Sessão: Macho & Fogão (pte. 13) – Especial Canadá

IMG_3634

Estavam com saudades das deliciosas postagens da Sessão Macho & Fogão?

Não se preocupem! Estamos de volta com mais umas delícias preparadas pelo Bom Marido (com a minha ajudinha também).

Desta vez, vamos mostrar o que o Bom Marido andou aprontando lá nas cozinhas do Canadá, quando foi me visitar na reta final do meu intercâmbio em Vancouver!

Veja a Sessão Macho & Fogão completa clicando AQUI!

IMG_2671
____

O Bom Marido chegou em Vancouver no dia 29 de dezembro de 2014, dia em que comemoramos 4 anos de relacionamento.

Enquanto eu fui buscá-lo no aeroporto, minha querida irmã preparou um macarrãozinho supimpa para nós.

Claro que ele não teria pique para cozinhar, pois estava desnorteado por conta da longa viagem! (Valeu, sister!)

____

Conforme mencionei na postagem LXXIX. O Bom Marido no Canadá – Feliz Ano Novo! , nos primeiros dias da viagem do Bom Marido, permanecemos no apartamento dos nossos queridos amigos Dimitri e Fabiana, do canal Canadá Diário. (Valeu, gente!)

IMG_2682

Foi lá que o Bom Marido preparou as primeiras iguarias em solo canadense, incluindo nosso banquete de Ano Novo.

No dia seguinte à chegada do Bom Marido, a primeira coisa que fizemos após o café da manhã foi dar uma passada no mercado.

IMG_2694O almoço foi o básico Arroz Integral com Curry e Filé de Frango na Manteiga, que é o nosso coringa!

Na véspera de Ano Novo, após um dia de passeios, compramos algumas coisinhas para nossa ceia, incluindo um vinho tinto seco muito bom por sinal.

O Bom Marido nos surpreendeu com um banquete para nossa ceia, com direito a entrada, prato principal e sobremesa!

Entrada(s):

1. Sashimi de Salmão (compramos um pedaço grande de salmão, para o qual o Bom Marido havia pensado em três formas de preparo)

2. Degustamos uns queijinhos e o vinho que compramos, enquanto a terceira entrada não ficava pronta!

3. Finalmente a deliciosa “Casquinha” de Salmão ao Molho Branco. Geralmente ele faz com peixe branco e coloca em forminhas em formato de conchinhas, mas como estávamos na casa dos amigos, utilizamos as tigelinhas de louça que encontramos por lá.

DSC00811

(Receita em breve)

Prato Principal:

Salmão Assado, acompanhado de Arroz Integral com Curry e Salada de Alface Romana com Molho de Mostarda. E mais a Lentilha saborosa que minha irmã fez (nossa tradição é comer lentilha no Réveillon).

DSC00825

Eu fiz o molho de mostarda!

Sobremesa:

Café com Sorvete Rolo Nestlé sabor Peanut Butter. Sem mais!

DSC00834

____

DSC00835Eu também me arrisquei na cozinha, especialmente sabendo que o Bom Marido e minha irmã adoraram as minhas Panquecas de Banana!!!

Compramos um “syrup” baratinho no Walmart, achando que era de Maple, mas na verdade era apenas um melado qualquer…

Pelo menos ficou bom nas panquecas!

____

Na semana seguinte já estávamos no apê que alugamos em West End Vancouver. Lá o Bom Marido continuou a fazer uma comidinha esperta para nós, mas sem muita variedade, afinal experimentávamos guloseimas sempre que saíamos e em casa comíamos mais o básico, ainda assim delicioso, claro!

IMG_3026Arroz Integral com Filé de Peixe Branco e Hash Browns (e Salada)

Gosto do jeito que o Thierry prepara o arroz. Ele coloca um pouquinho de óleo na panela, uma colherinha de curry e refoga 1 xícara de arroz nesta mistura. Em seguida ele coloca 3 xícaras de água e deixa cozinhando até ficar no ponto.

O filé de peixe ele tempera com limão, sal, pimenta, empana e frita com um pouquinho de margarina.

E as Hash Browns? Bom, ainda não descobrimos como fazê-las, mas o Bom Marido se apaixonou por essa iguaria feita de batata ralada e prensada em forma de hambúrguer. Dá para fritar ou assar. Preferimos assar.

____

IMG_3210De vez em quando o preço do Salmão estava bacana, então a gente fazia questão de comprar.

Era uma das opções para quando a gente não queria ficar só no filezinho de peixe!

Olha o capricho do Bom Marido!

O Bom Marido comia as Hash Browns quase todo santo dia. Eu evitava ao máximo, apesar de achar uma delícia. Eu ficava na saladinha mesmo. Especialmente de salsão, que era barato, suculento e gigantesco por lá!

____

IMG_3409Certo dia, inventamos de comer batata-doce. Seguindo a deliciosa versão de Batata Assada com Molho de Requeijão que já virou sucesso na casa do Thierry, em Vancouver ele fez:

Batata-doce Assada com Cream Cheese e Cebolinha, pra acompanhar o Filé de Peixe.

Essa saladinha já vendia assim prontinha para consumo no supermercado No Frills. Custava menos de 1 dólar o pacotinho. Era só abrir, colocar no prato, temperar e se deliciar.

Detalhe para as batatas chips President’s Choice enfeitando o prato!

IMG_2304

____

IMG_3475Mais uma delícia preparada pelo Bom Marido: Peixe Desfiado ao Molho Branco com Purê de Batata-doce!

Sim, insistimos em tentar comer batata-doce mais uma vez, mas sinceramente, não curtimos muito.

O que ficou bom mesmo foi esse peixinho desfiado que o Thierry fez!

Hmmm! Caprichadíssimo!

____

De vez em quando, uma extravagância pode, não pode? Pois bem… Passeando em um dos meus mercados prediletos, o Urban Fare, eis que o Bom Marido se depara com esse lagostini suculento na vitrine da peixaria. O que ele fez? Comprou, claro. E assim, jantamos um delicioso Lagostini Assado Recheado com Pedaços de Alho e acompanhado de Arroz Selvagem e Salada.

IMG_3541

Perfeito!

____

Além do Arroz Integral puro, nós o comíamos misturado ao Selvagem. Uma delícia!

Era uma das opções para acompanhar nosso peixinho de cada dia!

by_Thierry_Elaine

____

Neste cardápio também tem espacinho para o delicioso ovo frito do Bom Marido. Já comentei em outra postagem que até o “zóião” que ele faz fica com um gostinho especial. Não sei se é a manteiga, ou se são os temperos, ou tudo junto, mas eu adoro o ovinho que ele faz!

