CVI. E lá vem o “Valentine’s Day” outra vez…

Seria curioso comemorar o Dia dos Namorados em fevereiro, pertinho do Carnaval, ou como o próprio nome sugere: festa da carne!

IMG_8615Já temos nosso Dia dos Namorados em junho, numa época de friozinho gostoso e namoro embaixo das cobertas!  Por isso os brazucas nem dão muita bola para o tal do Valentine’s Day (Dia de São Valentim), comemorado em 14 de fevereiro.

Namoro é coisa fofa, compromisso, responsabilidade, cuidar de alguém, se importar com alguém, amar, ser amado, mimar e ser mimado.

Gostar das mesmas coisas, mas nem sempre. Olhar na mesma direção, mas nem sempre. É conhecer, descobrir, entender e respeitar.

Não é só beijo na boca e sexo. É amor e carinho. É fazer uma comidinha gostosa para a pessoa amada, ligar para saber se a pessoa está bem, ou mandar um WhatsApp também, por que não?

pipocasÉ andar de mãos dadas, assistir a um filme com pipocas em casa, naqueles dias em que o tempo está feio demais para sair, ou a grana está curta demais para gastar com cinema.

Namorar é gostoso e faz bem. Quando duas pessoas estão em sintonia e gostam de estar perto uma da outra, é natural que queiram firmar um compromisso sério.

E não precisa de data especial para provar o amor que sentem. Todo dia é dia de demonstrar carinho, mas sem a obrigação de fazê-lo. A pessoa estando feliz é o que basta.

Namoro é isso: é querer ver o outro feliz. Se possível, causar e/ou participar dessa felicidade.

29/12/2013 - 3 anos de Namoro - Thierry e ElaineAlguns desentendimentos rolam no meio do caminho? Sim, claro. Não existe relacionamento perfeito, casal perfeito, par perfeito. Tudo é descoberta, entendimento e aceitação. E aprendizado. Muito aprendizado!

Namorar é como fazer um cursinho pré-vestibular para a Universidade do Amor. Amor. Universo. Amar. Um só verso. No diverso.

Sejamos todos universalmente felizes no Amor!

____

Obrigada pela visita e até à próxima!

😉

____

Dica de presente para o “Valentine’s Day”:

Fundo_blog

Happy Valentine’s Day!

Anúncios

LXVI. Dando mais um passo juntos!

????Oba! Hoje temos novidade no pedaço!

Quem nos acompanha nas redes sociais sabe da boa notícia, mas quem só passa por aqui de vez em quando ou sempre cai de paraquedas quando está buscando algo referente a “amor”, “relacionamentos”, “casamento”, “como ser um bom marido”, “como ser um bom esposo”, “receitas” e termos semelhantes no Google, ainda não sabe que ontem, 16 de Fevereiro de 2014, Thierry e eu nos tornamos NOIVOS!

Mas aí vocês me perguntam… “Mas por quê ‘Bom Marido’ se ainda nem são casados?”

E de fato precisa? Na verdade não. O que importa é o que sentimos um pelo outro: o amor, o carinho, o respeito e o tratamento adequado.

Bom Marido é o que o Thierry é e sempre será, independente de estarmos oficialmente casados ou não.

Alianças_Elaine&ThierryMas há alguns meses, estivemos pensando em noivar, afinal completamos 3 anos de relacionamento sério e sentimos que era hora de usarmos alianças, não para enfeitarmos nossos dedos, mas para reafirmarmos nosso amor com a intenção de darmos mais um passo formal em nossas vidas.

No próprio livro “Como ser um Bom Marido” eu digo que nunca me sentiria confortável em “juntar os trapos”, “juntar as escovas de dente” e viver o resto da vida assim (éca!) “amasiado”.

Mas há quem faça isso de boa, ou por não ter dinheiro para realizar um matrimônio, ou por medo de tudo mudar (para pior) quando o estado civil também mudar. Ou também por problemas de nomes, bens e situações judiciais; ou então porque a pessoa simplesmente não quer saber de casamento e pronto. Se está tão bom assim, para que mudar, não é verdade?

