XCVII. O Bom Marido no Canadá – Victoria, BC; Aniversário do Bom Marido; Final de semana inesquecível; e muito mais!

O final de semana dos dias 24 e 25 de janeiro de 2015 foi muito especial para nós.

Primeiro porque o aniversário do Bom Marido é dia 25 de janeiro, e segundo porque escolhemos passar o final de semana em um dos lugares que eu sempre sonhei em levar o Meu Amado para conhecer: Victoria, a capital da British Columbia.

Quando estive lá pela primeira vez, achei o lugar ideal para um passeio romântico. Eu me imaginei naquela cidade com o Thierry e queria muito que ele estivesse ali comigo.

Tanto quis, que deu certo!

A princípio eu pensei em fazer da mesma forma que fiz em 2012, ou seja, só um bate e volta. Mas eis que o próprio Bom Marido resolve me surpreender com a ideia de ficarmos o final de semana inteiro lá. Achei lindo!

E assim fizemos.

Ainda estava escuro quando pegamos o ônibus #5 na Robson Street até à Vancouver City Centre Station.

Lá, pegamos o metrô até à Bridgeport Station, onde esperamos pelo ônibus #620 que nos levaria ao Tsawwassen Ferry Terminal.

Compramos nossos bilhetes de viagem e embarcamos na incrível e gigantesca balsa Coastal Celebration com destino à Swarz Bay.

Fizemos um delicioso passeio, com direito a muitas fotos, claro!

Chegando à Swarz Bay, pegamos mais um ônibus, o #70 em direção à Victoria, que passa por Sidney.

Ufa! Ônibus + metrô + ônibus + Ferry + ônibus…

Caramba! É uma longa jornada, mas que vale muito a pena.

Chegando em Victoria, a primeira coisa que fizemos foi entrar no The Bay Centre (um shopping) para comermos alguma coisa antes de irmos para o hotel fazer check-in.

Na praça de alimentação, encontramos POUTINE, essa deliciosa meleca feita com batata frita, gravy, queijo e mais algumas combinações extras! Foi a primeira vez que o Thierry (de descendência Belga) experimentou essa iguaria que faz qualquer amante de batatas ficar babando. E com ele não foi diferente! Ele adorou a gororoba!

Em seguida, fomos a pé até o Days Inn, na Belville Street, fizemos check-in e demos uma breve descansada (enquanto as baterias das câmeras recarregavam um pouco) antes de sairmos para explorar as redondezas.

Adoro hotel quem tem cafeteira, café e chá no quarto. Ah, se todos os hotéis do mundo fossem assim, principalmente os do Brasil!

Seguindo com nosso passeio, caminhamos até o gigantesco Royal BC Museum, que fica na Bellville Street com a Government Street. Compramos nossos tickets e começamos a explorar cada pedaço do museu.

Tiramos uma tonelada de fotos e nem percebemos a hora passar, o que foi péssimo, pois quando anunciaram que o museu encerraria as atividades, ainda faltavam algumas galerias para visitarmos. Tentamos ver tudo em menos de 15 minutos e às 17h tivemos que sair, com gostinho de “quero mais”…

Saindo do museu, demos uma caminhada pelas lindas ruas de Victoria e fomos em busca de algum lugar para jantarmos. Não estávamos afim de gastar muita grana com comida, mas infelizmente as coisas são bem caras em Victoria, assim como em Vancouver.

Como tínhamos trazido uns lanches de casa, que por sinal haviam ficado no hotel, decidimos fazer só um lanchinho barato para enganar a fome e deixar para comer nossos quitutes mais tarde. E o que tinha de mais prático e barato por ali? Pizza. Sim aquelas fatias de pizzas que vendem feito água em qualquer lugar!

Após o lanche, caminhamos mais um pouco pela região e voltamos para o hotel, pois já estava bem escuro. Luzes de Natal ainda enfeitavam a cidade, em especial os Parliament Buildings, cuja arquitetura neobarroca é exuberantemente linda.