IMG_3632

____

Falando em ovo, eis uma Omelete Supimpa que eu ajudei a preparar:

No recheio temos: queijo prato, peito de peru, cebolinha, cebola e temperinhos.

Olha a chips President’s Choice aí outra vez!

by_Thierry_Elaine

____

Quando íamos ao mercado, sempre pesquisávamos os itens que estavam em oferta, independente da marca. A qualidade dos produtos lá não variava muito de marca para marca, então era simples escolher a mais barata e levar para a casa, sem medo de se arrepender.

Comprávamos pão integral por um ótimo preço. Fazíamos lanchinhos para levar quando saíamos para longe. Super prático. Pão, cream cheese, queijo prato, peito de peru e salada. Uma ótima forma de economizar dinheiro nos passeios!

Mas no apê também rolavam lanches, especialmente para o Bom Marido que comprou uns hambúrgueres gigantescos para experimentar. Desses eu passava longe, afinal, quem me conhece sabe que eu não curto carne vermelha. Amo peixe e consumo frango com mais frequência do que gostaria…

____

IMG_3282Enfim, estes foram alguns dos rangos preparados por nós em nossos 40 dias de viagem juntos. (Nossa “lua de mel antecipada”)

Espero que tenham apreciado!

Se eu conseguir liberar espaço de arquivo aqui no meu WordPress, eu tento postar mais uma parte da Sessão Macho & Fogão – Especial Canadá.

Por enquanto fiquem com estas imagens de dar água na boca!

____

Obrigada pela visita e até à próxima!

😉

Sessão: Macho & Fogão (pte. 11)

Nham! Sentiram saudades das gororobas do Bom Marido?

Eis que elas estão de volta, mas quem quiser relembrar as anteriores, eis os links:

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 10)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 9)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 8)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 7)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 6)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 5)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 4)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 3)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

____

Frango com creme, fritas e saladaFrango com Creme de Leite, Fritas e Salada

Sem segredo! Na mesma frigideira onde o frango foi grelhado na manteiga, é só retirar o frango, colocar o creme de leite, misturar bem, devolver o frango para a frigideira e pronto!

É claro que o Bom Marido conserta o tempero, ajusta aqui, ajusta ali até ficar ideal ao nosso paladar apimentado. Mas esse franguinho com creme é sempre uma pedida prática para o almoço ou o jantar.

As batatas fritas são de praxe. Já a salada com aceto balsâmico e pimenta do reino só eu que aprecio!

Mas cá para nós… Molhar a batatinha nesse molhinho é a melhor parte da refeição!

____

 Torta de frango da mamãeTorta de Frango da Mamãe

Agora é pra valer! Comecei a me interessar mais pelo fogão e, para surpreender o Bom Marido, resolvi tentar fazer, 100% sozinha, esta deliciosa Torta de Frango – receita da minha ilustre e maravilhosa mamãe.

Tudo bem que o liquidificador é meio fraquinho e não me ajudou muito, mas deu tudo certo. Ficou uma delícia.

Da próxima vez eu tento fazer de forma que a massa fique mais leve e aerada. Talvez eu deva bater a massa em partes, de pouquinho em pouquinho até dar certo…

E que a sogrinha não saiba, mas eu quase explodi o liquidificador que ela comprou com tanto carinho para seu filhote!

Heita!

Confira a receita:

::: Recheio: Cozinhe 1 peito de frango com 1 tablete de caldo de galinha. Desfie-o e reserve. Em uma panela média, coloque uma colher(sopa) de azeite e frite bem 1 cebola média picada. Acrescente o frango desfiado, 2 tomates médios picados, 1/2 pimentão picado e temperar à gosto com pimenta do reino, sal, colorífico, e um envelope de Sazon (opcional). Acrescente outros temperos, se quiser. Eu, por exemplo, coloquei pimenta calabresa e estragão também. Reserve o recheio.

::: Massa: No liquidificador coloque 3 ovos, 3 xícaras (chá) de farinha de trigo, 2 xícaras (chá) de leite, 1 xícara (chá) de óleo, 1 pacote (50g) de queijo ralado, 1/2 colher (sobremesa) de sal, 1 colher (sopa) de fermento químico + 1 pitada de bicarbonato de sódio e 1 caixinha de creme de leite. Bata tudo muito bem até ficar um mingau grosso, não muito mole.

::: Montagem: Coloque metade da massa em uma forma untada e enfarinhada. Coloque todo o recheio. Cubra com um pouco de requeijão cremoso (opcional) e cubra tudo com a outra metade da massa. Leve para assar em forno preaquecido (180º) e assar por aproximadamente 45 minutos.

Sirva quente ou fria!

____

Omelete à 4 mãosOmelete à Quatro Mãos

Sem piadinhas, nem trocadilhos. Eu ia comentar que fizemos essa omelete de quatro, mas isso não seria muito bem interpretado pelas pessoas! hehe

A verdade é que eu botei quebrei três ovos em uma tigela, dei uma leve batida e acrescentei cerca de uma xícara (chá) de tomate picado, duas colheres (sopa) de milho verde em conserva, duas a três fatias de presunto picado e levemente frito pelo Bom Marido, meio pacote de queijo ralado, pimenta do reino, pimenta calabresa, meia cebola picadinha, sal e estragão! Misturei tudo muito bem e passei a bola para meu amado fritar!

O certo seria a gente pegar uma frigideira, colocar um pouco de óleo ou manteiga e fritar. Mas como já havia uma frigideira onde ele havia acabado de fritar umas linguiças de frango, resolvemos cometer um crime e aproveitar aquele óleo que ficou no fundinho.

O resultado ficou interessante, mas da próxima vez vamos fritar em óleo novo mesmo!

____

Filé de Peixe com purê de batata e espinafreFilé de Peixe com Purê de Batata e Espinafre

Não existe nada mais prático do que um purê de batatas!

O que não deve ser prático de fazer é esse espinafre batido que minha sogrinha sempre traz para a casa do Meu Amado. Vira e mexe ele abre o congelador e encontra uns pacotinhos por lá!

Muito bom! Preciso aprender a fazer essa parada.

Só sei que o Bom Marido cozinha umas batatas, amassa, coloca o espinafre descongelado e mistura tudo linda e cremosamente!

Nham! O filezinho de peixe temperado com sal e pimenta do reino e grelhado na manteiga só vem para abrilhantar o prato!

