CIX. Há 38 anos…

O casal que melhor representa este blog e consequentemente o livro Como Ser Um Bom Marido – Porque toda mulher tem o Príncipe Encantado (ou o Sapo) que merece! é um dos casais mais adorados da família!

É claro que sou muito suspeita para falar deles, mas como eu convivo de perto e acompanho a trajetória deste amor desde que nasci (inclusive sou feita do puro amor desses dois!), então eu tenho propriedade para dizer que este é o par mais fofo, mais unido e mais verdadeiro que eu conheço.

Posso citar vários outros casais que admiro e percebo que se respeitam de igual forma, mas hoje é dia de celebrar este que comemora 38 anos de união.

2013_12_07_LançamentoBM9Já os homenageei muito aqui, e faço questão de sempre homenagear, afinal eles servem de inspiração para parentes, amigos e até conhecidos que os vêm sempre unidos, tranquilos, sorridentes, prestativos e conselheiros.

Como será que eles conseguem?

O que passa na cabeça de um casal para que a harmonia permaneça dentro e fora de casa, afinal um casamento de 38 anos não duraria se fosse apenas uma fachada de sorrisinhos e “benzinho pra lá”, “meu amor pra cá” na frente dos outros, certo?

As respostas, talvez só eles mesmos possam dar (fica a dica para uma próxima postagem que pretendo fazer, com perguntas respondidas por eles), mas o que eu percebo que prevalece neste casamento é o respeito mútuo.

CapaLivro2KE muito carinho também, claro! E muito diálogo, que é um dos pontos que eu enfatizo no meu já citado livro Como Ser Um Bom Marido.

Nenhuma situação fica sem ser resolvida. Surgiu um problema? O diálogo ocorre.

Fora que, em todo relacionamento de sucesso, é preciso ter paciência e saber ceder. E isso eu observo bastante nos meus pais.

Acredito que muitos casais da atualidade deveriam se espelhar em relacionamentos assim, pois hoje estamos vivendo uma fase de muito individualismo, muito orgulho, muito medo de amar e muita impaciência para resolver os problemas do cotidiano.

Na hora da raiva, as pessoas jogam tudo para o alto, falam o que não devem, ofendem e depois se arrependem, mas as palavras machucam muito e nem sempre as feridas são fáceis de cicatrizar.

Eu ainda estou aprendendo! Mas preciso fazer um workshop detalhado com meus pais!

Eles estão de parabéns por serem quem são, do jeito que são, felizes, de boa, sem encherem o saco de ninguém e sempre ajudando a quem precisa!

Portanto, Mamãe e Papai:

Parabéns pelos 38 anos de amor, respeito, carinho, aprendizado, companheirismo, parceria, alegria, conquistas, generosidade, compreensão e muitas coisas boas que vocês cultivaram esse tempo todo!

Parabéns pelos 38 anos de casório!

Amo vocês! ❤

IMG_6394

CV. Juntos somos mais fortes!

IMG_8815

Apesar do blog (e do livro) se chamar “Como Ser Um Bom Marido”, é inegável que a “Boa Esposa” também tenha que existir, senão não rola o equilíbrio.

Desde o lançamento do livro em 07 de dezembro de 2013, tenho percebido várias reações das pessoas com relação ao título e à capa do mesmo. Dentre estas reações, as mais bizarras foram as de algumas pessoas mais velhas que acham que eu não tenho vivência o suficiente para escrever sobre um relacionamento.

Recebi muitos elogios pelos meus textos, pelo meu empenho e pela ousadia de lançar um livro que trata de um tema tão complexo que é o casamento. Complexo, pois não é só dizer “sim” no altar e viver feliz para sempre. Tem todo um desenrolar de situações e comportamentos que vão desde o namoro e se prolongam até que a morte (ou o divórcio) marque o ponto final.

Mesmo não estando oficialmente casada eu sei disso!

Mas para alguns, colocar um sapo na capa de um livro e um título que fala em “Como Ser Um Bom Marido” é um absurdo. É uma ofensa. Quem sou eu para falar de Bom Marido? Por que não coloquei “Como Ser Uma Boa Esposa”? E por aí vai…

Esses questionamentos nunca foram um problema para que eu continuasse firme e forte na minha missão de mostrar ao mundo como um relacionamento pode sim durar nos dias de hoje.

Nunca propus que fosse perfeito. Nunca propus que fosse eterno. Só proponho que seja uma troca justa e verdadeira. Mais que uma parceria, uma equipe que joga junto, ganha ou perde JUNTO. E tenho dito!

____

E falando em jogar junto, o Meu Amado e eu começamos muito bem o ano nessa pegada.

A princípio, notei que não custava nada eu tentar me arriscar mais vezes no fogão ao invés de deixar essa função somente para ele.

Comecei com um macarrãozinho ao molho branco e legumes, depois um purê de batata-doce e gengibre e isso se estendeu pelos sucos que começamos a tomar desde que assistimos a alguns documentários sobre alimentação.

Nesse caso, nenhuma mudança é ou deve ser radical para que a situação se estabeleça. Dizem que uma pessoa leva cerca de 66 dias para se habituar a uma nova rotina. Pois bem, o Bom Marido e eu ainda estamos nos primeiríssimos passinhos de bebê para uma alimentação mais saudável. De pouquinho em pouquinho a gente chega lá.

Desde que começamos a namorar, acredito que ele tenha mudado (para melhor, digamos assim) muito mais que eu. Parou de fumar, reduziu o consumo de refrigerante, começou a se interessar por frutas, legumes e verduras, reduziu a ingestão de açúcar e até mesmo a carne vermelha, que ele tanto ama.