Voltando ao hotel, encontramos uma Liquor Store bem ao lado, então resolvemos comprar um bom vinho para celebrarmos “notre amour” e o aniversário de Mon Amour!

Olha que chique nosso banquete!

Sanduíches de pão integral com queijo e peito de peru, batatinhas chips President’s Choice e um chileno Frontera!

No dia seguinte, acordamos cedo, tomamos café da manhã no restaurante do hotel e saímos em direção à Fisherman’s Wharf, um local que virou atração turística por causa das casinhas flutuantes! Encontramos até uma linda foca que ficava se exibindo e fazendo pose para as fotos!

Seguimos beirando a costa e chegamos ao Breakwater Ogden Point, um imenso quebra-mar que poucos turistas conhecem, mas que vale muito a pena atravessar seus 850 metros partindo da Dallas Street. Uma vista exuberante!

Até vimos um senhor pescando por lá, ou pelo menos tentando!

Saindo do Odgen Point, pegamos a Dallas Street e seguimos em direção ao Holland Point Park, onde tiramos mais umas fotinhos e, bem quando estávamos tentando tirar uma selfie, um senhor que estava passeando com eu cachorro se ofereceu para tirar uma foto nossa. Quanta gentileza!

Nossa próxima parada (que demorou mais que o esperado, afinal) foi o gigantesco Beacon Hill Park. Entramos no tal parque para darmos uma olhadinha e em seguida voltarmos para Downtown, mas quem disse que a gente conseguia sair do parque? Rodamos por horas, nos perdemos dentro do parque, andamos em círculos e finalmente encontramos a saída! Mas não sem antes tirarmos lindas fotos!

De volta ao Centro, fomos ao adorável Miniature World! Isso mesmo!!! Um mundo em miniatura repleto de maquetes com fatos históricos, contos de fadas, curiosidades, cenários, casas de bonecas, trenzinhos e muito mais! Algumas maquetes eram interativas e todas elas eram muito bem detalhadas! Um incrível lugar que vale a muito a pena visitar, tanto é que fui duas vezes, uma em 2012 e outra neste passeio com Mon Amour!

E é claro que recheamos o álbum de fotos também!!!

Saindo do Miniature World, fomos em busca de alguma refeição rápida e fácil pelas redondezas… Pois é. Fomos de pizza novamente. A diferença é que comemos uma pizza mais suculenta, mais saborosa e em um local mais estiloso também, o The Joint Pizza na Wharf Street.

Em seguida, decidimos ir a pé até até o Craigdarroch Castle, o mesmo que visitei em 2012 e pedi aos céus para que o Thierry tivesse a oportunidade de conhecer também! Foi emocionante caminhar longamente até lá e ver os olhos de admiração do Meu Príncipe diante de um castelo tão lindo.

Uma pena termos chegado tarde, pois o castelo já estava fechado e nós não pudemos visitá-lo por dentro. Esta pode ser a missão da nossa próxima viagem ao Canadá: passar uns dias em Victoria (desta vez com um roteiro mais organizado), de preferência sem ser no inverno, assim aproveitaremos bem mais a luz do dia e teremos a chance de visitar não apenas o castelo, como também os Butchart Gardens e mais alguns parques pelo caminho (sem nos perdermos, claro!)

De volta ao Centro, começamos a jornada de volta para Vancouver. Pegamos um ônibus até Swarz Bay, em Sidney, e compramos nossos tickets da balsa, porém tivemos que esperar quase uma hora pela próxima balsa rumo ao terminal  Tsawwassen.

Na viagem de balsa, lembrei que não havíamos comemorado o aniversário de Mon Amour por completo. Faltava um bolinho, não é? Então fui até à cafeteria e comprei uma deliciosa fatia de bolo de chocolate e um copão de chocolate quente para nós. Só faltaram as velinhas, mas tudo bem!

Desembarcamos da balsa Coastal Renaissance e pegamos ônibus, metrô e mais um ônibus de volta para o nosso apê.