____

Strogonoff de frango com arroz integral e batata palhaStrogonoff de Frango com Arroz Integral e Batata Palha

Sem dúvida esse prato já passou por aqui umas 4 ou 5 vezes, pois estamos na 11ª Sessão: Macho & Fogão e eu não canso de postar o Strogonoff do Bom Marido.

É que eu acho tão bonito! E fora isso é um dos pratos que ele gosta muito de fazer e um dos que ficam mais saborosos também. Então sempre que ele faz e eu tiro foto, eu posto aqui!

O diferencial deste prato não está em nenhum ingrediente do Strogonoff, nem no arroz integral, mas sim na batata palha que ele mesmo inventou de temperar.

A gente sempre comprava a Batata Palha Temperada Yoki no Carrefour. Mas como o Bom Marido passou a fazer as compras maiores somente no Atacadista Roldão, a batata palha mais em conta que tem lá é a Lucky (Torcida), que não é temperada.

Então ele mesmo coloca no pacotão: pimenta do reino, pimenta calabresa, estragão e mais algum tempero que estiver em mãos, sacode bem e, voilá! Batata Palha temperada em casa!!!

____

Pudim de Jack Daniel'sPudim de Jack Daniel’s

Certa vez fizemos outra uma deliciosa Torta de Jack Daniel’s (o Whisky predileto do Bom Marido), mas eis que nos deparamos com uma receita de Pudim de Jack Daniel’s e resolvemos experimentar.

Aproveitamos a visita dos nossos pais em um almoço de domingo e fizemos a sobremesa. Quando vimos, estávamos em 4 fazendo o pudim e loucos de ansiedade de vê-lo pronto.

Eu preparei a massa, Meu Amado ralou a casca do limão e providenciou o Whisky. Já minha mãe e minha sogrinha ficaram no fogão fazendo a calda! Que time, hein?

Só sei que o pudim saiu assim achatado e quadrado, pois descobrimos que NUNCA tivemos uma forma de pudim, portanto tivemos que improvisar com as duas forminhas de bolo inglês que, agora sim foram úteis para alguma coisa!

Todo mundo fazendo o pudim de Jack Daniel's!E não é que o pudim ficou uma delícia? Vejam a receita:

::: Ingredientes: 1 lata de leite condensado, a mesma medida de leite, 3 ovos, 200g de açúcar, 3 doses de Jack Daniel’s e 1 limão.

::: Modo de preparo: No liquidificador colocar o leite condensado, o leite, o whisky, os ovos e bater até ficar bem homogêneo. Ralar a casca do limão e acrescentar à mistura. Enquanto isso, preaqueça o forno a 180º e faça o caramelo do pudim: colocar o açúcar em uma panela (ou diretamente na forma de pudim) e deixar dissolver, sem mexer. Colocar a massa em cima do caramelo e assar o pudim em banho-maria por cerca de 40 minutos. Espete uma faca no pudim e, se sair seca, está pronta. Se não estiver, deixe por mais 5 ou 10 minutos. Antes de servir, coloque para gelar.

____

Macarrão colorido com frango e molho brancoMacarrão Colorido Vapt-Vupt

Fim de domingo… Aquela ligeira fome batendo… Mas nada que exigisse um jantar pesado, afinal o almoço de domingo é sempre tarde. Então vamos a um macarrãozinho delicioso e fácil de fazer.

Com um pacote de Tortelini Tricolor Dona Benta, um pacote de Molho de Pimenta Verde Knorr, uma caixinha de creme de leite, meio peito de frango desfiado e alguns temperos, o jantar está deliciosamente garantido!

Uma dica: umas boas gotas de Tabasco na hora de servir dão um toque especial ao jantar!

Nham!

____

Gostou?

Então fique à vontade para deixar comentários e sugestões gastronômicas para nós!

CSUBM_Capafinal_2013a____

Quer saber como adquirir um exemplar do livro Como ser um Bom Marido? Então clique AQUI!

Curta também a página do livro no Facebook: www.facebook.com/comoserumbommarido.

Até mais!

____

LXIX. O Bom Marido vai às compras!

carrinho-de-compras-3Sempre gosto de ir junto com o Bom Marido ao supermercado, para ajudá-lo a procurar os itens e, sempre que possível, colaborar na hora de passar no caixa.

(Mentira, eu gosto mesmo é de passear no mercado, ver gôndolas, embalagens, novidades, ofertas, curiosidades, ticar a listinha, sentir o cheirinho de supermercado, empurrar o carrinho alegremente pelos corredores e ser feliz, rs!!!)

Brincadeira!

Não sou a louca do supermercado, mas eu confesso que adoro passear pelos corredores, mesmo que eu não vá comprar coisa alguma!

Mas como eu estava dizendo, nem sempre consigo ir às compras junto com Meu Amado. Às vezes os itens fundamentais da vida dele (Coca-Cola, batata frita e açúcar) acabam e ele se vê obrigado a sair da toca sozinho para ir comprá-los.

Víciomaldito

Antes o trajeto era somente até o Carrefour mais próximo da casa dele. Mas como ele compra em grande quantidade para já deixar estocado e evitar sair de casa o máximo possível (lei do menor esforço!), a alternativa mais em conta passou a ser o Atacadista Roldão.

donabentaLá ele compra:

Coca-Cola (fardos e fardos!);

– Açúcar União (pacotão fechado);

– Carnes (quilos e quilos de frango e carne vermelha);

– Batatas congeladas para fritar (pacotões gigantes), preferência: McCain;

– Farinha de trigo Dona Benta (pacotão de 5 kg);

Wafer Bauducco– Biscoitos (Wafer Bauducco), Chocolate Bis, Doce Gibi ou Paçoquita e outras besteirinhas;

– Batata palha (tamanho família). Lá no Atacadão a única marca que presta e compensa pelo preço é a Lucky;

– Papel toalha (vários rolos). A marca mais em conta é a do próprio Roldão;

– Margarina Doriana sem sal (vários potes, afinal ele utiliza muito para cozinhar);

– Requeijão cremoso. Como é caro, ele só compra um ou dois copos. Preferência: Danubio;

doriana_cremosa_500g_sem_sal– Batata, tomate, cebola… Itens básicos da culinária do Bom Marido!

– Entre outras coisas que, geralmente, eu coloco na listinha de compras…

O Atacadista Roldão tem bons produtos com preços que até valem a pena, mas o problema é que a variedade de marcas não satisfaz as nossas exigências, nos obrigando a ir até o Carrefour comprar o que estiver faltando, como por exemplo o leite Batavo e o suquinho Clight.