Cada um sabe da sua vida, dos seus interesses e das suas preferências.

Churras em família

E Meu Amado e eu preferimos escolher belas alianças e fazer uma surpresa para nossa família em um trivial almoço (churrasco) de domingo.

Minha mãe até fez um delicioso bolo de cenoura com chocolate sem saber que a ocasião era especial! hehe

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

licor Mozart GoldE foi mesmo uma bela surpresa quando, já à noite e acompanhado de um licor de chocolate (Mozart Gold), o Meu Amado resolveu tomar coragem e mostrar a todos o saquinho com as alianças que estiveram o dia todo guardadas em seu bolso.

Não é segredo que o Bom Marido é um sujeito bem tímido para essas coisas. Mas eis que, na base do “Agora ou Nunca” ele, com seu jeitinho todo tímido e hesitante em pronunciar algo de tamanha grandeza, anunciou este importante evento em nossas vidas!

Brindando com MozartViva!

Emocionante!

Por essa ninguém esperava!

Mas ainda bem que todos ficaram bem felizes com a notícia!

😉

Então, o Bom Marido e eu agora somos NOIVOS e muito felizes por sinal!

____

Muito obrigada a todos os que acompanham essa trajetória, em especial nossos parentes e amigos que torcem verdadeiramente pela nossa felicidade!

Espero que tenham gostado da novidade!

E quem quiser ajudar este casal a dar mais um passo adiante nesta linda história, por favor, adquiram o livro feito em homenagem a todos os Bons Maridos e Boas Esposas do mundo:

ComoserumBomMarido_capa2

____

Querem saber como adquirir um exemplar AUTOGRAFADO? Então comprem o livro através dos links:

Site TodaOferta

Site do Thierry Durieux

Ou entrem em contato através do email: elaine_thrash@hotmail.com que eu passo mais informações sobre como adquirir o livro AUTOGRAFADO de forma rápida, prática e segura.

____

Outros sites que também vendem o livro, porém sem ser autografado:

Site da Livraria Cultura

Site da Livraria Asabeça

Site Shopping Uol

____

😉

LXIV. Fazendo as coisas juntos – a quatro mãos e dois corações

Em tópicos anteriores falei muito a respeito do valor que deve ser dado ao trabalho da pessoa amada. Isso também deve ocorrer quando os dois resolvem fazer alguma coisa juntos.

Como é o caso daquele casal que, cansado de bater cartão e obedecer patrão, resolve abrir o próprio negócio e ser feliz para sempre… Ou então, trabalhar para sempre!

Se um não der suporte para o outro, o casamento vai para o beleléu em dois tempos. Uma que, trabalhar para/com parentes/cônjuges exige uma boa dose de paciência e muita estrutura psicológica e administrativa para que tudo dê certo, sem desgastes, brigas ou tentativas de uma pessoa passar a perna na outra…

E outra: é preciso saber lidar com situações pessoais e situações de trabalho sem que as primeiras interfiram nas segundas. Não adianta tentar separar. A vida de cada indivíduo é uma só, no entanto as responsabilidades são várias e devem ser administradas cada uma em seu devido momento.

A pessoa deve ser parceira do seu cônjuge e não adversária. Um deve cobrir o outro, ajudar, dar suporte, instruir, elogiar, saber cobrar e aceitar ser cobrado. O relacionamento deve ser sempre uma boa parceria.

____

Não muito longe deste universo, o Bom Marido e eu costumamos fazer várias coisas juntos. Não temos uma empresa ou um negócio, mas uma coisa que sempre acontece conosco é um precisar da ajuda e dos conhecimentos do outro em determinado trabalho.

::: Exemplos:

ComoserumBomMarido_PagSeguro

1) Inventei de fazer um livro (que vocês estão carecas de saber) sobre este blog, cujo título, vocês bem sabem, é: “Como ser um Bom Marido – Porque toda mulher tem o Príncipe Encantado (ou o Sapo) que merece!”.