Talvez tenha mudado por minha causa. Talvez tenha mudado por questões de saúde (ou por causa dos preços no supermercado!!!). Que seja.

Em 5 anos muitas coisas acontecem na vida das pessoas. Influências, situações, pessoas que chegam, pessoas que se vão… Tudo isso serve para um amadurecimento e para uma mudança de comportamento. Tudo nos afeta de alguma forma, mesmo que a gente insista em dizer que nada nos abala. Abala sim. Em maior ou menor escala, mas abala!

Mas o bom de tudo é poder mudar (para melhor, sempre) em equipe, ainda que sejam  apenas dois membros. Um acompanhando as mudanças do outro. Mudando juntos, melhorando juntos, aprendendo juntos. Sem forçar, sem obrigar, sem encher o saco. Tudo de forma orgânica e harmônica. Certo?

____

Sendo assim, em ritmo de mudança e experimentação, segue um pouco mais do nosso desenrolar com a história dos sucos e afins:

::: Nada como almoçar um lanchinho leve como esse da primeira fotinho acima:

  • Pão caseiro com patê de atum, acompanhado de salsão e alho-poró!

::: À tarde, um suquinho diferente:

Receita do já citado site do Joe Cross (Reboot With Joe):

Ingredientes:

  • 3 tomates grandes
  • 3 talos de salsão
  • 2 cenouras
  • 1-2 pimentas frescas (opcional)

Preparo:

  • Lave bem todos os ingredientes
  • Se necessário, corte em pedaços menores para caber na centrífuga (Se fizer no liquidificador, assim como o Bom Marido e eu começamos fazendo, cortar e acrescentar água é sempre importante para conseguir bater tudo direitinho. Neste caso, é bom coar antes de tomar)
  • Processe tudo e sirva!

Substituições:

  • Tomates – rabanete, beterraba, repolho roxo
  • Salsão – abobrinha, pepino
  • Cenoura – batata-doce, beterraba
  • Pimenta – açafrão, pimenta seca

Tempo de preparo: 5 minutos

Rendimento: 1 porção (Como o Bom Marido e eu dividimos tudo o que fazemos, deu 300ml para cada um)

::: À noite, olha que delícia de jantar feito pelo Bom Marido, com a minha ajudinha!

Os Chips também fazem parte das receitas do site do Joe Cross! Acho que viramos fãs desse cara!

Ingredientes:

  • 2 Batatas-doces médias
  • 2 cenouras grandes
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de pimenta do reino
  • 1/4 colher de chá de pimenta
  • 1/2 colher de chá de sal marinho

Preparo:

  • Preaqueça o forno em 215º.
  • Descasque as batatas-doces e as cenouras.
  • Corte as batatas-doces ao meio, no sentido do comprimento e corte cada metade em quatro fatias iguais.
  • Para as cenouras, corte-as ao meio. Divida cada parte no sentido do comprimento e e corte cada pedaço em duas ou três fatias, quase do mesmo tamanho das batatas.
  • Coloque as batatas e as cenouras em uma tigela e salpique com o óleo, as pimentas e o sal.
  • Espalhe as batatas e as cenouras em uma assadeira forrada com papel manteiga.
  • Asse por 30 minutos até os pedaços ficarem tenros por dentro e levemente dourados por fora, com as pontas levemente crocantes.

Rendimento: 4 porções

____

E então, gostaram das receitinhas?

Espero que sim!

Obrigada pela visita e até à próxima!

😉

____

 

Fundo_blog

XCIV. O Bom Marido no Canadá – Lighthouse Park; Trilha; A&W; Dollarama; Seabus; Lonsdale Quay Market; North Vancouver…

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryA sexta-feira do dia 16 de janeiro de 2015 começou muito bem para mim, pois logo cedo recebi uma mensagem de uma brasileira super legal que tinha visto a foto do meu livro em um grupo de brasucas em Vancouver, no Facebook. Ela passaria por Downtown naquela manhã e queria pegar o livro comigo.

Fui toda contente para a escola, conversei com o professor Rafael (que estava substituindo a Barbara por ela estar doente) e pedi para ele me deixar sair por alguns minutos durante a aula. Ele disse que não haveria problema, então lá fui eu entregar o livro para a Adriana Gonçalves, uma brasuca guerreira que mora, estuda e trabalha em Vancouver com muito orgulho.

IMG_3644aMaravilha! Adorei conhecer a Adriana e acabei descobrindo que ela trabalhava na Mogiana Coffee com um casal que havia comprado meu livro no evento Brazilfest Vancouver, no qual trabalhei como voluntária em setembro de 2014! (Postei sobre isso neste link AQUI!)

Após um delicioso bate-papo com a Adriana, voltei para a aula e assim que a mesma acabou, encontrei Meu Amado para irmos passear em North Vancouver e West Vancouver naquela fria sexta-feira.

Primeiro passamos no Dollarama para comprarmos uns chocolates e depois paramos no A&W para comermos um lanchinho antes de pegarmos o Seabus.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryÉ tão gostoso passear de Seabus! A paisagem é linda, além da viagem ser super rápida e confortável.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryChegando lá, entramos no Lonsdale Quay Market e tomamos um delicioso cappuccino enquanto estudávamos o mapa de onde nós iríamos.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryPegamos o ônibus #239 até o shopping Park Royal e o #250 sentido Horseshoe Bay. Descemos no Lighthouse Park e percorremos uma trilha sinistra até o farol.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryNa verdade só achamos sinistra pois quase nos perdemos, mas o bom de qualquer parque que visitamos em Vancouver, North Vancouver e West Vancouver é que sempre tem alguma placa ou alguma sinalização que leva a uma saída. É só prestar atenção e não querer explorar muita coisa quando já estiver escurecendo.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryTiramos lindas fotos em uma paisagem para lá de romântica e, assim que começou a escurecer, saímos do Lighthouse Park e voltamos para a avenida principal para esperarmos pelo demorado ônibus.

ComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryComoSerUmBomMarido_Elaine_ThierryA essa altura já estávamos famintos, porém fomos salvos pelos chocolates que compramos no Dollarama. Aproveitamos para registrar que, para os próximos passeios deveríamos sempre levar água e lanche na mochila!

IMG_3669Bom, pelas fotos dá para perceber que este foi outro belíssimo passeio que fizemos em mais um dia das Aventuras do Bom Marido no Canadá. E eu devo ressaltar que foi belíssimo mesmo! Thierry que o diga!

Aliás, ele gostou tanto do norte e do noroeste de Vancouver que disse que moraria facilmente nesta região repleta de coisas interessantes para fazer. Por isso ele até já havia se programado para ir lá mais vezes durante nossa estadia no Canadá.

E assim o fizemos!

Obrigada pela visita e continue acompanhando esta maravilhosa viagem de Lua de Mel antecipada que fizemos!

Até a próxima aventura!

😉

ComoSerUmBomMarido_Elaine_Thierry

LXXXIX. Livro “Como Ser Um Bom Marido” Em Cenas de Filme

dvdNo último sábado, 23 de maio de 2015, houve a pré estreia do filme Steve Cicco II: Missão Popoviski, realizado pela V. Produções na cidade de Jacareí.

Este, que é o segundo filme da trilogia Steve Cicco, também foi feito de forma independente, cuja verba usada para finalizar o trabalho foi conseguida através do site do Catarse, uma conhecida plataforma de crowdfunding.

A pré estreia de Steve Cicco II: Missão Popoviski ocorreu às 19h no MAV – Museu de Atropologia do Vale do Paraíba e contou com a presença de grande parte do elenco, bem como a equipe de produção, figurantes, apoiadores e o público local. A reação de quem assistiu ao filme mostra que ele tem tudo para alçar altos voos e cair nas graças de todos, afinal a obra é recheada de sátiras de filmes de ação, humor não apelativo e sacadas geniais.

IMG_6777préestreia01Vinicius J. Santos, diretor e editor do filme é um artista que faz acontecer no cinema nacional independente. Steve Cicco II: Missão Popoviski é o seu terceiro longa de baixo orçamento realizado em Jacareí. Com mais este trabalho em seu currículo, o diretor ainda faz questão de promover o intercâmbio cultural ao unir com humor e sutileza cinema e literatura em um só lugar.

Por exemplo, o livro “Como Ser Um Bom Marido” aparece com destaque em algumas cenas do filme. Meu outro livro “Da Depressão à Criação” também aparece de relance por lá!

New Picture (31) E euzinha, Elaine “Thrash” Oliveira, faço parte do elenco do filme interpretando a espiã russa Isabella Arakov, irmã gêmea de Natasha Arakov que interpretei no primeiro Steve Cicco.

stevecicco1e2Posso dizer com toda certeza que este foi um dos trabalhos mais divertidos que já fiz na vida. Trabalhar com uma equipe super bacana, receber o carinho de muita gente e ainda ter meu livro divulgado no filme é, sem dúvida, o melhor presente que eu poderia ganhar até o momento. Só tenho a agradecer a todos e em especial ao Vini por acreditar no meu trabalho e me convidar para atuar nas produções dele.

Durante as gravações, boa parte do elenco também fez questão de adquirir meu livro*, o que me deixou imensamente feliz e agradecida!

* Fotos lá no álbum: Como Ser Um Bom Marido – O Livro

préestreia06É por isso que faço questão de divulgar e também de apoiar quem não fica de braços cruzados esperando uma oportunidade cair do céu. Sendo assim, o Vini e todo o pessoal que dá o sangue nas produções dele merecem muito apoio, elogios, agradecimentos e reconhecimento.

Vida longa ao cinema nacional independente!

Para assistir ao empolgante Steve Cicco II: Missão Popoviski, visite a página no Facebook e saiba como adquirir uma cópia do filme pelo preço simbólico de R$10,00.

Vamos colaborar para que Steve Cicco III venha tão ou mais explosivo que o seu antecessor.

cartazAgradecimentos especiais à minha família: minha Boa Irmã Eliane por ter pintado meu cabelo especialmente para as gravações deste filme, à minha Boa Mamãe por sempre deixar meu figurino impecável (até meu coturno ela engraxou!) e ao meu Bom Papai que, várias vezes, conseguiu me levar até Jacareí para as gravações e também para a pré estreia do filme!

préestreia05____

Obrigada pela visita e até a próxima!

😉

____

Olha que fofo o Charlie aparecendo no filme:

New Picture (5)New Picture (2)____

Veja também algumas imagens minhas no filme:

New Picture (1)isabellaesteveNew Picture (8)New Picture (15)New Picture (16)isabellaaravokNew Picture (21)New Picture (23)New Picture (25)New Picture (27)New Picture (29)____

Valeu, galera! E que venham os próximos!!!

____

Steve Cicco II: Missão Popoviski

Sinopse: Steve Cicco, o agente mais fodão da C.I.E está de volta em mais uma nova aventura. Depois da morte do agente Douglas, chefe Girdeaux convoca Steve para uma nova missão, investigar Miguel Vargas em Caragua’s Beach. Steve assume um disfarce e se torna Antonio Gonzalez, acaba descobrindo que Miguel trabalha para um homem misterioso conhecido como Nicolai Popoviski. Mas Steve não estará sozinho nessa missão, ele conta com a ajuda de Sabrina Montez e a espiã russa Isabella Arakov.