Clight_Uva

nesfit_mel_amendoasDa última vez em que o Bom Marido foi ao Carrefour, ele foi sozinho e comprou algumas coisinhas pensando em mim também:

– Suco Clight nos meus sabores prediletos (Uva e Lima-Limão);

– Cereal Nesfit – Mel e Amêndoas (meu prediletíssimo!); e

Yakult.

A listinha sempre ajuda o Meu Amado a fazer as compras, mas só o fato dele se preocupar em comprar coisinhas que eu gosto e não fico sem, já mostra o carinho dele em me ver bem, feliz e satisfeita nos dias em que durmo lá na casa dele.

Um Bom Marido não se preocupa apenas com o próprio umbigo. Ele se preocupa com o bem estar da Boa Esposa também! E com certeza tem que ser recíproco!

😉

E vamos às compras!

#ficaadica

 

LXVIII. Feriado, sossego e alegria!

Lucky_sossegoQue vida boa!

Sem trânsito, sem gastos, sem furdúncio… Só o conforto do lar e do colinho do Meu Amado.

Após ter passado anos e anos trabalhando enlouquecidamente sem saber o que era sábado, domingo e feriado, eis que pude desfrutar de um feriadão sem remorso algum nos braços do Bom Marido.

Não é preciso ir longe, nem gastar rios de dinheiro para aproveitar as coisas boas da vida. Às vezes é bom ficar em casa assistindo a alguns filmes e seriados, comendo pipocas na cama.

Dormir abraçadinhos até tarde sem se preocupar com o despertador. Tomar aquele super banho juntinhos, com direito a massagem e tudo mais! E depois ainda tomar uma sopinha com pão caseiro. Hmmm…

Tem tanta coisa boa para fazer em casa no feriado! Mas às vezes também é tão bom não fazer coisa alguma!

Vivemos em um mundo tão caótico, tão competitivo, tão urgente que não podemos nos dar ao luxo de descansar. Qualquer horinha sem fazer algo “útil” já é sinônimo de improdutividade. E aí bate aquela culpa, aquela sensação de que está faltando alguma coisa.

Mas descansar também é útil. Aliás, é importantíssimo. É como deixar um liquidificador ligado ininterruptamente. Uma hora ele queima. Assim também funciona conosco. É preciso desligar de vez em quando, algumas horas, alguns dias. E não é preciso fazê-lo em uma praia paradisíaca só para depois postar as fotos no Instagram para os “amigos” verem.

Desliguemos-nos de tudo isso: obrigações, conexões, televisões, ostentações. Vamos cuidar de nossas mentes e de nossos corações.

Pipoca e filme!Se tiver uma rede, deite-se nela e leia um livro.

Se não tiver, leia no sofá, na varanda, na cama, naquele cantinho agradável da casa…

Ou então, faça palavras-cruzadas. É um passatempo leve, mas que ao mesmo tempo mantém a mente exercitada, sem cansar.

Pratique a “cozinhaterapia”! Faça um prato diferente ou até mesmo uma torta de banana para a pessoa amada! Sem dúvida o cheirinho de açúcar e canela pela casa deixa a vida mais gostosa!

Pinte, desenhe, dance, escreva! Faça algo que você gosta e que não seja trabalhoso.

Durma. Durma bastante! Durma sem culpa! Acorde, coma, beije a pessoa amada, afague seu bichinho de estimação e durma outra vez!

Aproveite bem o sossego desses dias.

E seja feliz nos dias que virão! 😉

#feriado

LXVII. A arte do improviso!

Todo relacionamento precisa de um pouco de criatividade e muito bom humor para dar certo. Nessas horas, vale até dar aquela bela improvisada para resolver algum probleminha aqui, outro ali até tudo se ajeitar!

Em uma postagem sobre MATRIMÔNIO eu havia dito que na casa do Meu Amado falta muita coisa para ficar do jeito que a gente gostaria, afinal ele se mudou de um apartamento médio para uma casa grande e tudo o que estava no apê é o que a gente  usa na casa até hoje, como por exemplo o único sofá de três lugares que existe, a velha TV de tubo (que ainda funciona bem, mas não sabemos até quando), uma bicama que agora está encostada (entulhada) ao lado da escada… Entre outras coisas!

Salinha Arrumada 2012A cozinha já veio planejada pelo antigo morador. Ainda bem, senão só teríamos uma mesinha, um fogão, um armário pequeno e uma geladeira para contar história! A mesinha está no canto da sala que seria de jantar, assim como o armário, que virou um porta-treco e cacareco!

Ah! Ainda bem que o fogão e a geladeira que estavam no apê foram descartados antes de irem para a casa, pois o fogão não caberia no espaço do móvel planejado e a geladeira estava mais parecendo uma caixa de isopor furada de tão velha, tadinha! Sorte que a sogrinha providenciou tudo novo para seu filhote amado!

E o quarto? Bom… Como não havia guarda-roupa, sogrinha acabou comprando um bem grandão. A cama, a gente ficou um bom tempo usando a que estava no apê, até o Thierry comprar uma (que ele viu na Internet, rs) e colocar a velha no quartinho das visitas.

Tudo foi se ajeitando aos poucos e lentamente. A sogrinha foi trazendo mais cadeiras para a casa (pois lá no apê só eram duas ou três); Meu Amado comprou umas plantinhas; eu fui tentando limpar e organizar tudo, ora mudando os móveis de um lado, ora do outro… Até que deu para ir arrumando…

Mas uma coisa que ainda estava faltando na casa era uma mesa de jantar.

Almoço_Niver_MamãeA gente sempre comia no balcão da cozinha ou nas mesinhas de plástico da área de lazer (uma já estava aqui, que o antigo morador abandonou com cadeiras e tudo, a outra, foi a sogrinha quem trouxe, rs).

Porém, teve um dia em que minha irmã quis passar um fim de semana conosco e, na hora do jantar, inventamos de comer assistindo a algum filme na TV da sala.

Ela não tem frescura com nada, tanto que ela comeria com o prato no colo de boa, mas como eu havia passado roupas na sala e a tábua de passar ainda estava por ali, o que nós fizemos?

Improvisamos uma mesinha:

DSC03906

Bom, para três pessoas rola, mesmo sendo um tanto… instável!

Só sei que no dia em que o Thierry inventou de fazer aquela enorme PREJEREBA QUE NÃO COUBE NA FORMA, a ideia era convidar uma galera para saborear o peixão… Mas onde o pessoal iria comer? Nas mesinhas de plástico? No balcão da cozinha? No colo? Na tábua de passar???

