XXI. Valorizando o trabalho dele

Uma Boa Esposa valoriza e apóia o trabalho do seu Bom Marido, não é?

Eis que ontem ele me deu uma notícia que me deixou muito feliz e esperançosa – o curso que ele desenvolveu durante um bom tempo finalmente atraiu gente interessada em comprar. Isso é o máximo!

por Elaine Thrash

Thierry por trás das câmeras. 2009

É a mesma sensação que eu tenho quando alguém se interessa em comprar meu livro. Gente que nunca vi na vida, que mora em outra cidade ou outro estado e que conhece meu trabalho apenas através da internet… É bem sofrido trabalhar de forma independente, sem patrocínio e sem apoio, mas quando, apesar de tudo, a gente vê dando certo, é um alívio inexplicável!

Meu Amado é um cara muito inteligente, mas precisa o tempo todo de estímulos e desafios que o façam ter vontade de agir. Posso enumerar as mil coisas que ele é capaz de fazer, mas é inegável que qualquer pessoa necessite ter foco na vida afim de conseguir dar certo em pelo menos alguma coisa, concordam?

A exemplo do site que ele mesmo desenvolveu para expor seus trabalhos: www.th.art.br.

Um site muito bacana que mostra várias coisas que ele fez e é capaz de fazer. A começar pela sua paixão: cinema! Se pudesse, ele só trabalharia com isso. Mas, assim como a carreira artística, a cinematográfica também não é a das mais fáceis de conseguir trabalhar sem ser na base de “favores” e “permutas” (experiência própria)…

http://www.avalive.com/Steadicam-SteadyCam/89/0/productList.phpOu seja, Thierry tem talento de sobra para Edição, Direção de Fotografia, Direção de Arte, mas não pode trabalhar nisso de graça a vida toda. Seu trabalho precisa ser recompensado e muito bem remunerado. Ele está todo feliz pois até comprou uma Steadicam para realizar trabalhos incríveis de filmagens em movimento. Um baita investimento!

Mas graças a Deus estão surgindo muitos trabalhos para o Meu Amado, pois assim ele poderá investir muito mais nos curtas, longas e documentários que pretende realizar. Dentre os trabalhos que estão surgindo, a grande maioria requer criatividade e habilidade em lidar com efeitos, captação e edição de videos, 3D,  design, edição de imagens, pós produção e uma infinidade de termos que eu não saberia citar com propriedade.

Só sei que vira e mexe ele recebe um trabalho sempre “pra ontem” que o deixa focado por horas e horas até o término do mesmo! Sorte que muitos desses trabalhos ele consegue fazer em casa e depois só envia os arquivos de forma online. Bendita Internet!

Ah, e sobre o curso que eu havia mencionado logo no início da postagem, trata-se de um Curso de Redesenho para Corte a Laser, cujas informações podem ser encontradas neste link

Thierry já trabalhou um bom tempo com maquetes e, com base em toda a sua pesquisa e experiência, resolveu criar esse exclusivo curso que mostra passo a passo como fazer o desenho de corte para a montagem de uma maquete física.

Tem até um videozinho de apresentação do curso:

Ai, que orgulho do meu Bom Marido!

Espero que ele encontre forças para continuar trabalhando e criando meios de investir em seus grandes objetivos. No que depender de mim, darei todo o apoio necessário a ele, pois é isso que uma pessoa que ama deve fazer pela outra!

2009

Thierry gravando o curta "Rua Augusta", com Renato Rodrigues e Elaine "Thrash" Oliveira. 2009

IV. Falando da Boa Esposa

Não adianta nada a mulher querer um homem que seja educado, cavalheiro, compreensivo e paciente se ela também não colaborar para que o sujeito permaneça assim.

A palavra chave de um bom relacionamento é a TROCA. Se você quer carinho, seja carinhoso. Se você recebe atenção, retribua com atenção. Se você precisa de um colo, ofereça o seu também. Se você quer sair e ele quer ficar em casa assistindo ao futebol, negocie. Se você quer jantar fora, mas ela está morrendo de cólica, faça uma surpresa levando o jantar na cama e deixe para jantar fora outro dia!

A pessoa percebe quando a outra se “sacrifica” por ela e se sente no dever de fazer algo semelhante. Não é bem uma obrigação, mas gentileza gera gentileza. Se é feito com carinho, amor, sinceridade, a pessoa vai se tocar de que precisa retribuir. Sem cobrança.Thierry et Elaine

Diálogo também é muito importante. Desde o primeiro dia de encontro, sem medo de assustar alguém, aja sempre com sinceridade e clareza. Deixe claro como é o seu estilo de vida (não tente mentir para agradar a pessoa), mostre realmente quem você é. Se a pessoa gostar, beleza. Se não gostar, melhor assim, pois não adianta tentar se envolver com quem não tem NADA a ver com você! Quanto mais cedo perceber, melhor! Assim ninguém perde tempo e ninguém se machuca à toa.