Missão Popoviski é mais um filme do nosso heroí Steve Cicco na guerra contra o terrorismo.

Longa-metragem. Ação/ Comédia.

Direção: Vinicius J. Santos

Realização: V Produções Cinematográficas Ltda.

Elenco: Marcelo Rodrigues, Elaine “Thrash” Oliveira, Cassiano Hasmann, Sergio Kobra, Amanda Barreto, Junior Frigi, Monica Mattos, Carol do Brasil, Alberto Capucci, Ariela Lana, Gustavo Peres, Giuliano Murgulo, Jesse Oliver, Thaise Brito, Luís Roberto.

LXXXVI. O Bom Marido no Canadá – Stanley Park, Vancouver Aquarium, peixes e livros!

IMG_3213O dia 09 de janeiro de 2015 foi especial para o Bom Marido e para mim por dois motivos: Peixes e Livros*.

Desde que visitei o Aquário de Vancouver pela primeira vez, graças aos ingressos gratuitos que minha amiga-irmã Regina conseguiu para Lilika e eu, imaginei que este seria um lugar perfeito para visitar com Meu Amado também.

Desta vez não tivemos a sorte de ganhar ingressos na faixa, porém obtive um descontinho por ter carteirinha de estudante.

E lá fomos nós para um belíssimo e recomendado passeio a ser feito em Vancouver: visitar o Aquário, localizado no majestoso Stanley Park.

Thierry me esperou no Centro e após minha aula pegamos um ônibus direto até o Stanley Park. Caminhamos tranquilamente até o Vancouver Aquarium e até tiramos algumas fotos do local. Encantador, por sinal.

IMG_3216Eu já conhecia o Aquário, mas estava morrendo de ansiedade em saber o que o Meu Amado acharia.

Sorte que ele amou o lugar!

Exploramos todos os setores, assistimos aos shows de golfinhos, baleias-brancas, cineminha 4D e muito mais!

Até tomamos um lanchinho por lá: um muffin de blueberry e um delicioso chocolate quente. Hmmm! Caiu tão bem no friozinho que estava fazendo…

DSC01158Foi um passeio super tranquilo, pois o Aquário não estava tão cheio quanto da outra vez em que o visitei no Verão. Fui bem na onda do Thierry: onde ele quisesse explorar, eu ia!

Eis algumas das belíssimas fotos que fizemos por lá:

DSC01068DSC01072DSC01073DSC01075DSC01076DSC01077Não tem como não se encantar com os shows dos golfinhos e das baleias-brancas!

DSC01098DSC01089DSC01117E também não tem como não se encantar com esses lindos bigodes:

DSC01081DSC01112E o que falar dessas hipnotizantes águas-vivas? Eu ficaria horas e horas observando o movimento delas.

DSC01123DSC01126DSC01152IMG_3275DSC01153No Vancouver Aquarium tem até uma mini floresta tropical sul-americana, uma espécie de recriação das belezas da Floresta Amazônica.

DSC01142DSC01141Em contrapartida, tem o setor dos pinguins também! Tão engraçadinhos!

DSC01096Vimos também uma infinidade de lindos peixes, tartarugas e sapinhos de todos os tipos e tamanhos.

DSC01143DSC01135IMG_3232IMG_3239IMG_3247IMG_3267IMG_3268IMG_3280E falando em sapinho, passamos na irresistível lojinha do Vancouver Aquarium e quase tivemos um treco de tanta vontade de levar a loja inteira!

Até eu que não sou fã de bichinhos de pelúcia, fiquei louca para levar vários que vimos por lá.

DSC01160

Mas como a grana estava curtíssima, só deu para levar 2 sapinhos de pelúcia, sendo que um foi presente do Bom Marido e o outro eu comprei para sortear entre os leitores do meu livro!!!

E falando em livro, foi graças à venda de um exemplar que eu paguei o sapinho de pelúcia que eu vou SORTEAR!

Surpreendentemente, o amigo colombiano Jhonatan comprou um naquele mesmo dia.

Assim que saímos do Vancouver Aquarium, o Bom Marido e eu pegamos um ônibus até a Loja Bakana, que é do próprio Jhonatan, e entregamos o precioso exemplar nas mãos dele. Com direito à foto fazendo “duplo-merchan” e tudo mais!

DSC01163Depois seguimos a pé para o apartamento, pois era bem perto.

IMG_3282Chegando lá, o Bom Marido preparou um jantarzinho supimpa e nós dormimos muito felizes por termos feito um passeio tão lindo e por termos vendido mais um suado exemplar de Como Ser Um Bom Marido!!!

* Eis a minha maior felicidade: conseguir vender meus livros! 😉

____

Por hoje é só!

Obrigada pela visita e até o próximo episódio das Aventuras do Bom Marido no Canadá!

😉

[PROMOÇÃO] LIVROS, GULOSEIMAS E UM CHARLIE DE PELÚCIA!

ATENÇÃO, LEITORES!

Há tempos estive planejando fazer um sorteio aqui no blog.