E a grande maioria sabe que o criador da imagem de capa foi o próprio Bom Marido, bem como alguns detalhes de cor, diagramação, fonte e tudo mais que ele fez questão e teve todo o direito de opinar. Ou seja, eu precisei dos serviços de design e arte em 3D dele para que o meu livro (meu trabalho) ficasse perfeito. Fiz minha parte (o livro) e ele deu o toque dele (a arte).

O livro está à venda em diversos sites, inclusive o do próprio Bom Marido, que deu um charme especial ao anúncio:

th.art.br/_produtos/comoserumbommarido

____

2) Meu Amado desenvolveu um curso de Redesenho para Corte a Laser e fez um vídeo super bacana para divulgar esse curso. Além da revisão e da readequação do texto, o Bom Marido precisou que eu fizesse a narração do vídeo também. Fiquei muito empolgada com a ideia e gravei o áudio com o maior prazer!

O vídeo ficou lindo! O Bom Marido caprichou em todos os detalhes, vejam:

Sem dúvida essa divulgação deu um upzinho nas vendas do curso, mas sempre é bom continuar alastrando por aí para que o Meu Amado possa vender muito mais e assim teremos dindim para finalmente oficializarmos nosso matrimônio conforme manda o figurino!!! rsrs.

Brincadeiras à parte, é muito gratificante ver um trabalho tão bem feito dando super certo e saber que tem um dedinho meu nisso tudo!

____

3) E para finalizar, um exemplo bem prático e útil que pode ilustrar diversas situações do cotidiano de um casal: UM BOLO!

Bolo_ElaineThierry Todos sabem que eu sou uma negação no fogão, mas eu tenho uma relação bacana com o forno. Pois bem, toda vez que a gente inventa de fazer um bolo ou uma torta, eu me encarrego de fazer a massa, enquanto Mon Amour se ocupa com o recheio e/ou a cobertura.

Este é o exemplo que mais se enquadra em um trabalho em equipe. Ou trabalho em dupla. Ou trabalho a quatro mãos, como eu costumo dizer!

Ou seja, se eu fizer uma massa muito pesada, não misturar direito ou esquecer algum ingrediente, o bolo inteiro vai pro saco. E se o Bom Marido deixar a cobertura queimar ou empelotar no fogo, também se tornará inútil para concluirmos o bolo.

Percebem?

Tudo deve ser feito a quatro mãos e dois corações.

Um sempre irá depender (moderada e positivamente) do outro e é assim que as coisas funcionam em um relacionamento.

É assim que as coisas funcionam na vida.

____

Espero que tenham gostado!

😉

Bolo_Lucky

– Vejam só! Até eu ganhei um bolo feito pela mamãe e pelo papai! *.*

2 anos de WordPress!!!

Rindo de que?

Dezembro de 2011 – Thierry e eu na casa dos pais dele!

Uhuuuu!!!

Como o tempo voa, hein? Há exatos 2 anos eu criei uma conta aqui WordPress para falar sobre um assunto que me deixa muito feliz e orgulhosa: meu relacionamento com o cara mais doce e incrível que eu tenho a honra de namorar! Ele, o único, o digníssimo Thierry Durieux, o famoso Bom Marido!

Isso mesmo, pessoal! Em 20/12/2011 eu publiquei meu primeiro post aqui no blog. Relembrando: I. Introdução.

E quem diria que um dia essa brincadeira fosse ser tão bem aceita por todos a ponto de virar um curioso e divertido LIVRO?

2013_12_07_LançamentoBM8

07/12/2013 – Thierry e eu no lançamento do livro!

Eu não tenho palavras para agradecer a todos os que acompanharam essa trajetória desde o início e, mesmo os que pegaram o bonde andando, ou simplesmente só ficaram sabendo da existência desse blog através do projeto que eu coloquei no Catarse ou do livro propriamente dito!

Só sei que o que me deixa mais contente é saber que, mesmo tímido e com um certo receio de se expor, meu Bom Marido nunca reclamou de nada que eu postei aqui e ele sempre me deu a maior força para transformar essas postagens em um livro.

