu amado, idolatrado, salve salve “namorido” nasceu.

E, como era de se imaginar, cá estou eu longe dele, viajando a trabalho e impossibilitada de abraçá-lo e beijá-lo muito neste dia tão especial.Le baiser

O que fazer?

Graças à tecnologia, já enviei mensagens, recados, torpedos e tudo mais para desejar a ele um Feliz Aniversário.

Casal bonitoMas, de repente, eu paro e penso que, obviamente, seria muito melhor se hoje cedo eu tivesse acordado ao lado do Meu Amado e tivesse levado um maravilhoso café da manhã na cama para ele, com direito a um simples e delicioso bolo feito por mim…

Fico triste por não poder fazer isso hoje, em pleno aniversário dele. Porém, isso não significa que eu não irá fazê-lo em algum outro dia, certo?

Então, Mon Amour, não se assuste se um dia você acordar de manhã e sentir um cheirinho de bolo quentinho, saindo do forno.

Mas também não fique esperando por um “Senhor Bolo”, digno de ser destaque em uma famosa confeitaria!

Pode ser que saia à lá sola de sapato, ou tipo as panquecas trágicas que eu tentei fazer aquele dia… (para refrescar a memória clique AQUI!)

Natal2011No entanto, será um bolo, oras!

___

Brincadeiras à parte, eu desejo a você, Meu Príncipe Encantado, um maravilhoso aniversário, muitas felicidades, muitas alegrias, muitas conquistas e muito dindin no bolso para que você consiga realizar todos os seus sonhos e objetivos.

Que nesta nova etapa que se inicia, você tenha muita força e muita coragem para colocar em prática todos os seus projetos, desde os mais simples até os mais mirabolantes! E, acima de tudo, que você nunca deixe de ser esse cara maravilhoso, carinhoso, romântico, educado, generoso, bondoso, cavalheiro, tranquilo e companheiro que eu tanto amo!

Obrigada por tudo, Mon Amour!

Joyeux Anniversaire!

Je t’aime beaucoup!!!!!!!!!

😉

E para encerrar, eis o poema que eu fiz recentemente para um cara muito especial:

Eu Redescobri o Amor

Casarão da Vó Fulô - Bahia - 2012

E que mané “Roberto Carlos”! Esse cara é o Thierry!  

E esse cara é só MEU! rs

😉

XLVII. Eu Redescobri o Amor!!!

Cat'n Wine

Isso mesmo! Eu redescobri o amor!

Acham estranho eu dizer isso assim do nada?

Calma que eu explico!

Este é o título de um poema que escrevi esses dias em homenagem ao meu Príncipe Encantado: Thierry Durieux.

Vejam só o que um Bom Marido foi capaz de fazer na mente e no coração de uma geminiana elétrica, arteira e perturbada como esta que vos escreve!

Ai ai… Tem coisas que só o amor, mesmo tempos depois sendo redescoberto, explica!

Vamos à “obra”  (rs)

.

Thierry et moiEu redescobri o amor

.

Eu redescobri o amor

no azul daquele olhar

sempre doce, sempre tímido

sempre azul a me encantar

.

Eu redescobri a paz

ao ouvir aquela voz

bem tranquila a acalmar

esse meu jeito feroz

Thierry et moi

.

Eu redescobri o conforto

no calor daquele abraço

carinhoso e envolvente

me enrola feito um laço

.

Eu redescobri a vida

ao ouvir meu coração.

Ele disse pra eu esquecer

toda e qualquer decepção.

.

Eu redescobri o amor

no aperto da saudade

Deux ans de "mariage"Quando a gente sente falta

a gente ama de verdade

.

Eu redescobri quem sou

ao saber que sou amada

basta estar naqueles braços

não preciso de mais nada

.

E. Thrash – 14 de Janeiro de 2013. Ao meu amado Thierry Durieux.

____

Bom, por hoje é só.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima

😉

Le baiser

O poema Eu Redescobri o Amor também está no meu Recanto das Letras!

Quem ainda não conhece, dá uma passadinha lá!

Ficarei extremamente grata!

^^