Portanto, se você adquiriu ou pretende adquirir um exemplar de “Como Ser Um Bom Marido”, basta seguir as regrinhas abaixo e torcer para ganhar um lindo kit contendo:

  • 1 Charlie de pelúcia adquirido na lojinha de presentes do Vancouver Aquarium – no Canadá (tamanho aproximado: 15cm)
  • Chocolates deliciosos;
  • 1 exemplar de “Como Ser Um Bom Marido” para você presentear quem quiser (com dedicatória e tudo!);
  • 1 exemplar de “Da depressão à criação” (meu primeiro livro de poemas) igualmente autografado;
  • 1 pacotinho de cookies deliciosos feitos pelo Bom Marido;
  • 1 presente SURPRESA!

Cookies do Bom Marido____

::: Atenção para as regras!!! :::

  1. Ter um exemplar de Como Ser um Bom Marido (Quem não tem, pode COMPRAR AQUI e pagar em até 18x sem juros!);
  2. Curtir a página do livro no Facebook (www.facebook.com/comoserumbommarido);
  3. Comentar esta postagem dizendo que quer participar do concurso.

Charlie e os livros____

Não perca a chance de ser o(a) único(a) leitor(a) a ter um Charlie de pelúcia diretamente do Canadá! Sem falar nos outros prêmios também!

.– Prazo do sorteio: até o fim do estoque de exemplares de Como Ser Um Bom Marido – O Livro
Corram, pois os livros já estão acabando!!!
____

Como será feito o sorteio:

– O sorteio será feito de forma virtual e randômica, somente com os nomes de quem seguiu os 3 PASSOS citados acima!!!
____

Formas de adquirir um exemplar AUTOGRAFADO de Como Ser um Bom Marido:

– Compre através do PagSeguro e pague do seu jeito (mais de 20 formas, entre cartão de crédito, parcelamento em até 18x sem juros, boleto e outros);
ou
– Solicite seu livro pelo e-mail elaineoliveirarte@globomail.com e realize o pagamento através de depósito ou transferência bancária. (Opções de banco: Itaú, Santander, Caixa e Banco do Brasil)

ComoserumBomMarido_PagSeguro____

Para mais informações, basta entrar em contato por aqui ou via e-mail: elaineoliveirarte@globomail.com
E tenham todos uma ótima leitura!
😉

Ganhei uma charge! Uhuuu!!!

Eu já fui desenhada, vetorizada, caricaturada, ilustrada, pintada e rascunhada uma porção de vezes, mas esta é a primeira vez que alguém me homenageia assim em uma obra de arte, junto com o Charlie, meu segundo livro, que é meu xodozinho do momento!

E, apesar de eu estar TOTALMENTE sem tempo (e com problemas técnicos) para postar qualquer coisa em qualquer um dos blogs que eu administro (Elaine Oliveirarte, CIAVIP Cultural, Maple Leaf Sisters e este aqui), tive que dar um jeito de parar tudo e vir correndo aqui mostrar uma das homenagens mais bacanas que recebi nos últimos tempos.

Senhoras e senhores, eis a charge que meu amigo Felipe Cardoso, mais conhecido como o “Felipão da Vovó” (piada interna das primas Oliveira!) fez com todo carinho para mim:

ChargeNão sou tão bonita assim como no desenho, mas ele acertou na cara de bravinha, no “zóião” e na cinturinha fina! hahaha

– Amei, Felipão! Eu não esperava receber um presente tão especial assim!!! Sério! Ganhei o dia, a semana, o mês, o ano todo depois dessa. Super beijo e muito obrigada!

Fora a mensagem que ele me deixou no Face desejando boa sorte e dizendo que o Brasil não é Brasil sem mim!

Puxa, que honra!

Pode deixar que eu volto logo, gente!

Em Fevereiro estamos de volta: Charlie, eu e o Bom Marido mais querido do nosso país que, se Deus quiser, vem me buscar aqui em Vancouver!!!

Bom, gente… Por hoje é só.

Espero que tenham gostado desta rápida postagem.

::: Aos que sempre me perguntam: Charlie , minha irmã Lilly (Lilika) e eu estamos bem! De vez em quando eu posto algumas fotos dos nossos passeios e da trajetória do Charlie lá na página do face: www.facebook.com/comoserumbommarido.

Curtam e comentem lá, curtam e comentem aqui, compartilhem, alastrem, divulguem e, principalmente, adquiram o livro para dar uma força ao meu trabalho, valeu?

Brigadão mais uma vez e até a próxima, se Deus quiser!

😉

Bjs meus e do Charlie para todos vocês! ^^

Charlie viajando!

10_aeroportoGRUQuem acompanha minhas postagens e minha jornada sabe que, no exato momento, não estou no Brasil.

O Bom Marido sim, mas a Boa Esposa (esta que vos escreve) resolveu estudar e trabalhar em outro país, aproveitando para levar o Charlie junto.

18_seattleQuem acompanha esse blog e todas as notícias referentes ao livro “Como Ser Um Bom Marido” sabe que Charlie é o sapinho da capa.

Portanto Charlie – o sapo, está agora mesmo curtindo uma incrível e maravilhosa temporada de férias em Vancouver, no Canadá.

Mas por quê Vancouver?

Porque sim, oras.

24_metrotownMinto. É porque eu já estive aqui há uns 2 anos, lembram?

(Cliquem AQUI e refresquem a memória)

E eu falei tão bem daqui que minha irmã Lilika se empolgou e quis vir para cá de qualquer jeito para estudar e trabalhar.

O negócio é que ela me intimou a vir junto e eu, mesmo com o coração apertado por deixar o Bom Marido e nosso bebê Lucky (o gato) no Brasil, resolvi aceitar o chamado.