Foi uma linda e inesquecível viagem que fizemos e que pretendemos fazer outras vezes, se Deus quiser, se nosso dinheiro der e se o futuro assim nos permitir também!

Passeio aprovadíssimo e recomendadíssimo por nós.

E assim foi o final de semana de aniversário nas Aventuras do Bom Marido no Canadá. ❤

Obrigada pela visita e continuem acompanhando esta jornada que, infelizmente, está chegando ao fim!

😉

XCII. Depoimento de um Bom Marido sobre sua Boa Esposa

DSC02409Hoje é dia 15 de julho de 2015.

Há exatos 37 anos, um jovem casal entrava no altar para dar início a uma vida repleta de paz, amor, felicidade, carinho, companheirismo e compreensão.

Acho muito linda a história de amor desses dois que se conheceram na Bahia quando ele foi ao casamento de seu irmão com a tia dela. Depois desse dia, começaram a trocar cartas, namorando dessa forma durante cerca de um ano.

Às vezes, ele viajava de São Paulo até à Bahia em um feriado prolongado, enfrentando uma longa e cansativa viagem de ônibus, só para chegar lá, conversar com o futuro sogro, dar um beijo em sua amada e depois voltar para São Paulo.

DSC01151Casaram-se na Bahia, mas foram viver em São Paulo, onde tiveram duas filhas.

Aproveitaram bem os 3 primeiros anos de casamento passeando bastante, viajando, fazendo planos para o futuro e se estabilizando para então começarem uma família.

A primeira filha chegou tranquilamente. 3 anos depois veio a segunda, não tão tranquila assim! Rs!

Até hoje dedicam suas vidas a elas, bem como a ajudar aos parentes e amigos que precisam.

Levam uma vida simples, sem frescuras e ostentações, mas recheada de amor, carinho, generosidade e esperança.

Um casal que todo mundo ama e admira. Um casal que está sempre junto na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, sempre firmes e fortes, com a bênção de Deus!

Um casal que tenho o maior orgulho de chamar de MEUS PAIS!

– Parabéns, Luiz e Zélia! 37 anos de casório não é para qualquer casal, não! Continuem assim: se completando, se ajudando, sendo compreensivos, companheiros e carinhosos para sempre.

Muita paz, muita saúde, muita fartura e muito amor em suas vidas!

Obrigada por serem meu alicerce e me ensinarem tantos valores importantes que levo comigo para todo lugar.

Obrigada por serem o casal mais fofo e querido da família!!! AMO VOCÊS!!!

FELIZ 37 ANOS DE CASADOS!!! ❤ ❤ ❤

DSC02348____

E para completar essa postagem, segue um videozinho que gravei em fevereiro de 2012, quando estávamos comemorando o aniversário da minha irmã Eliane no restaurante México 70, em Guarulhos.

DSC02411Era para eu ter postado esse vídeo antes, mas achei que tivesse perdido esse registro em meio aos backups do meu computador problemático. Fora a minha total incapacidade e falta de paciência para editar vídeos!!! (Shame on me!)

Mas está aí: cru, tosco, divertido, bagunçado, mas com uma mensagem muito importante a ser transmitida: O MAIS PURO AMOR!!!

Espero que gostem! 😉

____

Sessão: Macho & Fogão (pte. 6)

E vocês pensam que a comilança acabou?

Claro que não!

Vamos à mais uma sessão das gororobas do Bom Marido!

Querem relembrar as anteriores? Então acessem:

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 5)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 4)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 3)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

____

E agora vamos às iguarias:

Macarrão Integral com Molho EspecialMacarrão Integral com Molho Especial

Além do arroz integral, descobri que também sou louca por macarrão integral. E esse espagueti integral que o Meu Amado preparou com muito carinho merece uma salva de palmas!

Ah, o molho? Bom, como de costume, o Mr. Gororoba resolveu fazer uma mistura de Molho de Pimenta Verde Knorr (aquele pacotinho que a vó dele traz sempre da Espanha, rs) com molho branco (da marca Masterfoods), peito de frango desfiado e mais pimenta (do reino, branca, calabresa…).