Isso sem falar no evento do lançamento que o Meu Amado simplesmente adorou!!! Foi um dia muito especial e só o fato dele ter gostado já me deixou feliz e satisfeita. Mais uma vez, relembrando: ELE NASCEU!!!

Agora é só dar continuidade ao blog, postando receitas aqui, fotos acolá, dicas extras para quem quiser se espelhar em um relacionamento repleto de carinho, respeito e amor, além das costumeiras homenagens que eu também gosto muito de postar alegremente por aqui!

Muito obrigada a todos que, há 2 anos, acompanham minhas postagens, mesmo que com diferentes intervalos entre uma e outra (sou uma péssima blogueira, admito!), afinal minha vida de escritora e artista independente não é muito fácil: muitas viagens a trabalho, muitos compromissos, muita correria… Eu atraso as postagens, mas não falho, ou prefiro postar somente quando tenho algo muito importante e útil a dizer!

E é isso, galera!

CapaLivro2KEspero que eu consiga manter esse WordPress por muitos e muitos anos e lançar o “Como ser um Bom Marido” – pte. 2, 3, 4, etc, com vários subtítulos e assuntos interessantes! hehe

E vocês, por favor, continuem acompanhando este blog e, quem tiver interesse em adquirir um exemplar do livro, basta entrar em contato comigo aqui mesmo no WordPress ou através dos emails elaine_thrash@hotmail.com | elaineoliveirarte@globomail.com.

Corram, pois eu só fiz 500 cópias e até o presente momento já foram vendidos 101 livros, e olha que o lançamento foi só há 13 dias, hein?

Vamos lá, pessoal!

Quem quiser dar uma força, basta continuar acompanhando, curtindo e comentando por aqui, ou curtindo lá na página do Facebook, ou divulgando para os amores, amigos e inimigos, ou então, melhor ainda: comprando o livrooo!!! Uhuuu!!!

Grande beijo e até mais!

😉

::: Ah, só para explicar: com o Thierry (o Bom Marido) farei 3 anos de namoro, certo? Eu comecei a escrever o blog 9 dias antes de completarmos 1 ano oficialmente juntos.

::: Explicando – Parte 2: de certa forma a gente também comemora dia 29 de novembro, pois foi a data do nosso reencontro, em 2010. Dia 29 de dezembro do mesmo ano marca o dia em que resolvemos chutar o balde e confirmar: “É namoro mesmo, uhuuu!!!”

Confuso não? Que nada! São coisas da vida. Coisas do coração!

😉

LIV. Assistindo a um bom filme juntos

Pipoca e filme!Tudo bem que o Bom Marido é mais do tipo nerd que prefere filmes de aventura, ficção científica e seriados de humor inteligente. Mas de vez em quando ele também se rende a algum filme que eu esteja afim de assistir, nem que seja um filme estranho, que na verdade eu só assisto para usar de laboratório para alguma criação teatral…

Esses dias minha irmã (uma pisciana romântica por natureza) deixou conosco um filme que uma amiga dela havia lhe emprestado há tempos. Era um filme de amor, daquele tipo que você olha a capa e imagina aquelas cenas melosas de novela mexicana.

Imagino que Meu Amado tenha pensado que este seria um filme parado e entediante, mas fiquei feliz que ele não achou ruim por ter que assistí-lo.

Ele fez as suas famosas e maravilhosas pipocas no azeite, deixou de lado todas as atividades nerdísticas que ele estava fazendo, e deitou comigo para assistirmos juntinhos ao filme com direito a pipocas, Schweppes Citrus e o nosso felino peludo entre nós!

Eu queria muito ver o filme, pois minha irmã havia falado muito bem dele. E ela até recomendou que fosse assistido juntinho com a pessoa amada! Então assim fizemos.

Em alguns momentos do filme eu pensei que Meu Amado havia adormecido. Conhecendo bem o jeito dele, sei que esses filmes bonitos e românticos, muitas vezes o deixam sonolento. Mas ele assistiu tudo até o final. Claro que ele fez isso mais por mim do que por ele, mas se ele não tivesse mesmo gostado do filme, já teria dormido logo no começo!