Até mesmo porque se eu não tivesse vindo agora, talvez não conseguisse vir tão cedo, pois as leis canadenses sofreram alterações e somente quem desembarcasse no Canadá até o comecinho de Agosto deste ano obteria o visto de trabalho sem precisar estar matriculado em alguma faculdade daqui (o que sairia bem caro) ou aplicar para imigrar de vez (o que é bem difícil, burocrático e caro também).

37_charlienoSkytrainClaro que eu queria que o Meu Amado estivesse comigo, mas sei que, no momento, nossas finanças não permitem tal empreitada. Fora isso ele jamais toparia fazer esse tipo de intercâmbio (Work & Study) seja para qual país fosse.

Mas o Bom Marido precisa vir para cá. Como turista, pelo menos.

25_curryexpressCharlie está adorando conhecer lugares, comidas, passeios e pessoas diferentes.

Talvez o Meu Príncipe Encantado não se empolgue tanto em socializar com estrangeiros, mas eu tenho certeza que ele se identificaria muito com essa cidade. Tudo aqui tem a cara dele!

A gente mata as saudades via Skype.

Santo Skype me salvando pela segunda vez. Lembram da primeira?

Mas agora não são apenas 40 dias como da outra vez. São 6 meses!!!

É por isso que o Bom Marido precisa mesmo vir para Vancouver, nem que seja para ficar 15 dias comigo, conhecendo a cidade e reforçando a ideia de morar fora do Brasil.

02_CharlieDowntownUrsoMas tudo depende de dindim… E eu ainda não consegui um bom emprego aqui.

Estou contando com isso e com os cachês que ainda recebo no Brasil para me manter e tentar trazer Meu Amado para cá.

Mas está difícil.

Charlie está me ajudando bastante, afinal ele anda atraindo muitos olhares por aqui!

Além dos amigos do Canadá Diário, Dimitri e Fabiana, que apoiaram o projeto do livro no Catarse e receberam as recompensas em mãos, mais dois livros já foram vendidos por aqui. Um foi para minha “irmã cósmica e de coração” Regina, cujo universo faz questão de nos reunir, coincidentemente, de tempos em tempos!

12_Cinema1E outro foi para um (pasmem!) Mexicano que conheci no Latin Summer Fest (um festival latino americano) e que ficou encantado com a capa e com o título do livro.

09_LatinSummerFest1Espero que ele goste do livro e que o conteúdo do mesmo seja de grande utilidade em sua vida, pois esse Mexicano me pareceu ser um cara bacana e merecedor de uma boa pessoa que lhe arrebate o coração.

10_TroutLakeA luta, de agora em diante, vai ser arrumar um bom emprego, focar nos estudos e vender muitos exemplares de Como Ser um Bom Marido para os amigos brazucas que eu fizer por aqui.

Sem generalizar, mas já generalizando, brasileiro é muito preguiçoso para ler. E para comprar livro então, nem se fala!

Mas eu tenho fé que os muitos brazucas que estão aqui representando nosso belo verde e amarelo se interessarão em adquirir, por apenas $15,00 CAN (quinze doletas canadenses), este divertido livro, muitíssimo bem representado pelo sapo mais viajandão do mundo: nosso querido Charlie!

Charlie está se divertindo muito na companhia das Maple Leaf Sisters, mas ele está ansioso em conhecer novas pessoas aqui em Vancouver.

Portanto, se você gosta ou conhece alguém em Vancouver que gosta de ler (em Português) e acha que este livro é uma boa fonte de entretenimento e reflexão, então, por favor, nos ajude a divulgar essa obra!

Certamente o Charlie, as Maple Leaf Sisters e o Bom Marido (que está lá no Brasil se matando de trabalhar para conseguir vir para cá…) agradecerão de coração pela força e pela aquisição do livro!

#ValeuCharlie!

#CharlieEmVancouver

#ComoSerUmBomMarido #Brasil

#HowToBeAGoodHusband #Brazil

#CharlieNaGlobo #ComoSerUmBomMaridoNaGlobo

04_CharlieEsculturasRisonhas

____

Agradeço a todos que torcem pelo sucesso deste livro, em especial aos que já compraram, já leram e já recomendaram para outras pessoas!

Um grande beijo e fiquem com mais algumas fotos das “aventuras” do Charlie:

01_CharlieSeattle
Charlie no Aeroporto de Seattle.
03_CharlieFestivalIndiano
Charlie no Festival Indiano com a família Canadá Diário.
39_lougheedstation
Charlie tomando um lanchinho com as Maple Leaf Sisters na Lougheed Town Centre Station.
03_CharlieIKEA
Charlie passeando na IKEA.
05_CharlieYBC
Charlie tomando “umas” (brinks!) na Yaletown Brewing Company.
06_CharlieSkytrain
Charlie e o ursão na Yaletown Station.
07_CharlieILSC
Charlie em seu primeiro dia de aula na ILSC – “Creative English Course”.
08_CharlieItalianMarket
Charlie provando uns quitutes no Italian Night Market.
11_BlenzCoffee
Charlie tomando um Belgium Hot Chocolate no Blenz Coffee.
14_CharlieLibrary
Charlie visitando a Biblioteca Pública.
15_CharlieTrain
Charlie e as Maple Leaf Sisters visitando o Roundhouse Community Centre, em Yaletown.
13_CharliePelúcia
Vejam que maravilha! Vimos alguns Charlies de pelúcia à venda lá no Vancouver Aquarium!!! Precisamos comprar algumas unidades para sortearmos entre nossos leitores, que tal?

 ____

Obrigada pela visita e aguardem as próximas postagens sobre as aventuras do sapo mais charmoso da nossa Literatura!

____

::: Aproveitem para visitar o blog das Maple Leaf Sisters, o blog da Eliane Lilika e meu outro blog: Elaine Oliveirarte!