Prejereba, batata sauté e salada com carambola

Foi aí que o ilustre pescador e também marceneiro Bom Marido resolveu reaproveitar o material que ele estava usando para fazer os móveis do seu escritório e fez uma belíssima mesa para oito pessoas!

Mesa para 8, by Thierry

Plim! Fez tudo em um só dia!

(Ainda bem que já tínhamos as cadeiras!)

Almoço especial

Mesmo assim não coube todo mundo (estávamos em doze naquele dia), porém tivemos o auxílio da velha mesinha que veio lá do apê, há mais de 3 anos… rsrs

Até que foi bem útil!

Almoço na casa de Mon Amour

E assim, todos comeram felizes para sempre!

Almoço na casa do Thierry

😉

____

O bom da vida é justamente isso: saber aproveitar cada momento sem fazer um grande drama por cada coisa que falta. Vai lá e dá um jeito, oras! Reaproveite, crie, transforme, reforme, invente, economize para comprar o que você quer, compre, pinte, decore, faça. Não fique parado reclamando. Mexa-se e use a sua criatividade para deixar o seu dia a dia mais feliz!

____

LXIV. Fazendo as coisas juntos – a quatro mãos e dois corações

Em tópicos anteriores falei muito a respeito do valor que deve ser dado ao trabalho da pessoa amada. Isso também deve ocorrer quando os dois resolvem fazer alguma coisa juntos.

Como é o caso daquele casal que, cansado de bater cartão e obedecer patrão, resolve abrir o próprio negócio e ser feliz para sempre… Ou então, trabalhar para sempre!

Se um não der suporte para o outro, o casamento vai para o beleléu em dois tempos. Uma que, trabalhar para/com parentes/cônjuges exige uma boa dose de paciência e muita estrutura psicológica e administrativa para que tudo dê certo, sem desgastes, brigas ou tentativas de uma pessoa passar a perna na outra…

E outra: é preciso saber lidar com situações pessoais e situações de trabalho sem que as primeiras interfiram nas segundas. Não adianta tentar separar. A vida de cada indivíduo é uma só, no entanto as responsabilidades são várias e devem ser administradas cada uma em seu devido momento.

A pessoa deve ser parceira do seu cônjuge e não adversária. Um deve cobrir o outro, ajudar, dar suporte, instruir, elogiar, saber cobrar e aceitar ser cobrado. O relacionamento deve ser sempre uma boa parceria.

____

Não muito longe deste universo, o Bom Marido e eu costumamos fazer várias coisas juntos. Não temos uma empresa ou um negócio, mas uma coisa que sempre acontece conosco é um precisar da ajuda e dos conhecimentos do outro em determinado trabalho.

::: Exemplos:

ComoserumBomMarido_PagSeguro

1) Inventei de fazer um livro (que vocês estão carecas de saber) sobre este blog, cujo título, vocês bem sabem, é: “Como ser um Bom Marido – Porque toda mulher tem o Príncipe Encantado (ou o Sapo) que merece!”.

E a grande maioria sabe que o criador da imagem de capa foi o próprio Bom Marido, bem como alguns detalhes de cor, diagramação, fonte e tudo mais que ele fez questão e teve todo o direito de opinar. Ou seja, eu precisei dos serviços de design e arte em 3D dele para que o meu livro (meu trabalho) ficasse perfeito. Fiz minha parte (o livro) e ele deu o toque dele (a arte).

O livro está à venda em diversos sites, inclusive o do próprio Bom Marido, que deu um charme especial ao anúncio:

th.art.br/_produtos/comoserumbommarido

____

2) Meu Amado desenvolveu um curso de Redesenho para Corte a Laser e fez um vídeo super bacana para divulgar esse curso. Além da revisão e da readequação do texto, o Bom Marido precisou que eu fizesse a narração do vídeo também. Fiquei muito empolgada com a ideia e gravei o áudio com o maior prazer!

O vídeo ficou lindo! O Bom Marido caprichou em todos os detalhes, vejam:

Sem dúvida essa divulgação deu um upzinho nas vendas do curso, mas sempre é bom continuar alastrando por aí para que o Meu Amado possa vender muito mais e assim teremos dindim para finalmente oficializarmos nosso matrimônio conforme manda o figurino!!! rsrs.

Brincadeiras à parte, é muito gratificante ver um trabalho tão bem feito dando super certo e saber que tem um dedinho meu nisso tudo!

____

3) E para finalizar, um exemplo bem prático e útil que pode ilustrar diversas situações do cotidiano de um casal: UM BOLO!

Bolo_ElaineThierry Todos sabem que eu sou uma negação no fogão, mas eu tenho uma relação bacana com o forno. Pois bem, toda vez que a gente inventa de fazer um bolo ou uma torta, eu me encarrego de fazer a massa, enquanto Mon Amour se ocupa com o recheio e/ou a cobertura.

Este é o exemplo que mais se enquadra em um trabalho em equipe. Ou trabalho em dupla. Ou trabalho a quatro mãos, como eu costumo dizer!

Ou seja, se eu fizer uma massa muito pesada, não misturar direito ou esquecer algum ingrediente, o bolo inteiro vai pro saco. E se o Bom Marido deixar a cobertura queimar ou empelotar no fogo, também se tornará inútil para concluirmos o bolo.

Percebem?

Tudo deve ser feito a quatro mãos e dois corações.

Um sempre irá depender (moderada e positivamente) do outro e é assim que as coisas funcionam em um relacionamento.

É assim que as coisas funcionam na vida.

____

Espero que tenham gostado!

😉

Bolo_Lucky
– Vejam só! Até eu ganhei um bolo feito pela mamãe e pelo papai! *.*

3 Anos de Muito Amor!

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineQuem diria! Chegamos ao nosso 3º ano de namoro! Yupiii!!!

O que eu posso dizer desses 3 anos? Simples! Que foi tudo maravilhoso, lindo, perfeito, sublime e transformador em minha vida.

Uma coisa é certa. Este WordPress me ajudou muito a avaliar cada momento do meu relacionamento com o Thierry. Eu fico lendo e relendo as coisas que eu já postei, revendo as fotos, corrigindo alguns errinhos que passam batidos nos textos e isso faz com que eu esteja sempre em contato com as coisas boas que o Meu Amado fez e faz por mim.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineÉ importante relembrar o que já foi vivido, pois com a correria do nosso cotidiano, acabamos apagando da memória alguns momentos, mesmo os aparentemente inesquecíveis, e ficamos só vivendo o presente com a cabeça no futuro em uma ansiedade que vai atropelando tudo “desgovernadamente”!