Dá até para confundir com uma daquelas massas maravilhosas servidas nos restaurantes da rede Spoleto! Nham!

____

Cebolas empanadas - Dia dos Namorados 2013 Cebolas Empanadas

Essa maravilha já apareceu por aqui quando eu fiz a postagem do Dia dos Namorados, mas segue a receita novamente para que todos possam aprender:

Pegue a maior cebola que encontrar, descasque e corte fora a tampa e a raiz. Depois corte a cebola em 18 ou 32 pedaços como se estivesse cortando uma pizza, mas sem chegar até o fim da base da cebola. O ideal é deixar uns 2 centímetros de base. Coloque a cebola na geladeira por cerca de 2 horas, retire e abra-a cuidadosamente para soltar os gomos.

Empane a cebola com uma mistura de meio quilo de farinha de rosca, pimentas à gosto, sal e tomilho (o Bom Marido coloca curry também). Deixe cair bastante farinha entre os gomos da cebola. Retire o excesso e mergulhe a cebola de cabeça para baixo em uma mistura feita com 1 litro de leite e 2 ovos.

Polvilhe com o restante da mistura de farinha, tire o excesso e frite o cebolão de cabeça para baixo por 2 minutos em uma panela onde seja possível que o óleo cubra toda a cebola. Com uma espumadeira, gire a cebola e frite-a, agora de cabeça para cima, também por 2 minutos. Frite novamente a cebola de cabeça para baixo por mais 2 minutos e retire da panela, deixando-a escorrer em um prato com papel toalha.

Para servir, basta tirar o miolo com uma faca e colocar um potinho com o molho de sua preferência. Pode ser uma mistura de maionese com alho amassado, molho rosé ou qualquer outro que você inventar!

____

Pastelzinho de Frango e Anéis de Cebola Pastelzinho de Frango e Anéis de Cebola

Muito fácil e muito prático de fazer!

Seguinte, vá ao supermercado (sério!) e compre uma embalagem de Rap 10 da Pullman (nós gostamos da versão integral, mas pode ser qualquer uma)!

Faça um recheio de frango desfiado com champignon e os temperos de sua preferência e reserve.

Recheie seu Rap 10 formando um pastel meia lua. Para fechar a massa, pincele a beirada com clara de ovo. Leve ao forno até a massa ficar dourada e depois é só servir com batatas fritas ou anéis de cebola, como o Bom Marido fez!

Meu Amado adorou a experiência de fazer cebolas empanadas, então ele resolveu usar o mesmo procedimento, porém com a cebola em formato de anéis. Ficou bem mais divertido, mais crocante e mais fácil para comer!

Experimentem!

____

Tortinha de Presunto e Queijo com Molho de TomateTortinha de Presunto e Queijo com Molho de Tomate

Vejam só mais uma ideia para fazer com o Rap 10 da Pullman!

O Bom Marido fez um molho de tomate bem acebolado, passou no Rap 10, colocou bastante queijo e presunto, fechou e levou ao forno até derreter o queijo.

Outro dia eu tentei colocar o Rap 10 naquela sanduicheira de fazer misto quente e não é que ficou bom também?

Até quem não é um magnífico chef como o Meu Amado consegue se virar na cozinha com um produto desse!

É Rap 10 mesmo! E o sabor é supimpa!

____

Tortellini Colorido Gratinado Tortelini Tricolor Gratinado

Ma che bello!

Amore Mio fez um delicioso macarrão gratinado no dia em que minha irmã veio jantar conosco!

Ele cozinhou um pacote de Macarrão Tortelini Tricolor Dona Benta e fez um molho branco misturado ao Molho de Pimenta Verde Knorr (aquele que só tem na Espanha, rs) e temperou com pouco sal e pimentas à gosto. Para ficar mais cremoso ele adicionou queijo parmesão ralado.