Diário de uma PaixãoE foi assim que o Meu Príncipe Encantado e eu nos emocionamos juntos com o ótimo filme “Diário de uma Paixão”.

O filme começa com uma senhora bem bonita, porém com problemas de memória, que vive em um asilo sob os cuidados de enfermeiros. Todos os dias um senhor aparece para ler uma história para ela, deixando-a muito feliz e tranquila. E é claro que nos filmes a gente não apenas ouve as histórias contadas, como também as assiste, certo?

Diário de uma Paixão - filmeE enquanto o senhor lê a história, cenas de um jovem casal apaixonado vão sendo mostradas desde o seu primeiro encontro em um parque de diversões até os problemas enfrentados pelo fato de ela ser rica e ele não, além dos encontros e desencontros que eram bem comuns nesses tipos de relacionamentos de décadas e décadas atrás…

A senhora, enquanto ouve a história, fica muito curiosa com o que pode acontecer com o casal e isso desperta nela sentimentos há muito tempo adormecidos em seu coração e em sua memória.

Bom, não vou contar o que acontece nesse filme, pois quem ainda não o viu pode se irritar com o “spoiler”, mas só digo que é um filme realmente muito bonito e que vale a pena assistir com a pessoa amada, pois mostra de uma forma pura e bem construtiva os milagres que o amor verdadeiro é capaz de fazer.

E serve de consolo para aqueles que, por algum motivo tiveram que ficar longe da pessoa amada.

O mundo dá muitas e muitas voltas, mas o amor, mesmo que com tropeços e demoras, consegue driblar essas voltas e fazer com que um casal se reencontre, seja para resolver o que ficou no passado, seja para aproveitar mais uma chance de serem felizes para sempre, assim como o Bom Marido e a Boa Esposa que vos escreve!

Não sabem como tudo começou? Então acompanhem aqui:

VII. Tudo tem sua hora (Parte1)

VIII. Tudo tem sua hora (Parte2)

IX. Tudo tem sua hora (Parte3 – final)

E é isso!

Espero que tenham gostado da postagem de hoje!

Quem já assistiu a esse filme e quiser deixar um comentário logo abaixo, fique à vontade!

____

Ah! Já ía me esquecendo!

Para quem ainda não sabe, “Como Ser Um Bom Marido” vai virar um livro bem legal e ele está lá no site do Catarse! Se você também quer ter o seu nome nesse projeto e ainda ganhar recompensas supimpas por isso, então entra lá no link do projeto e faça a sua contribuição! www.catarse.me/pt/comoserumbommarido

É muito fácil e muito divertido apoiar um projeto no Catarse!

Como Ser Um Bom Marido - Catarse.me 1) Primeiro você entra na página do projeto e dá uma olhadinha nele e nas recompensas;

2) Escolhe a recompensa que mais lhe agrada e clica nela (ou no próprio botão “Apoiar Este Projeto”, ao lado do vídeo);

3) Se for a sua primeira vez no Catarse, ele vai pedir um breve cadastro com seu email, seus dados e etc. É bem facinho;

4) Depois disso já aparece a página que pede o valor com o qual você quer apoiar, bem como a lista de recompensas que você pode escolher!  (A partir de R$10,00 já está ótimo!!!);

5) Lá embaixo aparece o botão “Revisar e Realizar o Pagamento”. É só clicar;

6) Em seguida é só concordar com os termos de uso e escolher a forma de pagamento desejada (cartão de crédito, boleto ou débito em conta, se for pagamento nacional, e PayPal, se for pagamento internacional);

7) Por útlimo é só aguardar o email de confirmação e pronto! Você estará contribuindo para um projeto bem legal e ainda vai ganhar uma recompensa bem bacana por isso!

Tudo bem simples e bem divertido!

E nós estamos muito felizes pois hoje, dia 21 de Julho de 2013, já temos 27 apoiadores!

São 27 pessoas que estão torcendo para que o livro “Como Ser Um Bom Marido” seja lançado!

São 27 pessoas fazendo a diferença!

E você? Quer fazer também? Então corre lá no Catarse e apoie este projeto!

Conto com o seu apoio!

😉

____