É importante registrar os bons momentos juntos, seja através de um diário, seja através de bilhetinhos, recadinhos, fotos, comemorações, cartas, cartões e até mensagens virtuais!

Eu recordo tudo (ou quase tudo) através deste blog que criei há 2 anos.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineFiquei um ano namorando o Thierry e me encantando com o comportamento, a gentileza, o cavalheirismo e os dotes culinários dele. Era muita coisa boa para não ser compartilhada com o mundo. Então resolvi criar esse espaço em homenagem a ele.

E foi dando tão certo, as pessoas foram gostando tanto que a ideia inicial, que era fazer um livro com este título, acabou finalmente sendo trabalhada e concretizada em uma linda e inesquecível obra que, até o presente momento, vem recebendo elogios de leitores e amigos.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineFoi em dezembro que resolvemos oficializar nosso namoro. Foi em dezembro que criei este WordPress. E foi em dezembro que lancei o livro “Como ser um Bom Marido”.

Justo dezembro, um mês que tem cara de “fim”, de “tchau”, de “acaba logo por favor!” e de lembranças sobre esta época e os entes queridos que já se foram…

Até que dezembro tem sido um mês bacana para mim. Antes eu detestava. Agora eu tenho motivos para celebrar. E agradecer.

2013_12_07_LançamentoBM4Muito obrigada, meu amado Príncipe Encantado e ilustre Bom Marido e “muso” inspirador: Thierry Durieux.

Que possamos celebrar nosso namoro/casório por muitos e muitos anos até ficarmos velhinhos e rabugentos!

Obrigada por me fazer feliz a cada dia mais, sem exageros e extravagâncias. Sempre na medida certa, tijolo por tijolo, em base firme, exatamente como tem que ser!

Je t’aime beaucoup!

____

E para celebrar nossos 3 anos de namoro, resolvemos fazer um belo passeio em Paranapiacaba, com direito à viagem de trem pelo Expresso Turístico da CPTM e roteiro cultural da Rizzatour.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine

Foi um passeio lindo! Pegamos o Expresso Turístico na estação da Luz, cujo embarque ocorreu às 8h30 do dia 29/12/2013.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineO trem é super confortável e toda a tripulação trabalha devidamente uniformizada como era antigamente, na década de 60. São dois grandes vagões de aço inoxidável (com janelinhas arredondadas!) puxados por uma locomotiva a diesel. Durante o trajeto, um membro da tripulação vai narrando algumas informações históricas sobre a ferrovia e as estações por onde o trem passa.

O trajeto da Luz até Paranapiacaba dura 1h30 e, chegando lá, os turistas podem optar por passearem pela cidade sozinhos ou adquirirem pacotes turísticos e ecológicos com acompanhamento de guias. Há também a opção de comprar tudo antecipadamente (tanto as passagens quanto os pacotes) através do site da Rizzatour.

Como eu estava afim de um passeio mais tranquilo com meu amado, optei pelo Roteiro Cultural – Vila Inglesa, que explora mais a história, os costumes e a arquitetura do lugar.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine

Assim que desembarcamos do Expresso Turístico, vários guias estavam segurando umas plaquinhas com seus respectivos roteiros. Avistamos um rapaz, o Gleison, com a placa “Vila Inglesa” e fomos até ele. Todos os turistas do grupo receberam um adesivo de identificação da AMA (Associação de Monitores Ambientais de Paranapiacaba) para só então seguirmos nosso rumo.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineNossa primeira parada foi para um rápido café ali mesmo próximo à Rua da Estação. Fomos abordados por um cachorro pidão que mal nos viu sentando para comer já apareceu com cara de quem adoraria ganhar um pedaço do salgado que o Thierry havia comprado! Depois os outros cachorros vieram (assim como meninos a pedirem esmola no farol nosso de cada dia) mendigar um pedaço de lanche. E não é por fome, é costume. A turma senta e os cachorros sabidos já marcam território ao redor! E como eu não resisto à carinha de pidão de cachorro algum, acabei dando um belo pedaço de lanche para esse fofo aí da foto! *.*

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineEm seguida subimos algumas ruas em direção ao Museu Castelo (local onde viveu o engenheiro-chefe da estação e de onde ele avistava e controlava a vila inteira).

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineDe longe a casa não parecia ser tão grande assim, mas passeando por dentro deu para perceber que ela foi uma mansão extremamente confortável.

Após a visita ao museu, já estava no horário do almoço, que por sinal estava incluso no pacote (exceto bebidas e sobremesas. A dica é levar algo para beber lá… R$ 4,00 uma mísera garrafinha KS de refrigerante? Rs! Eu sei, eu sou muito mão fechada mesmo! Rsrs!)

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineAlmoço simples, caseiro, mas delicioso. Lá o pessoal costuma transformar suas residências em restaurantes e pequenos comércios, afinal é preciso aproveitar o fluxo turístico e fazer um dinheirinho, não?

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineSeguimos em direção à ponte que liga a Vila Inglesa à Vila dos Portugueses. Descemos em direção à única coisa que restou da antiga estação que pegou fogo lá há muitos anos: a catraca. Passando pela catraca seria possível acessar o Museu Funicular (local onde veríamos como os trens eram puxados para subirem a serra em direção à Santos). Infelizmente o acesso estava fechado e não pudemos ir até lá. Uma pena, pois era um dos lugares que Meu Amado e eu mais queríamos ter conhecido!

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineSem problemas. Seguimos de volta para a vila e conhecemos a parte “planejada” de Paranapiacaba, onde as ruas são mais largas e as casas foram construídas de forma organizada, para atenderem aos operários que trabalhavam nas estações, bem como suas famílias.

Casas geminadas, casas hierarquicamente construídas de acordo com o status de cada operário, casas para duas ou mais famílias dividirem, barracão dos solteiros… Diversos tipos interessantes de moradia. E tudo aos moldes dos ingleses. Ah, esses ingleses!

DSC06842Hoje algumas dessas casas continuam sendo habitadas, outras se tornaram restaurantes, lojinhas, pontos de informações turísticas e outros.

Continuando nosso passeio, entramos em um lugar muito interessante, o Clube União Lyra Serrano, que era o “point” onde acontecia de tudo: bailes, festas, formaturas, sessões de cinema, apresentações, shows e etc. Um espaço com uma estrutura incrível. Fomos até à sala de projeção para vermos um projetor da época (um trambolho!), além das salas de jogos e do Café Bar do Lyra, onde tomamos um cafezinho esperto!