Depois ele misturou o macarrão com o molho, colocou em um refratário grande e levou ao forno para gratinar.

Nem preciso dizer que minha irmã e eu adoramos esse jantar especial preparado pelo Meu Príncipe Encantado, não é?

É uma ótima sugestão para esse friozinho, principalmente se for acompanhado de um bom vinho!

____

Bolo de Chocolate com Creme de MaracujáE agora vem um momento exclusivo e inimaginável na face da terra:

As Experiências Gastronômicas de Elaine Oliveira!

Isso mesmo! Euzinha encarando a cozinha!

E querem saber se deu certo?

Sim!!! Deu certo!

Ainda que o Bom Marido tenha me dado uma mãozinha, eu fiz tudo praticamente sozinha. Vamos ver?

____

Bolo de Chocolate com Creme de Maracujá

Pequei essa incrível receita no site M de Mulher, afinal eu precisava fazer um bolo bem caprichado para uma ocasião para lá de especial: o aniversário da minha Mamãe!

Aniversário da Mamãe. Bolo feito por mim! ^^Foi a primeiríssima vez em que eu fiz um bolo de aniversário em toda a minha vida. E eu só fiz porque era para ela, afinal Mamãe faz tudo por mim e desde que engatei um romance firme com o Bom Marido, ela tem feito muitas coisas para ele também, hehe! Por isso ela mais do que merece esse carinho.

E graças ao M de Mulher eu fiz esse bolo incrível que todo mundo adorou!

O problema é que estou sendo intimada a fazer um bolo novamente, mas acho que vou testar outras receitas primeiro, hein? Que tal?

____

Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate

Receitinha básica da mamãe, principalmente a cobertura, que NÃO deve ir ao fogo como vejo muitas pessoas fazendo. Os ingredientes devem ser misturados e derramados em cima do bolo ainda quente!

Bem fácil de fazer (se até eu consegui!), vejam a receita do Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate:

Bolo de Cenoura com Cobertura de Chocolate::: Massa: 3 cenouras picadas, 4 ovos, 1 xícara (chá) de óleo, 3 xícaras (chá) de farinha de trigo, 2 xícaras (chá) de açúcar e 2 colheres (sopa) de fermento. No liquidificador bata as cenouras, os ovos e o óleo. Em uma tigela misture a farinha, o açúcar e o fermento. Junte a mistura do liquidificador à mistura da tigela e misture bem. Coloque em forma untada e leve pra assar.

::: Cobertura: 10 colheres (sopa) rasas de açúcar, 2 colheres (sopa) de achocolatado Nescau (vai por mim, com Toddy não fica bom!), 2 colheres (sopa) de leite e 2 colheres (sopa) de manteiga. Misture tudo muito bem. Faça furos no bolo com um garfo e coloque a cobertura em cima do bolo ainda quente.

O meu não ficou 100% igual ao da mamãe porque eu deveria ter caprichado mais nos furos do bolo. Mamãe costuma espetar o garfo e alargar o furo movendo o garfo para frente e para trás. Eu só espetei o bolo sem alargar os furos, por isso a cobertura não penetrou tanto. E isso me deixou bem chateada. Da próxima vez eu já sei que o segredo é o tamanho do buraco, ora essa!

Quem comeu disse que estava uma delícia, mas eu ainda assim prefiro o da minha mãe, não tem jeito!

____

Torta Deliciosa de FrangoTorta Deliciosa de Frango

Mais uma receitinha supimpa que eu peguei da Mamãe. Motivo? Bom, das últimas vezes em que o Meu Amado foi pescar em alto mar com meu Papai, ele teve a chance de experimentar a deliciosa torta de frango que Mamãe sempre faz para o maridão levar na pescaria. É prática, é completa, é gostosa e evita que o pescador perca tempo montando lanche com as mãos sujas de sardinha!

O Bom Marido havia pedido a receita da torta, mas eu achei bacana eu mesma fazer para ele, em um gesto de carinho e agradecimento por tudo o que ele faz por mim.