::: Curtam também a página do livro Como Ser Um Bom Marido no Facebook!

____

Fiquem à vontade para comentar, curtir e compartilhar este conteúdo, por favor!

Suuuuuuper beijo,

Elaine Thrash

😉

Matéria sobre o livro no Varal do Brasil

É tão bom quando as pessoas prestam atenção ao seu trabalho.

Melhor ainda quando essas pessoas, havendo a possibilidade, encontram um jeitinho de dar uma força na divulgação do mesmo.

É por isso que agradeço à amiga Ana Rosa Santana (Ana Rosenrot) que escreve periodicamente para a revista Varal do Brasil, uma revista que é publicada em Genebra, na Suíça, para leitores brasileiros do mundo inteiro.

A Ana publicou a sinopse do livro no blog da revista Varal do Brasil e aqui está o link do carinhoso resultado obtido por ela:

(Clique na imagem que o link da matéria abrirá em outra janela)

BlogVaraldoBrasil

No Facebook até brinquei com as hashtags #CharlieNaGlobo e #ComoSerUmBomMaridoNaGlobo, pois esse meu sapinho está tão famoso e tão metido que só falta a Rede Globo notá-lo, não é, Ana Maria Braga, Fátima Bernardes, Luciano Hulk, Jô Soares e Cia. Limitada? hehe

Quem sabe teremos boas surpresas para o ano que vem, não é mesmo? Afinal este semestre o Charlie já tem outros planos: vai passear no Canadá comigo!

Eu não disse que esse sapinho tá ficando metido? Pois é! SapinhoCharlie

____

Brincadeiras à parte, devo confessar que estou muito feliz com a incrível repercussão que este livro teve e continua tendo entre amigos, colegas, contatos, parentes e desconhecidos.

CapaLivro2KO grande barato da coisa não é ser uma escritora de best-sellers, famosa e cheia de pompas e frescuras, mas sim publicar uma obra que faz bem a quem lê. E mais do que isso, poder autografar exclusivamente essa obra para cada pessoa especial que a adquire.

Dizem que escrevo um “romance” na dedicatória, pois não me sinto confortável em escrever apenas “Obrigada pelo carinho. Beijos, Elaine”. Gosto de deixar uma mensagem especial de acordo com cada pessoa. Posso demorar um bom tempo escrevendo a dedicatória, mas é muito prazeroso e feito com carinho.

É por isso que eu divulgo tanto e faço tanta questão que as pessoas leiam esse livro. Não porque é meu, mas porque contém reflexões (balanceadas com um toque de leveza e humor) necessárias para o convívio de todos, seja no relacionamento amoroso, seja no local de trabalho.

São dicas que podem ser aproveitadas em vários setores da vida.

Espero que os novos leitores gostem!

____

Ainda não adquiriu o seu? Então entre em contato comigo que eu explico tudinho da melhor forma: elaine_thrash@hotmail. Mas caso já queira garantir seu exemplar sem muitas delongas, acesse o link: th.art.br/_produtos/comoserumbommarido.html e veja que dá para pagar em até 18x sem juros no cartão!

ComoserumBomMarido_PagSeguro

Se preferir transferência/ depósito em conta, basta escolher entre Santander, Itaú, Caixa e Banco do Brasil, que eu passo o número certinho.

Assim que o pagamento aparece na conta, o livro já é enviado para o seu endereço, através do sistema Impresso Módico, que emite um código de rastreamento. Os Correios entregam o produto dentro de 7 dias úteis, direitinho!

É bem fácil, gente! Difícil é ficar sem esse livro super bacana e divertido.

Ah, também posso autografar para outra pessoa, caso você queira presentear alguém especial! (Olha o Dia dos Pais chegando aí, gente!)

Dúvidas? Só me chamar!

____

Grande abraço e obrigada pela visita!

😉

E o Charlie vai também!

MapleLeafSistersMuito bem, pessoal…

Está quase chegando o dia em que minha irmã e eu faremos uma longa viagem de estudos e trabalho em Vancouver, no Canadá.

Mas e o Bom Marido? Você vai deixá-lo aqui sozinho??? Outra vez?

Não. Não vou deixar Meu Amado aqui SOZINHO. Ele tem os pais dele, os meus pais, pouquíssimos amigos e nosso bebê Lucky para lhe fazerem companhia.

Não é o fim do mundo essa viagem. (Já fui para Vancouver em 2012, mas fiquei só 40 dias. Quem não se lembra, clique AQUI)

Acontece que o governo canadense vai começar a vetar a entrada de intercambistas que pretendem estudar e trabalhar no país, então ou eu aproveitava essa última oportunidade, ou ficaria a vida inteira lamentando e tentando imigrar para lá.

Sendo que:

1) Não sou uma profissional qualificada para imigrar para um país feito o Canadá. Sou artista, sou freelancer, não sou casada e não faço parte do grupo de pessoas que trabalham em áreas que seriam facilmente aceitas em outro país. Já disse que sou artista, né?

02_ElaineOliveira_diversos

2) Meu Noivo também é autônomo e a profissão dele não está na atual lista de profissionais aceitos no Canadá. Se bem que essa lista sempre muda. Ele tem mais chances de imigrar do que eu. Ele tem dupla cidadania, passaporte europeu, cara de europeu, fala Francês e Inglês razoavelmente bem, mas não escreve em nenhum desses idiomas… (aí já complica um pouco) Mas ele entende de computadores e outras nerdices que, vira e mexe, estão em alta nesses países bacanudos.