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineEm seguida, fomos ao Parque Natural Municipal das Nascentes de Paranapiacaba onde conhecemos uma das nascentes que abastecem a cidade. Quem opta pelos roteiros ecológicos, tem a oportunidade de percorrer mais trilhas parque adentro, o que não foi o nosso caso.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElainePor isso estamos considerando ir mais vezes para Paranapiacaba, porém optando pelos roteiros ecológicos!

Após esse refrescante passeio, fomos ao Centro de Visitantes do Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba onde vimos uma exposição com réplicas de plantas e animais que são encontrados no Parque das Nascentes, além de sementes e ninhos de aves e insetos.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine

Ao final da jornada, cada turista teve um tempinho livre para comprar artesanatos e dar mais umas voltinhas pela vila.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineMeu Amado e eu fomos em busca de sorvete, pois o calor estava escaldante! E quando voltamos ao ponto de encontro para nos reunirmos com o restante do grupo, vimos um senhor fazendo belíssimas pinturas em azulejos. Impressionante o trabalho desse artista (vide foto ao lado). É claro que não resistimos e resolvemos comprar um azulejinho para nós!

Depois fui descobrir, através da informação dada pelo meu amigo Edu Guimarães, que o nome dele é Zé Carlos e que ele um dia já foi funcionário da ferrovia, vivendo agora de sua incrível arte.

De repente, enquanto ainda estávamos a admirar nosso azulejo, apareceu um malabarista próximo à barraquinha onde compramos a obra de arte e começou a jogar malabares com facas, além de estar com uma espada enorme equilibrada em sua cabeça.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElainePena que já estava na hora de voltar para o trem que partiria às 16h30, senão a gente ficaria ali apreciando mais um pouco o espetáculo!

Nosso guia nos pediu que preenchêssemos um formulário de pesquisa e satisfação e seguimos de volta para o nosso querido trem, rumo à Estação da Luz.

Mas antes, fiz questão de contribuir com o trabalho do malabarista, afinal ele merece! Todo artista que desempenha seu trabalho com amor, técnica e capricho merece.

____

Agradecimentos ao pessoal da Rizzatour que nos atendeu muito bem e ao guia Gleison que foi muito gentil e paciente, desempenhando um ótimo trabalho e nos recheando de informações interessantíssimas sobre Paranapiacaba. Esse passeio valeu muito a pena!

NOTA MENTAL (Dicas para os próximos passeios):

– Deixar a bateria da câmera 100% carregada no dia anterior, rs!

– Besuntar o Thierry INTEIRINHO com protetor solar (tadinho, virou um camarão!)

– Levar um gravador para registrar todas as informações culturais que são passadas! É muita coisa e nós ficamos tão maravilhados que acabamos não conseguindo prestar atenção em tudo o que foi dito!

– E curtir cada momento, sempre!

E este foi o nosso incrível passeio por Paranapiacaba.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e Elaine____

Mas nossa celebração de 3 anos não parou por aí não!

Nós chegamos à casa de Mon Amour, fizemos um lanchinho breve e, mais à noite jantamos um delicioso espaguete integral com molho branco, além de brindarmos com uma indispensável taça de vinho tinto, não é?

Espaguete integral com molho branco– Cheers!

____

ComoserumBomMarido_PagSeguroE até o ano que vem, com muitas histórias, passeios e fotos para eu postar aqui (e quem sabe até lançar o livro “Como ser um Bom Marido – parte 2”! Hehe!)

Espero que tenham gostado!

Um grande abraço e um Feliz Ano Novo a todos!

____

Sessão: Macho & Fogão (pte.10)

Eita que chegamos à 10ª parte da Sessão: Macho & Fogão, com as famosas e incrementadas iguarias preparadas pelo ilustre, talentoso e chef Bom Marido!

Quem quiser relembrar as anteriores, é só clicar nos links:

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 9)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 8)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 7)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 6)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 5)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 4)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 3)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 2)

::: Sessão: Macho & Fogão (pte. 1)

____

O ano foi 13, ímpar, mas vamos encerrar essa sequência com um número par, não é? Então sejam bem-vindos à 10ª postagem referente às gororobas do Bom Marido. E até 2014, com mais fotos suculentas e inspiradoras!

Obrigada por acompanharem todas as postagens até hoje! 😉

____

Peixe empanado e Arroz 3 grãosPeixe Empanado e Arroz 3 Grãos

Às vésperas de pescar com o Paizão e o Sogrão, o Bom Marido fez um jantarzinho para todos. Simples, mas muito saboroso.

O peixe que ele escolheu para empanar foi uma das espadas que ele trouxe das pescarias anteriores. O arroz 3 grãos é composto de arroz integral, arroz preto e arroz branco.

Por cima do peixe um molhinho da marca Heinz, sabor barbecue. Achei interessante, mas o Bom Marido, que possui o paladar um pouco mais exigente, prefere esse tipo de molho de outras marcas.

____

DSC05886Filé de Peixe Empanado com Fritas e Mostarda

Tem peixe no congelador? Tem. E batata para fritar? Sempre. Então, na hora da pressa o ideal é ter algo fácil e prático de preparar.

Dica simples: o Bom Marido já deixa os filés de peixe prontinhos no congelador. Assim que ele chega da pescaria ele já limpa os peixes, congela alguns inteiros e outros ele retira toda a pele e a espinha, corta em filezinhos, armazena-os em saquinhos (geralmente de dois em dois) e os coloca no congelador.

Filé de peixe empanado com fritasQuando vai preparar a refeição, ele descongela um saquinho de filé, tempera com sal e pimenta do reino, passa na farinha e frita na margarina, de preferência sem sal.

Fish and Fries. Uma combinação perfeita que aceita mostarda, maionese, catchup, Tabasco e o que mais você quiser acrescentar!

____

Filé de frango com arroz pretoFilé de Frango Grelhado com Molho de Requeijão e Arroz Preto Ruzene

Só para relembrar! Filé de frango grelhado todo mundo já conhece. O Arroz Preto Ruzene feito com margarina e curry também. E o famoso molho de requeijão com cebolinha, nem se fala!

Mas já que na iguaria anterior eu postei uma dica, para esta aqui vou postar também: Para economizar, o Bom Marido compra vários quilos de peito de frango no açougue. Chegando em casa ele desossa os peitos de frango, corta-os em filés e os armazena em saquinhos (também de dois em dois) e os congela.