E ele gostou? Adorou!

Mal vejo a hora de fazer outra torta dessa, mas é preciso um item fundamental que (pasmem!) nós ainda não temos aqui na casa de Mon Amour: um LIQUIDIFICADOR!!! Porque bater massa de torta com um mixer até que funciona, mas não é muito eficaz e acaba sobrecarregando o aparelho. Saiu até fumaça, coitado!

Mas vamos à receita da Torta Deliciosa de Frango:

Torta Deliciosa de Frango::: Recheio: 1 peito de frango cozido em 2 tabletes de caldo de galinha e desfiado, 1 cebola picada, 2 dentes de alho amassados, 4 tomates sem pele, 3 colheres (sopa) de óleo, pimenta e sal à gosto, ½ copo de leite, 2 colheres (sopa) de farinha de trigo, 2 colheres (sopa) de salsa picada, ½ pimentão picado (opcional) e 10 azeitonas sem caroço picadas (opcional). Refogue o frango com todos os temperos por 15 min. O molho deve estar ralo. Dissolva a farinha de trigo no leite e misture rapidamente ao recheio. Reserve e utilize depois de frio.

::: Massa: 3 xícaras (chá) de farinha de trigo, 3 ovos, 2 copos de leite, 50g de queijo ralado, ½ colher (sobremesa) de sal, 1 xícara (chá) de óleo, 1 colher (sopa) de fermento em pó e farinha de rosca para polvilhar. Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha de rosca, (se necessário acrescente um pouco mais de leite) até a massa virar um mingau grosso. Unte uma assadeira de alumínio retangular (número 3) com óleo. Espalhe metade da massa, salpique o recheio com o auxílio das mãos sem misturar à massa. Cubra com o restante da massa sem deixar nenhum ponto descoberto. Polvilhe com farinha de rosca e leve ao forno pré-aquecido por 30 minutos ou até dourar. Temperatura: 175 graus. Corte em cubos e sirva ainda quente.

::: Dica 1: espalhe requeijão por cima do recheio, antes de cobrir com a segunda parte da massa. Fica incrível!

::: Dica 2: tudo bem que a torta é de frango, mas você pode substituí-lo por carne moída, atum, camarão… Basta usar a criatividade! 😉

____

Bom, essas foram as iguarias mais recentes que o Bom Marido e Eu fizemos!

Espero que tenham gostado!

E aguardem uma novidade bem bacana aqui no Como Ser Um Bom Marido!

Ai que ansiedade!

😉

XLVIII. Joyeux Anniversaire, Mon Amour!

http://www.aboutsaopaulo.com/

25 de Janeiro. Aniversário de São Paulo.

Mas também é o dia em que meu amado, idolatrado, salve salve “namorido” nasceu.

E, como era de se imaginar, cá estou eu longe dele, viajando a trabalho e impossibilitada de abraçá-lo e beijá-lo muito neste dia tão especial.Le baiser

O que fazer?

Graças à tecnologia, já enviei mensagens, recados, torpedos e tudo mais para desejar a ele um Feliz Aniversário.

Casal bonitoMas, de repente, eu paro e penso que, obviamente, seria muito melhor se hoje cedo eu tivesse acordado ao lado do Meu Amado e tivesse levado um maravilhoso café da manhã na cama para ele, com direito a um simples e delicioso bolo feito por mim…

Fico triste por não poder fazer isso hoje, em pleno aniversário dele. Porém, isso não significa que eu não irá fazê-lo em algum outro dia, certo?

Então, Mon Amour, não se assuste se um dia você acordar de manhã e sentir um cheirinho de bolo quentinho, saindo do forno.

Mas também não fique esperando por um “Senhor Bolo”, digno de ser destaque em uma famosa confeitaria!

Pode ser que saia à lá sola de sapato, ou tipo as panquecas trágicas que eu tentei fazer aquele dia… (para refrescar a memória clique AQUI!)

Natal2011No entanto, será um bolo, oras!