ThierryDurieux_3D

3) Antes de imigrar de vez, tenho que resolver algumas coisas aqui no Brasil, vender tudo o que eu tenho e me mandar de vez.

Entre as coisas para resolver, uma delas seria: como levar o Lucky? Chegar assim do nada de mala e cuia e gato não seria uma boa ideia. E com relação à moradia? Fonte de renda? Alimentação? É preciso resolver tudo isso com calma, aqui mesmo no nosso querido país, além de trabalhar dobrado para juntar uma boa grana e aí sim dar entrada nos papéis.

Thierry, Lucky e ey

Ah, Thierry e eu teríamos que casar antes, né? Para ficar tudo mais bonitinho! Mas nem para isso temos dinheiro…

Então farei esse intercâmbio de 6 meses com minha irmã, pesquisarei muitas coisas, mexerei uns pauzinhos e farei uns contatos por lá, tanto para mim quanto para o Meu Amado.

Ele vai ficar aqui chupando o dedo?

Não. Enquanto ele ajeita a vida dele aqui, dá um tapa no portifa, cuida do Lucky e trabalha mais um pouco para juntar uma graninha, estarei lá ralando e estudando muito para aprimorar meu Inglês e incrementar meu currículo também.

Mon Amour et Moi

E no último mês da minha viagem… TCHARAM!!! Ele irá para lá também!!! Tenho certeza que ele irá se apaixonar por Vancouver!

E por que ele não quis fazer esse mesmo pacote Work & Study igual o seu e da sua irmã?

Simples. Ele não gosta desse negócio de intercâmbio. A timidez dele é extrema e a impaciência com cursos de idioma presenciais também! Ele precisaria fazer uns cursos sim, acredito até que ele iria gostar um pouco, mas ele não está disposto a isso no momento, nem financeiramente falando!

E como você vai pagar, já que é uma artista e praticamente vive sem dinheiro?

Eu não vivo SEM dinheiro. Graças a Deus eu sobrevivo com meus cachês e estou sempre aceitando vários trabalhinhos que aparecem! Assim como qualquer pessoa, eu também tenho gastos (que procuro controlar ao máximo) e a maior parte do que recebo, eu guardo. De preferência na conta do meu Papai, que é sempre meu financiador para tudo.

ElaineOliveira_Lançamento2Desde que lancei meu segundo livro, venho guardando o dinheiro das vendas e utilizando em caso de emergência, como por exemplo a cirurgia que fiz ano passado, exames, remédios, a cirurgia no siso que fiz este ano, mais exames, mais remédios e outros tratamentos…

A saúde agora vem sempre em primeiro lugar.

Outros dindins que foram entrando, fui guardando. Já deu para pagar uma boa parte da viagem (Pacote Work & Study, acomodações, vistos, seguro internacional (obrigatório), passagens e uma graninha para passar o primeiro mês sem perrengue).

Papai, meu amado e precioso Papai está pagando tudo e sendo reembolsado por mim na medida do possível, assim como fizemos da outra vez em que viajei. (Vejam detalhes nesta página do meu outro WordPress)

Se eu conseguisse vender uns 100 livros aqui no Brasil, já estaria tranquila para poder viajar sem me preocupar. Mas estou preocupadérrima, pois a Copa atrapalhou meus freelas e agora, às vésperas de viajar, não posso aceitar alguns trabalhos que começam agora e terminam no segundo semestre. No segundo semestre já estarei lá em Vancouver, então não dá!

Luiz e Zélia - Casal Supimpa!Nessas últimas semanas só poderei contar com os livros mesmo, mas sei que seria impossível vender 100 livros em 13 dias.

Só se acontecesse um milagre em minha vida!!!

Independente disso, os livros estarão em poder dos Meus Pais e do Meu Amado Noivo aqui no Brasil. Os interessados deverão tratar comigo via e-mail, Twitter, Face, ou aqui mesmo via WordPress e minha família enviará daqui os exemplares pelos Correios para os leitores. É o jeito!

E um fio de esperança será o pacote de livros que levarei na viagem também. Cerca de 40 exemplares. Se eu tiver sorte de vender esses 40 lá nos próximos 6 meses, já será uma mão na roda! Mas ainda assim eu preferiria vender todo o meu estoque aqui mesmo antes de viajar.

– Ai, milagre! Cadê você em minha vida???

Enfim… Baboseias e desabafos à parte, espero que tenham entendido o título da postagem, afinal Charlie é o sapinho da capa do livro. E quando eu digo que ele vai também, é porque ele vai conhecer Vancouver comigo e com minha irmã!

CSUBM_Capafinal_2013aAtenção, Brasileiros em Vancouver! O Charlie está chegando aí para animar a vida de vocês!!!

Quanto?

Ah, só $15,00 (quinze doletas!!!)

Baratinho, vai?

Aos brazucas que ficarão por aqui mesmo, comprem o livro através do site do Meu Amado, assim vocês ajudam não só a mim, mas a ele também, ok?

Quanto?

Nesse caso, R$30,00 + frete (uns 35 mangos, molezinha também!)

Ah e os livros ele envia direitinho pelos Correios e até manda e-mail com o código de rastreamento, certo?

Eis o link: th.art.br/_produtos/comoserumbommarido.html

ComoserumBomMarido_PagSeguro

Espero que tenham entendido essa novela toda que eu escrevi!

Um grande abraço e muito obrigada pelo carinho, pela atenção e pelo tantão de visitas que venho recebendo aqui no WordPress ultimamente!

Beijos e abraços do Bom Marido, da Boa Esposa, do Lucky, e do Charlie também, claro! 😉

Papai, Mamãe e Bebê!