Ao preparar, basta descongelar um saquinho, temperar à gosto e fritar em um pouco de margarina.

E, claro, o molhinho de requeijão com cebolinha dá um toque mais do que especial!

____

Banana com Nutella Banana com Nutella

Mais uma dica rápida. Desta vez, trata-se de uma sobremesa.

Basta ter alguma fruta macia e um pote de Nutella! Neste caso a fruta escolhida foi a banana, que combina com tudo!

O Bom Marido gosta de comer banana com mel e aveia, ou mel e Neston, ou só a banana com açúcar mascavo.

Super prático e nutritivo!

____

Sopa de cerefólio e torradinhasSopa de Cerefólio e Torradinhas de Pão Caseiro

Mãe é mãe, não é? E no meu caso eu posso dizer também: Sogra é sogra!

Sempre que possível, minha sogrinha prepara alguns tipos de sopa, congela em potinhos de margarina e leva para a casa do seu filhote, o Bom Marido, para ele consumir sempre que bater aquela leve fominha à noite.

O tal do cerefólio ou cerefolho (cerfeuil) é uma erva encontrada na Europa parecida (fisicamente) com a salsa. Tem um sabor bem suave e pode ser usada em sopas, molhos e cremes. É um ingrediente indispensável na culinária francesa.

Essa sopinha que a sogrinha fez merece um capítulo especial, com direito a dicas e a receita propriamente dita (isto se ela quiser revelar o segredo!) e fica uma delícia com as torradinhas de pão caseiro que o Bom Marido faz!

Supimpa!

____

Panquecas Panquecas Americanas e Maple Syrup

Perdemos a receita das panquecas que fizemos da outra vez com base na receita do Edu Guedes, mas graças à internet encontramos outra receita (até mais prática) e mandamos bala!

Ops, digo… O Bom Marido mandou bala, pois da vez que tentei fazer panquecas na casa de Mon Amour foi uma tremenda tragédia, mas ainda bem que ele entrou em ação e salvou as panquecas! Relembre esse fato clicando AQUI.

O Maple Syrup ainda é aquele que eu trouxe do Canadá. Snif! Quero voltar para lá… Não só pelo maple syrup , mas também por todas as outras coisas maravilhosas que existem lá! rs

Mas voltando às panquecas, nada melhor do que servi-las com um delicioso e indispensável café. E pronto! O lanche está garantido!

Obs.: Quem não tem Maple Syrup pode comer as panquecas com mel, xarope de glicose, sorvete, chocolate, chantilly ou outro creme à gosto! O divertido mesmo é comer panquecas!!! \o/

____

Arroz, feijão e filé de peixeArroz, Feijão, Filé de Peixe e Filé Miau, Ops!

Uma semana antes do lançamento do livro “Como ser um Bom Marido”, fui até o Mercado Municipal com meu Papai e meu Amado. Fui ver uns quitutes, umas amêndoas e uns petiscos para servir no lançamento. Nem comemos nada por lá, pois estava lotado, estávamos com pressa e ainda tínhamos que passar no Roldão Atacadista, para comprarmos mais umas coisinhas, em especial os refrigerantes para o dia do lançamento.

Filé Miau!Chegando à casa do Bom Marido, ele fez um arrozinho básico, descongelou um potinho de feijão e fez, rapidamente, uns filezinhos empanados de peixe. Uma delícia! Meu pai até tomou uma cachacinha para acompanhar! 😉

E olha só, até o Lucky quis participar do almoço com a gente!

Um fofo, né? *.*

____

Chocolate Goldkenn - Jack Daniel'sChocolate Goldkenn – Jack Daniel’s

Passear pelo Mercado Municipal tem lá suas vantagens!

A gente encontra coisas que não costuma encontrar nem nos empórios da vida.

No mesmo dia em que fui lá com meu Papai e meu Príncipe Encantado, resolvi presenteá-los com umas cervejas diferentes. No mesmo lugar onde comprei as tais cervejas, comprei uma barrinha de chocolate Goldkenn em uma versão curiosa: Jack Daniel’s.

Jack Daniel’s é o whisky predileto do Bom Marido. Por isso fiz questão de comprar esse mimo para ele.

Testado e aprovado! 😉

____

Café da manhã na camaCafé da Manhã na Cama

Está mais do que comprovado. Café da manhã na cama anima qualquer pessoa a ter um dia mais disposto e feliz.

Sempre é o Meu Amado quem me traz as refeições na cama, mas de vez em quando eu faço questão de preparar o café para ele.

E nem precisa ter muita coisa. Um pão, um bolo (no caso um pedação de panetone), umas torradas, um cereal, um café, uma fruta… Dá para incrementar a bandeja com duas ou três iguarias que o casal gosta de comer e… voilá! É só saborear e encarar o dia com muito amor e alegria! ^^

____

Tralharim ao molho branco com friosTalharim ao Molho Branco com Presunto

Taí uma combinação perfeita: massa e vinho.

É chique, é fácil de fazer, é saboroso e (quase) todo mundo gosta.

Eu adoro!

E o Bom Marido preparou um talharim ao molho branco com presunto (que ele dá uma leve fritada antes de acrescentar ao creme de leite), temperos à gosto e um toque de orégano por cima, para enfeitar.

O vinho que abrimos para acompanhar essa massa foi o Santa Helena – Carmenere, que eu comprei de presente para o Meu Amado há alguns meses.

Uma delícia esse vinho. Com certeza nós recomendamos!

____

Espaguete integral com molho brancoEspaguete Integral com Molho Branco

Sabe o molho branco da receita anterior? Pois então! Sobrou bastante e, como a gente faz de tudo para não desperdiçar alimentos, o que eu acho muito feio, vindo de algumas pessoas, então resolvemos reaproveitá-lo para mais uma refeição, desta vez o jantar de comemoração aos nossos 3 anos de namoro (29/12/2013).

Eu adoro macarrão integral. E esse espaguete combinou muito bem com o molho branco com presunto e especiarias.

E sabe o vinho? Então! Também sobrou e resolvemos finalizar a garrafa, brindando os nossos 3 anos juntos!

E que sejamos muito felizes e possamos comemorar muitos outros aniversários de namoro/casório. E claro, com mais guloseimas apetitosas para eu continuar postando por aqui!

E até a próxima!

😉

____

Já viu o livro “Como ser um Bom Marido”? Não? Então veja:

ComoserumBomMarido_PagSeguro