___

Brincadeiras à parte, eu desejo a você, Meu Príncipe Encantado, um maravilhoso aniversário, muitas felicidades, muitas alegrias, muitas conquistas e muito dindin no bolso para que você consiga realizar todos os seus sonhos e objetivos.

Que nesta nova etapa que se inicia, você tenha muita força e muita coragem para colocar em prática todos os seus projetos, desde os mais simples até os mais mirabolantes! E, acima de tudo, que você nunca deixe de ser esse cara maravilhoso, carinhoso, romântico, educado, generoso, bondoso, cavalheiro, tranquilo e companheiro que eu tanto amo!

Obrigada por tudo, Mon Amour!

Joyeux Anniversaire!

Je t’aime beaucoup!!!!!!!!!

😉

E para encerrar, eis o poema que eu fiz recentemente para um cara muito especial:

Eu Redescobri o Amor

Casarão da Vó Fulô - Bahia - 2012

E que mané “Roberto Carlos”! Esse cara é o Thierry!  

E esse cara é só MEU! rs

😉

XXXI. Maridinho Social

junho/ 2012Uma das características mais gritantes no Bom Marido é a excessiva timidez. É o jeito dele, oras!

Vira e mexe alguém comenta algo do tipo: “Nossa, ele é caladão, né?” ou “Caramba, ele é muito sério.” Mas todos que o conhecem melhor sabem que ele é um doce de pessoa!

E ontem ele teve que se superar na função de fazer uma social ou, como diziam antigamente, fazer sala

09 de Junho de 2012, comemoração do meu aniversário e do aniversário do meu sogrinho querido. Decidimos comemorar na casa do Meu Amado, afinal é um lugar espaçoso e que dá para fazer um belo churrasco, sempre comandado com maestria pelo meu adorado Papai!

Família e amigosRecebemos a presença de parentes e amigos realmente importantes e essenciais e, como os aniversariantes tinham que dividir a atenção com todo mundo, acabou sobrando para o meu Príncipe Encantado a tarefa de recepcionar os convidados e entretê-los de alguma forma. Natural, afinal ele é o dono da casa e portanto tem que mostrar que é um bom anfitrião!

Foi um sábado maravilhoso! Churrasco rolando, a galera animada conversando e aquele clima bem família, bem intimista que eu tanto gosto e preservo. Sempre foi assim nos meus aniversários: nada de baderna, nada de gente bêbada falando besteira e nada de música alta perturbando a vizinhança. É tudo muito simples, afinal não é uma festança e sim uma comemoração para não deixar a data passar em branco.

09 junho 2012O engraçado é que eu nasci dia 04 de Junho, mas só após apagar as velinhas no dia 09 foi que eu senti que havia finalmente feito aniversário.

Eu gosto de comemorar. Mas tem que ser assim: em família, com o delicioso bolo que minha Mamãe sempre faz e rodeada de pessoas que realmente importam na minha vida, incluindo amigos verdadeiros. Pouquíssimos, mas verdadeiros!

Este foi o segundo aniversário que eu comemorei ao lado do Meu Amado. Ano passado também foi na casa dele, por isso só tenho a agradecer o carinho e a disposição dele e dos pais dele por terem cedido a casa, participado ativamente e interagido com as pessoas queridas que, mesmo enfrentando o frio e a distância, compareceram aos meus aniversários!

09 jun 2012E desta vez foi duplamente especial, afinal meu sogrinho teve a brilhante idéia de comemorarmos juntos! E eu adorei!

Sou ou não sou sortuda por tudo isso de bom que acontece em minha vida?

Muito obrigada a todos, principalmente ao meu maravilhoso Bom Marido, que faz tanto por mim!

Je t’aime beaucoup!

😉

____

cunhadinho, eu e linda irmã! ^^ amigos de verdade! Minhas Rainhas! Só gente fina! casal divertido é esse aí! futuros papais da Maria Alice *.* 2 aniversariantes, 2 bolos maravilhosos! Joseph e Eu armados para cortar o bolo! Joseph e Eu cortando nossos bolos de aniversário! Joseph e Eu entregando o primeiro pedaço de cada bolo! Lucky, que foi meu presente ano passado, xeretando meus presentes deste ano. Lucky, meu eterno presente *.*

XXIX. Papai, Mamãe e… Filhote!

O Bom Marido é aquele que faz de tudo para agradar sua Boa Esposa, principalmente quando o assunto é o aniversário dela.

02 de Junho de 2011.

Lembro como se fosse hoje… Eu havia passado uns dias na minha residência original, em Guarulhos, e bem nesse dia, uma sexta-feira, ao invés de ir direto para a casa do Meu Amado, resolvi me encontrar com ele na academia True Form (sim, na época a gente malhava…).

Após umas duas horas de malhação, fomos para a casa dele a pé e, no meio do caminho, vi um gato preto no quintal de uma casa e comentei: “Ai que lindo! Até parece uma estátua! Eu queria tanto ter um gatinho…”

O Thierry só olhou para a minha cara e não falou nada.

02 de junho de 2011Chegando à casa dele, assim que abrimos a porta da sala, ouvi um miado bem forte e insistente de gato bem novinho e disse: “Nossa, quem é que está miando assim? Será que é no vizinho?” Aí me veio um estalo: “É aqui????”

Mal pude conter a agitação quando ele disse que sim! Abrimos a porta da outra sala e lá estava o melhor presente de aniversário que eu já ganhei em toda a minha vida: UM GATO!!!

Imagine alguém que passou a infância inteira querendo um gato, mas nunca pode ter, simplesmente por morar em um minúsculo apartamento com duas pessoas (pai e mãe) totalmente contra essa idéia? Pois é…

Só sei que a primeira coisa que fizemos foi procurar um nome para o pequeno chumaço de pelo. Fiquei passeando pela casa com o felino no colo e eu olhava para qualquer coisa afim de ter um insight bacana para um nome. Li rótulos de garrafas de vinho em voz alta, li embalagens de vários produtos na cozinha e me deparei com diversas latinhas decorativas do cigarro que o Thierry fuma: Lucky Strike.

gatinho novo 3 a 4 mesesQuando eu disse “Lucky”, o miante olhou para mim e miou como quem dissesse: “Esse mesmo!” rs

E assim meu presente de aniversário foi batizado!

Depois o Thierry contou a saga da adoção do Lucky… Disse ele que foi lá no Centro de Adoções juntamente com minha querida sogrinha e ficou perdido em meio a tantos gatos disponíveis… Um mais lindo que o outro! Foi aí que ele falou para sua mãe que não sabia qual gato escolher e então, do nada, um gatinho preto se aproximou dele, olhou em seus belos olhos azuis, estendeu a patinha e miou como quem dissesse: “Eeeeeuuu!!!”

O Meu Amado não resistiu e acabou levando o gatinho preto devidamente vacinado e vermifugado! E lá foi ele para a Cobasi comprar caixinha de areia, comedouro, bebedouro, ração para filhote e outras coisinhas. Enquanto isso a sogrinha ficou no carro segurando seu mais novo “neto”!Lucky Strike no bolso

Ai ai… Como é gentil, carinhoso e preocupado esse meu Bom Marido. Certamente é um ótimo Pai para o Lucky! O gato teoricamente era pra ser só meu, mas quem mais cuida é ele (afinal o bichano fica na casa dele, porque se eu levasse para Guarulhos, mamãe não iria deixar…)

Nunca pensei que eu fosse gostar tanto de ser Mamãe de Gato!

Hoje, 02 de Junho de 2012, faz um ano que eu ganhei do Bom Marido esse presente fofo e incrível: o nosso Lucky!

=^.^=

Miau! 😉

Lucky novinho no meu colo

E para encerrar o post, fiquem com alguns videozinhos que fizemos de vários momentos do nosso amado Lucky ^^

😉